6 regras para não pegar doenças em banheiros públicos

Revisão clínica: Manuel Reis
Enfermeiro
janeiro 2022

Para usar um banheiro sem pegar doenças é importante tomar alguns cuidados simples como dar a descarga apenas com a tampa do vaso fechada ou lavar bem as mãos a seguir.

Estes cuidados ajudam a evitar doenças graves como infecções intestinais, infecções urinárias ou hepatite A, por exemplo, especialmente em banheiros públicos como os de restaurantes, shoppings, academias, discotecas, escolas ou universidades, que são usados por muitas pessoas diferentes.

1. Não sentar no vaso sanitário

O ideal é mesmo não sentar no vaso sanitário, pois é comum que ele tenha resíduos de urina ou fezes. No entanto, se sentar for inevitável, deve-se primeiro limpar o vaso com papel higiênico e álcool em gel ou gel desinfetante e ainda assim, forrá-lo com papel higiênico, para evitar o contato do vaso com as regiões íntimas do corpo.

2. Usar um funil para fazer xixi de pé

Esse tipo de funil foi especialmente desenvolvido para ajudar a mulher a fazer xixi de pé, diminuindo o risco de pegar doenças num banheiro público. Assim é possível urinar sem ter que baixar a calça, ficando ainda mais distante do vaso sanitário.

3. Dar descarga com a tampa fechada

Para dar descarga corretamente, deve-se baixar a tampa do vaso sanitário antes de ativar o mecanismo da descarga, pois a descarga faz com que os micro-organismos presentes na urina ou nas fezes sejam espalhados no ar, podendo ser inaladas ou engolidas, aumentando o risco de infecções.

4. Não tocar em nada

As áreas mais contaminadas com micro-organismos dos banheiros públicos são o vaso sanitário e a sua tampa, o botão de descarga e a maçaneta da porta, pois são locais onde todas as pessoas tocam enquanto estão no banheiro e, por isso, é tão importante lavar as mãos sempre que usar os banheiros públicos.

5. Lavar as mãos com sabonete líquido

Pode-se usar o sabonete do banheiro público apenas se ele for líquido, pois sabonetes em barra acumulam muitas bactérias na sua superfície, representando um perigo para quem lava as mãos.

6. Sempre secar as mãos corretamente

A forma mais higiênica de secar as mãos é utilizando o papel toalha, pois a toalha de tecido acumula a sujeira e favorece a proliferação de micro-organismos. Além disso, as máquinas de secar as mãos, presente em muitos banheiros públicos, também não são as melhores opções porque podem espalhar partículas de sujeira, inclusive de fezes, pelo ar, sujando novamente as mãos. 

Ter um pacote de lenços de papel dentro da bolsa pode ser uma boa estratégia para usar para secar as mãos em banheiros públicos, no caso da falta de papel higiênico ou papel para secar as mãos. 

Assista o vídeo seguinte e saiba como lavar as mãos corretamente e a sua importância na prevenção de doenças:

Portanto, se o banheiro apresenta boas condições de higiene e se for usado da forma correta, o risco de pegar doenças é bem pequeno. No entanto, é importante lembrar que quando o sistema imunológico está fraco, como durante tratamentos de câncer ou presença de AIDS, o organismo fica mais susceptível a doenças contagiosas e deve-se ter cuidado redobrado em locais públicos.

Veja quais os sintomas que indicam infecção intestinal.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Manuel Reis - Enfermeiro, em janeiro de 2022.
Revisão clínica:
Manuel Reis
Enfermeiro
Pós-graduado em fitoterapia clínica e formado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, em 2013. Membro nº 79026 da Ordem dos Enfermeiros.

Tuasaude no Youtube

  • Como lavar as mãos do jeito certo | com Drauzio Varella

    05:00 | 49021 visualizações