Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Eczema: o que é, sintomas, causas e tratamento

O eczema é uma inflamação aguda ou crônica na pele que pode ser causada pelo contato da pele com algum agente agressor ou ser consequência de uso de algum medicamento, sendo identificada por meio do aparecimento de sintomas como coceira, inchaço e vermelhidão na pele.

O eczema é uma doença de pele não tem cura, mas pode ser controlada com o tratamento indicado pelo dermatologista. Essa inflamação pode acontecer em todas as idades, mas são mais frequentes nas crianças e nos profissionais da saúde que tendem a lavar as mãos com sabonete anti-séptico com muita frequência, o que pode machucar a pele.

Eczema: o que é, sintomas, causas e tratamento

Principais sintomas

Os sintomas de eczema podem variar de acordo com a causa e tipo de eczema, no entanto, de forma geral, os principais sintomas são:

  • Vermelhidão no local;
  • Coceira;
  • Surgimento de de bolhas na pele, que podem romper e liberar um líquido;
  • Inchaço;
  • Descamação da pele.

Na fase crônica do eczema as bolhas começam a secar e há a formação de crostas, além de também poder ser notado aumento da espessura da pele do local.

Nos bebês e nas crianças o eczema é mais comum nas bochechas, braços e pernas, porém em adultos os sintomas podem aparecer em qualquer parte do corpo. Na presença de qualquer sinal indicativo de eczema, é importante consultar o dermatologista para que seja feita uma avaliação e seja indicado o tratamento mais adequado.

Causas de eczema

O eczema pode ser desencadeado por diversos fatores, no entanto é mais frequente de acontecer como resultado de alergia ao tecido, substância que possa ter entrado em contato na pele ou a medicamentos. Além disso, pode também acontecer devido à temperatura do ambiente, o que pode tornar a pele mais seca. Assim, de acordo com a causa dos sintomas, o eczema pode ser classificado em alguns tipos, sendo os principais:

  1. Eczema de contato ou dermatite de contato, que surge devido ao contato com um agente agressor, que pode ser um tecido sintético ou esmalte, por exemplo, levando ao aparecimento dos sintomas. Esse tipo de eczema não é contagioso e deve ser tratado de acordo com a orientação do dermatologista. Saiba mais sobre o eczema de contato. 
  2. Eczema de estase, que acontece quando há alteração na circulação de sangue no local, acontecendo principalmente nos membros inferiores;
  3. Eczema por medicamentos, que acontece quando a pessoa faz uso de algum medicamento que leva ao desenvolvimento de reação alérgico que resulta no aparecimento do eczema;
  4. Eczema atópico ou dermatite atópica, que está normalmente associado com a asma e a rinite e os sintomas costumam aparecer no rosto e nas dobras dos braços e das pernas, além de haver coceira intensa;
  5. Eczema numular ou dermatite numular, cuja causa ainda não é muito bem estabelecida porém em algumas situações pode estar relacionada com o ressecamento excessivo da pele, devido ao frio ou clima seco, por exemplo. Esse tipo de eczema é caracterizado pela presença de manchas vermelhas e redondas na pele que coçam.

Nas crianças, o eczema costuma aparecer após os 3 meses, podendo durar até adolescência. O tratamento deve ser feito de acordo com a orientação do pediatra, podendo ser indicado o uso de corticoides ou anti-histamínicos, além de ser importante manter a pele hidratada.

Como é feito o tratamento

O tratamento para eczema deve ser indicado pelo dermatologista e depende do tipo do eczema, causas, gravidade e idade da pessoa, podendo ser indicado o uso de corticoides ou anti-histamínicos em forma de pomada ou creme para aliviar os sintomas e facilitar a cicatrização das lesões. Em alguns casos, o médico pode indicar também o uso de antibióticos para prevenir possíveis infecções que possam acontecer.

Durante o tratamento é importante manter a pele hidratada, pois a pele ressecada é um dos fatores de risco para a piora dos sintomas. Veja qual é um bom remédio caseiro para eczema.

Bibliografia >

  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA E SAÚDE DA FAMÍLIA E COMUNIDADE. Eczema: resumo de diretriz NHG M37. 2014. Disponível em: <http://www.sbmfc.org.br/wp-content/uploads/media/NHG%2038%20Eczema(1).pdf>. Acesso em 15 Out 2020
  • ANTUNES, Adriana A.; SOLÉ, Dirceu; CARVALHO, Vânia O.; BAU, Ana E. K et al. Guia prático de atualização em dermatite atópica - Parte I: etiopatogenia, clínica e diagnóstico. Posicionamento conjunto da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia e da Sociedade Brasileira de Pediatria. Arq Asma Alerg Imunol. Vol 1. 2 ed; 131-156, 2017
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Eczema. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/eczema/70/#:~:text=O%20que%20%C3%A9%3F-,Eczema%20%C3%A9%20um%20tipo%20de%20dermatose%20que%20se%20caracteriza%20por,ser%20agudo%2C%20subagudo%20ou%20cr%C3%B4nico.>. Acesso em 15 Out 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem