Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dieta para lúpus: alimentação para aliviar os sintomas

A alimentação em caso de lúpus é uma parte importante do tratamento, pois ajuda a controlar a inflamação do organismo, aliviando sintomas comuns como cansaço excessivo, dor nas articulações, queda de cabelo, problemas cardiovasculares e as manchas na pele. Por isso, o ideal é que quem sofre com lúpus faça uma consulta com o nutricionista, para adequar a sua dieta.

Além disso, ter uma dieta adaptada também ajuda a controlar melhor os níveis de colesterol, que é um dos maiores desafios de quem tem lúpus. Para isso, é importante fazer uma alimentação variada, colorida e rica em fibras de frutas e vegetais crus, assim como apostar em probióticos, como os iogurtes naturais ou o Kefir, pois ajudam a manter o intestino saudável e diminuem a absorção de colesterol. Confira todas as dicas para controlar o colesterol através da alimentação.

Assista o vídeo da nossa nutricionista com as principais dicas de alimentação para lúpus:

Principais ingredientes funcionais para lúpus

Existem alguns ingredientes e condimentos que são considerados funcionais no caso do lúpus, ou seja, que têm ação sobre o corpo e que ajudam a diminuir a inflamação e a controlar a doença. Esses incluem:

Ingrediente Para que serveSubstância ativa
Açafrão-da-terra Protege a pele dos danos dos raios solares.Curcumina
Pimenta vermelha Melhora a circulação e alivia a dor.Capsaicina 

Gengibre

Tem ação anti-inflamatória para articulações.Gingerol 
Cominho Contribui para desintoxicação do fígado.Anetol
Manjericão Reduz dores musculares.Ácido ursólico 
Alho Auxilia na redução do colesterol e pressão alta.Alicina
Romã Proteção contra aterosclerose e doenças do coração.Ácido elágico

Outros alimentos importantes para incluir na dieta no caso de lúpus podem ser: aveia, cebola, brócolis, couve-flor, repolho, beterraba semente de linhaça, tomate, uva, abacate, limão, cenoura, pepino, couve, lentilha e os germinados tipo alfafa.

Estes ingredientes devem ser adicionados na dieta do dia a dia, sendo que o ideal é ter pelo menos um destes ingredientes em cada refeição principal.

Veja uma lista mais completa dos alimentos que ajudam a combater a inflamação, e que podem ser usados no caso de lúpus.

Que suplementos tomar para lúpus

Além da alimentação, também existem alguns suplementos que podem ser indicados pelo nutricionista para controlar a doença, sendo que os mais comuns incluem a vitamina D e o óleo de peixe, que devem ser indicados por um profissional capaz de definir a dose de acordo com as características de cada pessoas e os sintomas apresentados.

Exemplo de cardápio anti-inflamatório para lúpus

A dieta no caso do lúpus deve ser sempre adaptada às necessidades individuais de cada pessoa, no entanto, em exemplo de cardápio para um dia pode ser:

  • Café da manhã: suco de acerola com 1 cm de gengibre e 1 copo de iogurte natural com farelo de aveia.
  • Meio da manhã: 1 torrada com 1 fatia de queijo branco e abacate, acompanhada de uma xícara de chá verde.
  • Almoço: arroz integral, feijão, 1 bife de peito de frango grelhado, salada de folhas verdes com tomate e, de sobremesa, 3 quadradinhos (30g) de chocolate meio amargo.
  • Lanche da tarde: 30 g de cereais com amêndoas e leite de vaca ou bebida de arroz ou aveia.
  • Jantar: creme de abóbora com alho e 1 fatia de pão integral.
  • Ceia: 250g de mingau de aveia ou 1 iogurte natural.

Esta sugestão é uma dieta funcional antioxidante com propriedades anti-inflamatórias e com alimentos que protegem a pele dos efeitos nocivos do sol, que ajudam a minimizar não só os efeitos colaterais dos medicamentos utilizados no tratamento, como também a manter o peso constante que é outro fator importante pra manter o lúpus controlado.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem