13 alimentos bons para o fígado

Os alimentos bons para o fígado são principalmente alimentos ricos em vitaminas C e E, ômega-3, carotenos ou flavonóides, como alcachofra, salmão, castanha-do-pará, alho ou brócolis, pois esses nutrientes têm ação antioxidante, anti-inflamatória e protetora do fígado, contribuindo para manter o bom funcionamento deste órgão e evitando o acúmulo de gorduras que podem causar como fígado gordo, por exemplo.

Esses alimentos podem ser incluídos na alimentação do dia a dia e, além disso, é fundamental manter uma hidratação adequada do corpo para o funcionamento do fígado, por isso, recomenda-se a ingestão de 1,5 a 2 litros de água por dia.

O ideal é que os alimentos bons para o fígado sejam indicados pelo médico ou nutricionista, pois devem fazer parte de uma dieta balanceada para obter todos os seus benefícios.

Alguns alimentos bons para a saúde do fígado são:

1. Alcachofra

13 alimentos bons para o fígado

A alcachofra é rica em antioxidantes, como cinarina e silimarina, que ajudam a proteger o fígado de danos que podem ser causados pelos radicais livres, além de aumentar a produção de bile, reduzir a produção de colesterol e estimular o crescimento de novas células saudáveis no fígado, sendo uma excelente opção de alimento bom para o fígado.

Uma boa forma de consumir a alcachofra é na forma de chá que pode ser preparado utilizando 15 g das folhas secas da alcachofra em 500 mL de água fervente.

2. Suco de beterraba

13 alimentos bons para o fígado

O suco de beterraba é uma ótima opção de alimento bom para o fígado, pois é rico em nitratos e antioxidantes, como as betalaínas, que ajudam a reduzir o dano oxidativo causado pelos radicais livres e a inflamação nas células do fígado.

Além disso, o suco de beterraba também age aumentando a produção de enzimas do fígado responsáveis pela desintoxicação do corpo. Confira mais benefícios do suco da beterraba para a saúde.

3. Brócolis

13 alimentos bons para o fígado

O brócolis é rico em canferol, um tipo de flavonoide, que tem ação anti-inflamatória potente que ajuda a proteger o fígado e a prevenir doenças como fígado gordo, hepatite ou cirrose, pois reduz a produção de substâncias responsáveis por causar inflamação no fígado.

Além disso, o brócolis é rico em fibras que ajudam a reduzir a absorção de gorduras da alimentação pelo intestino, ajudando a regular os níveis de colesterol ruim e, também, estimula o fígado a produzir enzimas que desintoxicam o corpo.

Outros vegetais que também são bons para o fígado ricos em canferol são a couve de bruxelas, repolho e couve.

4. Salmão

13 alimentos bons para o fígado

O salmão é outra opção de alimento bom para o fígado, pois é rico em ômega-3, especialmente o DHA, que é um tipo de gordura boa, com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que protegem o fígado mantendo-o saudável, porque ajudam a prevenir o acúmulo de colesterol e triglicerídeos que podem causar fígado gordo, por exemplo.

Uma boa forma de consumir o salmão é fazê-lo cozido ou assado com a pele, pois é onde o ômega-3 é mais concentrado. O ideal é consumir salmão pelo menos 3 vezes na semana.

Outros alimentos ricos em ômega-3 e que são bons para o fígado incluem sementes de linhaça ou de chia, nozes e outros peixes como atum, sardinha e arenque.

5. Aveia

13 alimentos bons para o fígado

A aveia é rica em beta-glucana, um tipo de fibra, excelente para a saúde do fígado, pois ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim que podem se acumular no fígado, por diminuir a absorção de gorduras da alimentação, melhorar o funcionamento do sistema imunológico e a combater inflamação que podem causar fígado gordo.

Para obter este benefício, é recomendado comer pelo menos 3 gramas de beta-glucana por dia, o que equivale a aproximadamente 150 gramas de aveia em flocos.

6. Uva roxa

13 alimentos bons para o fígado

A uva roxa contém resveratrol na sua composição, principalmente nas sementes, que é uma substância antioxidante que reduz a inflamação e previne danos no fígado, sendo uma boa opção de alimento bom para o fígado. Além disso, a uva roxa também é rica em vitamina C, flavonoides e antocianinas que também têm propriedades antioxidantes, ajudando a manter a saúde do fígado.

Uma boa forma de consumir a uva roxa é comê-la inteira com as sementes, na forma de sucos orgânicos ou de suplementos de extrato de semente.

Outros alimentos ricos nesses nutrientes que são bons para o fígado são os frutos vermelhas como morango, cereja, mirtilo, framboesa, goiaba vermelha e amora, por exemplo, que podem ser adicionados na dieta e consumidos diariamente. Confira todos os benefícios dos frutos vermelhos para a saúde.

7. Castanha do pará

13 alimentos bons para o fígado

A castanha-do-pará é outro alimento bom para o fígado, pois é rica em gorduras boas como o ômega-3, além da vitamina E, que têm ação anti-inflamatória e antioxidante, protegendo as células do fígado dos danos causados por radicais livres e evitando que gorduras se acumulem no fígado, mantendo-o saudável.

Para obter esses benefícios pode-se consumir duas unidades de castanha-do-pará por dia no café da manhã ou lanche.

8. Azeite de oliva extra virgem

13 alimentos bons para o fígado

O azeite de oliva extra virgem é uma das gorduras mais saudáveis para o corpo, pois possui polifenóis na sua composição, como o oleocantal, com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que ajudam a reduzir o acúmulo de gordura e melhorar o fluxo sanguíneo para o fígado, sendo uma excelente opção de alimento bom para o fígado.

Para obter esses benefícios pode-se consumir uma colher de chá (6,5 mL) de azeite de oliva extra virgem por dia.

9. Alho

13 alimentos bons para o fígado

O alho possui alicina na sua composição que tem ação antioxidante e ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim e de triglicerídeos, reduzindo assim o risco de acumular gordura no fígado e, por isso, é uma ótima opção de alimento bom para o fígado.

Uma boa forma de aumentar o consumo de alho e obter esses benefícios é fazer o chá de alho ou picar um dente de alho e colocar em 1 litro de água e deixar descansar por pelo menos 10 minutos para aumentar a quantidade de alicina, e usar essa água para o cozimento de alimentos. Veja outros benefícios do alho para a saúde e outras formas de consumi-lo.

10. Abacate

13 alimentos bons para o fígado

O abacate possui muitos nutrientes como carotenóides, tocoferóis, ômega-3, vitaminas A, B, C e E, com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, reduzindo a produção de substâncias inflamatórias no organismo, que estão relacionadas ao desenvolvimento de doenças no fígado.

Além disso, alguns estudos mostram que o consumo de abacate está associado a perda de peso, redução do IMC, controle dos níveis de açúcar no sangue, aumento do colesterol bom, redução do colesterol ruim e dos triglicerídeos, o que reduz o risco de desenvolvimento do fígado gordo. Confira outros benefícios do abacate para a saúde.

No entanto, o abacate deve ser consumido de forma moderada e em pequenas porções, pois apesar de ter benefícios e ser rico em gorduras boas, é uma fruta que contém muitas calorias e pode engordar se consumida em excesso.

11. Laranja

13 alimentos bons para o fígado

A laranja é uma excelente fonte de vitamina C, além de flavonóides e carotenóides, com ação anti-inflamatória, que agem diminuindo os danos nas células que podem causar inflamação e desenvolvimento de doenças no fígado.

O ideal é consumir pelo menos 1 laranja crua por dia ou 150 mL do suco natural. Veja outros benefícios de consumir a laranja.

Além da laranja, outras frutas ricas em vitamina C, que são boas para o fígado, incluem kiwi, acerola, abacaxi, limão e tangerina, podendo ser incluídos na alimentação do dia a dia.

12. Café

13 alimentos bons para o fígado

O café é uma bebida que ajuda a promover a saúde do fígado, pois é rica em antioxidantes como a cafeína, que protege o fígado de doenças, especialmente o fígado gordo, mesmo para pessoas que já têm problemas nesse órgão.

Além disso, alguns estudos mostram que a ingestão diária de café pode ajudar a reduzir o risco de doenças hepáticas crônicas, como cirrose ou fibrose, e a proteger contra o câncer de fígado.

O ideal é tomar de duas a três xícaras de café preto por dia, sem açúcar, para obter esse benefício, pois o açúcar prejudica a saúde do fígado e pode causar diabetes. Confira a melhor forma de consumir o café e outros benefícios para a saúde.

O consumo de café deve ser evitado por pessoas que têm alergia ao café, ou que têm insônia ou irritação no estômago.

13. Chá verde

13 alimentos bons para o fígado

O chá verde possui compostos fenólicos na sua composição, como a epigalocatequina, que tem propriedades antioxidantes e ajudam a diminuir o colesterol ruim e os triglicerídeos, que podem se depositar no fígado, causando o fígado gordo. Confira outras opções de chás que podem ser utilizados para o fígado gordo.

Uma boa forma de consumir o chá verde é preparar a infusão e tomar cerca de 2 ou 3 xícaras por dia, usando o chá verde em folhas, saquinho para preparar o chá ou em pó. No entanto, é importante não tomar este chá após as refeições pois pode prejudicar a absorção do ferro, cálcio e da vitamina C pelo organismo.

O chá verde deve ser utilizado com orientação médica pois o uso em excesso pode causar efeito contrário e prejudicar o fígado.

Piores alimentos para o fígado

Os piores alimentos para o fígado são aqueles que prejudicam o seu funcionamento, causam inflamação ou danos nas células, como por exemplo:

  • Frituras;
  • Alimentos ricos em gordura ou açúcares;
  • Temperos ou molhos artificiais;
  • Carnes processadas, como presunto, peito de peru, salsicha, linguiça ou bacon.

Além disso, o consumo frequente de bebidas alcoólicas pode resultar na inflamação do fígado, prejudicando o seu funcionamento e aumentando o risco de cirrose. Saiba mais sobre cirrose.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • SALEM, Maryem Ben; et al. Pharmacological Studies of Artichoke Leaf Extract and Their Health Benefits. Plant Foods Hum Nutr. 70. 4; 441-53, 2015
  • MADADI, Elaheh; et al. Therapeutic Application of Betalains: A Review. Plants (Basel). 9. 9; 1-27, 2020
  • REN, Jie; et al. Recent progress regarding kaempferol for the treatment of various diseases. Exp Ther Med. 18. 4; 2759–2776, 2019
  • SCORLETTI, Eleonora; BYRNE, Christopher D. Omega-3 fatty acids and non-alcoholic fatty liver disease: Evidence of efficacy and mechanism of action. Mol Aspects Med. 64. 135-146, 2018
  • PINTÓ, Xavier; et al. A Mediterranean Diet Rich in Extra-Virgin Olive Oil Is Associated with a Reduced Prevalence of Nonalcoholic Fatty Liver Disease in Older Individuals at High Cardiovascular Risk. J Nutr. 149. 11; 1920-1929, 2019
  • NIGAM, Priyanka; et al. Effect of a 6-month intervention with cooking oils containing a high concentration of monounsaturated fatty acids (olive and canola oils) compared with control oil in male Asian Indians with nonalcoholic fatty liver disease. Diabetes Technol Ther. 16. 4; 255-261, 2014
  • CLIFFORD, Tom; et al. The potential benefits of red beetroot supplementation in health and disease. Nutrients. 7. 4; 2801-22, 2015
  • MORISCO, Filomena; et al. Coffee and liver health. J Clin Gastroenterol. 48. Suppl 1; S87-90, 2014
  • SAAB, Sammy; et al. Impact of coffee on liver diseases: a systematic review. Liver Int. 34. 4; 495-504, 2014
  • CHEN, Shaohua; et al. Coffee and non-alcoholic fatty liver disease: brewing evidence for hepatoprotection?. J Gastroenterol Hepatol. 29. 3; 435-441, 2014
  • SAKATA, Ryuichiro; et al. Green tea with high-density catechins improves liver function and fat infiltration in non-alcoholic fatty liver disease (NAFLD) patients: a double-blind placebo-controlled study. Int J Mol Med. 32. 5; 989-994, 2013
  • BOZZETTO, Lutgarda; et al. Liver Fat Is Reduced by an Isoenergetic MUFA Diet in a Controlled Randomized Study in Type 2 Diabetic Patients. Diabetes Care. 35. 7; 1429–1435, 2012
  • GUPTA, Vikas; et al. Oily fish, coffee and walnuts: Dietary treatment for nonalcoholic fatty liver disease. World J Gastroenterol. 21. 37; 10621–10635, 2015
Mais sobre este assunto: