Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Estômago alto: o que pode ser e o que fazer

O estômago alto acontece devido à distensão do abdômen que pode ser provocada por alimentação rica em açúcar e gordura, prisão de ventre e falta de prática de atividade físicas, por exemplo.

Além de inchaço da região abdominal, pode haver desconforto e dificuldade para respirar, dependendo da gravidade do estômago alto, além de má digestão, mal estar e aumento do risco de inflamações no intestino.

Estômago alto: o que pode ser e o que fazer

Principais causas de estômago alto

O estômago alto pode acontecer devido a diversas situações, sendo as principais:

1. Má alimentação

O consumo de alimentos ricos em açúcar ou gordura podem favorecer a ocorrência do estômago alto, isso por que esses alimentos sofrem fermentação no organismo, havendo a produção de muitos gases e levando à distensão abdominal.

Além disso, o modo de consumo do alimento também pode levar ao estômago alto, principalmente quando se come muito rápido, há pouca mastigação ou quando o intervalo entre refeições é muito pequeno. Assim, além de haver estômago alto, pode haver aumento de peso e acúmulo de gordura na região abdominal.

O consumo de muita comida de uma vez só ou de alimentos que provoquem algum sintoma de intolerância também podem causar estômago alto.

2. Problemas intestinais

Alguns problemas intestinais também podem favorecer a ocorrência de estômago alto, isso porque há inflamação das estruturas do intestino, o que leva à produção de gases e inchaço abdominal. Dessa forma, pessoas que sofrem com prisão de ventre, infecções intestinais, diarreia ou síndrome do intestino irritável, por exemplo, podem apresentar estômago alto.

3. Sedentarismo

A falta da prática de atividades físicas também pode causar estômago alto, isso porque o alimento consumido é armazenado na forma de gordura, resultando em distensão abdominal. Conheça outras consequências do sedentarismo.

4. Genética

O estômago alto também pode acontecer devido à genética, podendo acontecer até mesmo em pessoas magras, que se alimentam corretamente ou que praticam atividade física regularmente.

Nesses casos, o mais recomendado é procurar orientação de um médico para que seja o estômago alto seja avaliado e verificado se representa algum risco para a saúde e, assim, ser indicada alguma forma de tratamento.

O que fazer

A principal forma de tratamento do estômago alto é por meio da alimentação, uma vez que a principal causa de distensão abdominal e, consequentemente, estômago alto. Dessa forma, é recomendado:

  • Evitar o consumo de alimentos pesados à noite;
  • Diminuir o consumo de alimentos ricos em açúcar e gordura, além de alimentos que resultam em sintomas de intolerância, como leite e derivados, por exemplo;
  • Praticar atividade física de forma regular, além de exercícios voltados para o fortalecimento da região abdominal. Conheça alguns exercícios para fortalecer o abdômen;
  • Beber água durante o dia, pelo menos 2 litros;
  • Fazer pelo menos 5 refeições por dia com menos volume de alimento em cada momento;
  • Comer mais fibras, frutas e verduras, pois melhoram o funcionamento do intestino, evitando não só a prisão de ventre, mas também o estômago alto.

Em alguns casos, o estômago alto também pode ser tratado por meio de procedimentos estéticos, como a criolipólise, por exemplo, que é um procedimento que expõe às células de gordura a baixas temperaturas, promovendo o seu rompimento e eliminação e diminuindo a distensão abdominal. Entenda mais sobre a criolipólise.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem