Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

7 Benefícios do café para saúde

O café é uma bebida com grande quantidade de antioxidantes e outros nutrientes estimulantes, como a cafeína, por exemplo, que ajuda a prevenir o cansaço e outras doenças, como câncer e problemas do coração. Além disso, também foi verificada que o café ajuda a combater a depressão, melhorando o humor e garantindo a disposição.

No entanto, foi visto que a cafeína pode aumentar a pressão arterial nas pessoas que são sensíveis à mesma, que fumam ou que possuem altos níveis de estresse ou ansiedade. Por isso, é ideal que seja consumido em quantidades moderadas.

7 Benefícios do café para saúde

1. Combater cansaço

Por ser rico em cafeína e outros compostos bioativos, o café ajuda a combater o cansaço, melhorar a memória, o estado de alerta e a percepção, além de aumentar a capacidade de concentração para a realização de tarefas simples, a capacidade auditiva, o tempo de retenção visual e a diminuição da sonolência.

Além disso, aumenta os níveis de energia, já que promove o aumento de alguns hormônios que ajudam a ativar os neurônios, sendo necessário ingerir 75 mg de cafeína (1 xícara de café expresso), no mínimo, para ter esses efeitos.

No entanto, é importante saber que os efeitos variam de pessoa para pessoa, já que depende da capacidade que cada um possui para metabolizar a cafeína e eliminá-la do organismo.

2. Prevenir depressão

O consumo moderado de cafeína ajuda a prevenir a depressão porque interfere positivamente no humor, na disposição e na performance cognitiva devido ao seu efeito estimulante do sistema nervoso central.

Além disso, o consumo de café também está ligado a hábitos sociais de convívio, que estimulam a convivência com outros indivíduos e aumentam o bem-estar pessoal.

3. Prevenir câncer

Alguns estudos demonstram que o café ajuda a prevenir determinados tipos de câncer, como os de mama, ovários, pele, fígado, cólon e reto, pois contém antioxidantes como ácido clorogênico, cafeína, tocoferois, melanoidinas e compostos fenólicos, por exemplo, que protegem as células dos danos provocados pelos radicais livres e diminuem a inflamação do organismo.

4. Prevenir e melhorar dores de cabeça

O café ajuda a diminuir e prevenir a dor de cabeça, já que promove a contração das artérias do cérebro, prevenindo a dor. Alguns estudos indicam que a dose terapêutica nesses casos deve ser pelo menso 100 mg por dia.

Também se pode encontrar na farmácia diversos medicamentos analgésicos que contém cafeína, uma vez que aumenta o efeito do medicamento e, em conjunto, combate mais efetivamente os diversos tipos de dor de cabeça, incluindo a enxaqueca.

5. Estimular a perda de peso

Alguns estudos demonstram que o consumo de café favorece a perda de peso, já que contém diversas substâncias ativas que podem afetar o metabolismo e estimulá-lo, como é o caso da cafeína, da teobromina, o ácido clorogênico e a teofilina, por exemplo.

Estes compostos bioativos fazem com que o organismo gaste mais calorias e queime mais gordura, favorecendo a perda de peso.

6. Melhorar a resistência em atletas

O consumo de cafeína aumenta os níveis de adrenalina no sangue, melhorando a resistência e a coordenação em esportes com raquete e de alta intensidade como correr, nadar e remar, por exemplo.

Alguns estudos sugerem o consumo de 3 mg de cafeína por kg de peso corporal 1 hora antes de praticar o exercício.

7. Proteger o coração

O café é potencialmente rico em antioxidantes e possui efeitos anti-inflamatórios, componentes que ajudam a proteger as células do dano dos radicais livres e a reduzir a resistência a insulina, protegendo, dessa forma, o coração e diminuindo o risco de infarto.

Além disso, favorece o aumento do colesterol bom, o HDL, que é considerado cardioprotetor, e uma diminuição do colesterol mal, o LDL.

7 Benefícios do café para saúde

A melhor forma de consumir café

A melhor forma de consumir essa bebida é o café coado, pois o café fervido contém maiores quantidade de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, substância que favorece alterações no DNA das células e o aparecimento de câncer. Isso acontece porque a fervura do pó do café extrai mais essas substâncias cancerígenas, fazendo com que a essa bebida fervida contenha 5 vezes mais dessas substâncias do que o café coado.

Assim, o ideal é que o café seja feito coado, passando a água quente através do filtro com o pó do café, pois além das substâncias cancerígenas, o filtro também elimina a maior parte dos compostos que provocam o aumento do colesterol. Além disso, o café instantâneo também não traz riscos à saúde, podendo ser consumido em quantidades moderadas para não provocar insônia e palpitações no coração.

Quanto café consumir por dia

Para adultos saudáveis, a quantidade recomendada de cafeína é 400 mg por dia, no entanto essa quantidade varia do tipo de café a ser consumido, uma vez que o conteúdo pode ser diferente. Uma xícara de café expresso pode conter cerca de 77 mg de cafeína e um café normal, 163 mg, por exemplo.

No caso das gestantes ou que mulheres que planejam a gravidez, o consumo de cafeína por dia deve ser entre 200 a 300 mg. No caso das grávidas, o consumo excessivo de cafeína pode aumentar o risco de aborto espontâneo ou atraso no desenvolvimento do bebê, principalmente quando se consome mais que 600 mg. Isso pode acontecer devido ao fato da cafeína ser eliminada mais lentamente do organismo em comparação a uma pessoa normal e, por isso, tomar café várias vezes ao dia pode fazer com que a quantidade de cafeína aumente cada vez mais.

Além disso, para mulheres que estejam amamentando, a recomendação é a de que sejam consumidos no máximo 200 mg de café por dia, pois a cafeína pode ser passado para o leite materno e atinge o pico cerca de 1 hora após o consumo. Por isso, caso a mãe tenha tomado café, é indicado que a amamentação seja feita logo a seguir, para que o corpo tenha mais tempo para eliminar essa substância antes da amamentação acontecer novamente.

As pessoas com problemas cardiovasculares ou aumento da pressão arterial devem limitar o seu consumo, já que não se tem a certeza da quantidade recomendada para estas situações, sendo necessária a realização de mais estudos.

Café + cochilo espanta o sono e aumenta a concentração?

Uma excelente estratégia para combater a sonolência logo depois do almoço ou no meio da manhã, por exemplo, é tomar 1 xícara de café preto e tirar um cochilo de 20 minutos logo a seguir. Essas duas estratégias juntas é chamada de Coffee NAP, e favorece o funcionamento cerebral, deixando o sistema nervoso mais descansado e ativo para mais uma jornada de trabalho. Isso acontece porque  a cafeína e o descanso irão eliminar o excesso de adenosina acumulada no cérebro, que é o que causa cansaço e dificuldade de concentração. 

Apesar de apenas 1 xícara de café já ser suficiente para se sentir mais ativo e concentrado, quando estamos muito cansados, pode ser preciso uma quantidade maior de café. Além disso, não é recomendado dormir mais tempo para não chegar ao sono profundo, pois se não houver possibilidade de dormir por pelo menos 90 minutos, a pessoa irá acordar ainda mais cansada. Veja 8 passos fáceis para dormir mais rapidamente.


Bibliografia

  • MASOOD SADIQ BUTT and M. TAUSEEF SULTAN;. Coffee and its Consumption: Benefits and Risks. Critical Reviews in Food Science and Nutrition. 363–373 , 2011
  • Rita C. Alves, Susana Casa, Beatriz Oliveira. Benefícios do café na saúde: mito ou realidade?. Quím. Nova vol.32 no.8 São Paulo 2009. 2169-2180, 2009
  • EXAMINE.COM. How much caffeine is too much?. Link: <examine.com>. Acesso em 01 Jul 2019
  • EXAMINE.COM. Coffee. Link: <examine.com>. Acesso em 01 Jul 2019
  • CRITICAL REVIEWS IN FOOD SCIENCE AND NUTRITION . Coffee consumption and disease correlations. 2017. Link: <www.researchgate.net>. Acesso em 01 Jul 2019
  • LIPTON Richard et al. Caffeine in the management of patients with headache. J Headache Pain. 18. 1; 107, 2017
  • INSTITUT DE RECHERCHE POUR LE DÉVELOPPEMENT (IRD), FRANCE. Achieving sustainable cultivation of coffee: Breeding and quality traits. 2018. Link: <www.researchgate.net>. Acesso em 01 Jul 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem