Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Esporão no calcanhar: o que é, principais causas e o que fazer

O esporão no calcanhar ou esporão calcâneo é quando o ligamento do calcanhar fica calcificado, havendo a sensação de que houve a formação de um pequeno ossinho, o que leva a uma forte dor no calcanhar, como se fosse uma agulha, que se sente quando a pessoa levanta da cama e coloca o pé no chão, e também ao caminhar e permanecer muito tempo de pé. 

Para aliviar a dor do esporão existem tratamentos simples, como o uso de palmilhas ortopédicas de silicone e a massagem nos pés, mas também é importante fazer alongamentos com a perna e o pé. Outras opções são a fisioterapia, a terapia com ondas de choque e em último caso, tem-se a cirurgia para remover o esporão.

Esporão no calcanhar: o que é, principais causas e o que fazer
Esporão no calcanhar: o que é, principais causas e o que fazer

Como saber se é esporão

O único sintoma é a dor na sola do pé, na região onde o osso se forma, que é uma dor aguda, em forma de pontada. A dor piora ao caminhar, correr ou saltar, por exemplo, desaparecendo depois de algum tempo em movimento. 

O ortopedista ou fisioterapeuta poderão desconfiar que se trata de um esporão pelos sintomas característicos que a pessoa apresenta, mas o exame de raio-X pode ser útil para observar a formação deste pequeno ossinho no calcanhar.

O que fazer em caso de esporão no calcanhar

O que se deve fazer em caso de dor provocada por um esporão no calcanhar é repousar o pé para aliviar a dor, outras opções são: 

  • Antes de dormir deve lavar os pés, passar creme hidratante e massagear toda a sola do pé, insistindo mais tempo na região mais dolorida;
  • Deslizar uma bola de tênis sobre o pé, principalmente no calcanhar, o que pode ser feito de pé ou sentado e alivia muito a dor na mesma hora;
  • Alongar a fáscia, puxando os dedos dos pés para cima e também toda a parte de trás da perna;
  • Fazer fisioterapia com aparelhos e exercícios, incluindo a Reeducação postural global e a osteopatia que realinham todas as estruturas do corpo, eliminando a causa do seu esporão;
  • Se estiver acima do peso, deve fazer dieta e praticar exercícios para emagrecer e chegar ao peso ideal;
  • Exercícios de alongamento para os pés e para as pernas. Bons exemplos são: dar um passo para trás, o calcanhar encosta no chão e ‘empurra’ a parede com as mãos;
  • Colocar uma toalha no chão e ir puxando ela com os dedos, outro que também pode fazer é pegar bolinhas de gude e colocar num balde, por exemplo, pegar umas 20 bolinhas por dia, mas lembra de ter o calcanhar sempre apoiado no chão;
  • O médico ainda pode recomendar a terapia com ondas de choque, infiltração com corticoides ou a cirurgia, em último caso, se as opções anteriores não forem suficientes.

Assista o vídeo e veja o que mais pode fazer para se sentir melhor:

ESPORÃO NO CALCANHAR: O que fazer

703 mil visualizações

Também é muito importante usar calçados confortáveis, e não usar chinelos, nem sandálias rasteirinhas, além de se possível fazer alongamentos com a perna e o pé diariamente. Veja todos os Tratamentos para esporão do calcanhar.

O que causa o esporão calcâneo

O esporão no calcanhar surge devido ao acúmulo de cálcio debaixo do pé ao longo de vários meses, que acontece devido ao excesso de pressão sobre o mesmo local e principalmente devido ao aumento da tensão sobre a fáscia plantar, que é um tecido que liga o osso do calcanhar aos dedos.

Assim, o esporão é mais comum em pessoas que:

  • Estão acima do peso ideal;
  • Tem o arco do pé muito alto ou o pé muito plano;
  • Tem o hábito de correr em superfícies muito duras, como no asfalto, sem o tênis de corrida adequado;
  • Praticam atividades que incluam saltar constantemente numa superfície dura, como é o caso da ginástica artística ou rítmica;
  • Usam sapato duros e que precisam caminhar por muitas horas, durante o trabalho, por exemplo.

Estes fatores de risco aumentam a pressão sobre o calcanhar e, por isso, podem levar a micro lesões que facilitam a formação do esporão. 

Bibliografia >

  • KISNER, Carolyn; COLBY Lynn Allen. Exercícios terapêuticos: Fundamentos e Técnicas. 6ª.ed. São Paulo: Manole, 2016. 868-870.
  • Mark Dutton. Fisioterapia ortopédica: exame, avaliação e intervenção. 2ª.ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem