Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode ser diarreia verde

A diarreia verde pode ocorrer devido ao excesso de ingestão de alimentos verdes, devido a uma rápida passagem das fezes pelo intestino, ou mesmo devido a uma infecção ou doença. O tratamento consiste em ingerir muitos líquidos, sais de reidratação oral e probióticos, no entanto depende muito daquilo que origina o problema, por isso, se a duração da diarreia ultrapassar 1 ou 2 dias, deve-se ir ao gastroenterologista.

As fezes são constituídas por água, fibras, bactérias fecais, células intestinais e muco, e a sua cor e consistência está geralmente relacionada com a alimentação. No entanto, a cor alterada das fezes pode ser sinal de problemas intestinais ou outras doenças. Veja o que cada cor das fezes pode significar.

O que pode ser diarreia verde

1. Comer muitos vegetais ou corante verde

Comer alimentos verdes contendo clorofila, como alguns vegetais, ou alimentos com corante verde, podem dar origem a fezes esverdeadas, no entanto, a sua coloração volta ao normal quando o organismo elimina estes alimentos. 

Além disso, consumir suplementos alimentares em excesso também pode tornar as fezes mais escuras e esverdeadas, principalmente se esses suplementos tiverem ferro na sua composição.

2. Usar laxantes

A bilis é um líquido verde acastanhado, produzido no fígado e tem como função digerir a gordura da comida. Quando a bílis digere as gorduras, os nutrientes podem ser absorvidos no intestino para o sangue, e a bílis continua o caminho no intestino, mudando gradualmente de cor de verde para castanho, o que pode demorar horas ou mesmo alguns dias. 

Assim, em situações em que o trânsito intestinal esteja mais rápido, como em casos de uso de remédios laxativos ou situações de diarreia por exemplo, podem causar um trânsito intestinal mais rápido, tornando as fezes mais líquidas e não dando tempo à bilis para mudar de cor. 

3. Infecções no intestino

A diarreia verde também pode ser provocada por infecções com Salmonella sp. ou por Giardia lamblia. A infecção por Salmonella sp., é uma infecção bacteriana dos intestinos normalmente causada por comida contaminada e a diarreia verde é um dos principais sintomas, podendo também ser acompanhada de outros sintomas como enjoos e vômitos, dor abdominal, febre, sangue nas fezes, dor de cabeça e do músculo. A infecção normalmente cura sem remédios, mas pode ser atenuada com analgésicos para a dor abdominal e em casos mais graves, com antibióticos.

Já a giardíase é uma doença causada por um parasita chamada de Giardia lamblia, causada normalmente pela ingestão de água contaminada. Além da diarreia líquida verde, pode provocar outros sintomas como gases, dor e distensão abdominal, febre, enjoos e vômitos, perda de apetite ou desidratação. Esta infecção pode ser atenuada com analgésicos, antibióticos e bebendo muita água.

4. Intestino irritável ou doença de Crohn

Pessoas com doença de Crohn, síndrome do cólon irritável ou colite ulcerosa podem também ter fezes verdes, devido à má digestão das gorduras, associadas a outros sintomas como dor abdominal ou excesso de gases. 

Além disso, pessoas que tenham removido a vesícula biliar, também podem ter as fezes verdes, porque como a bilis produzida no fígado não é armazenada na vesícula biliar, vai passando para o intestino, conferindo assim uma coloração verde às fezes.

O que podem ser as fezes verdes em bebês

Nos primeiros dias após o parto, e enquanto o bebê é alimentado exclusivamente com leite materno, é normal apresentar fezes moles esverdeadas, tornando-se amarelas e depois castanhas até ao primeiro ano de idade.

Para bebês alimentados por fórmulas infantis, as fezes verdes podem continuar durante mais tempo, devido provavelmente à composição das fórmulas, que contêm ferro na sua composição. No entanto, essa cor também pode ser devida a uma infecção, mudança do leite, ou intolerância a algum alimento ou mesmo devido ao uso de remédios.

Veja o que cada cor das fezes do bebê pode indicar.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar