Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Diarreia na gravidez: é normal? (principais causas e o que fazer)

A diarreia na gravidez é um problema relativamente comum, assim como outras alterações intestinais. Na maior parte das vezes, essas alterações estão relacionadas com mudanças nos níveis hormonais, novas intolerâncias alimentares ou excesso de estresse e, por isso, normalmente, não são sinal de algo mais grave.

No entanto, se a grávida tiver crises de diarreia muito frequentes ou se forem muito demoradas, pode entrar num quadro de desidratação, que pode trazer complicações para o desenvolvimento do bebê e para a própria grávida.

O ideal é que a diarreia seja sempre tratada assim que aparece, com o aumento da ingestão de água e adaptação da alimentação e, se possível, com a eliminação da sua causa. Ainda assim, se a diarreia não melhorar em 3 dias é muito importante ir ao hospital ou consultar o obstetra.

Diarreia na gravidez: é normal? (principais causas e o que fazer)

Principais causas da diarreia na gravidez

A diarreia pode ter várias causas, desde uma intoxicação alimentar até à presença de vermes intestinais. Porém, na gravidez, é mais que comum que a diarreia aconteça devido a causas mais simples como:

1. Alterações hormonais

As alterações hormonais naturais da gestação podem alterar bastante o funcionamento do corpo da grávida, incluindo seu sistema digestivo. Assim, dependendo da fase da gravidez, algumas mulheres podem sofrer com prisão de ventre ou diarreia, dependendo se os hormônios estão causando atrasando ou acelerando o processo digestivo.

2.  Novas intolerâncias alimentares

Entre as várias alterações que a grávida pode sentir durante a gestação, também pode existir o aparecimento de novas intolerâncias alimentares, pelo aumento da sensibilidade do intestino a alguns alimentos. Isso significa que, comidas que antes era bem toleradas, podem passar a causar alterações gastrointestinais, como aumento de gases ou diarreia.

3. Mudanças na dieta

Muitas mulheres durante a gravidez passam por grandes mudanças na dieta, seja por vontade de terem uma gravidez mais saudável ou por precisarem compensar algumas carências nutricionais. Essas mudanças podem também ser um das causas do aparecimento de diarreia, especialmente durante os primeiros dias da nova dieta.

4. Uso de suplementos

O uso de suplementos alimentares durante a gravidez é algo relativamente comum, já que pode ajudar no desenvolvimento do bebê. Embora estes suplementos sejam seguros e indicados pelos obstetras, muitas vezes podem causar quadros de diarreia ou sensibilidade no estômago, principalmente nos primeiros dias.

O que fazer para tratar a diarreia

A maior parte dos casos de diarreia na gravidez podem ser tratados em casa sem a necessidade de medicamentos, através de uma alimentação leve e a ingestão aumentada de líquidos. Algumas dicas importantes são:

  • Evitar comer frituras, alimentos gordurosos e comidas muito condimentadas;
  • Dar preferência para alimentos cozidos ou grelhados como arroz com cenoura, frango, macarrão sem molho, mingau de farinha de arroz ou torradas sem nada, por exemplo;
  • Preferir comer frutas cozidas e sem casca como, maçã, pera ou banana;
  • Beber água filtrada ou fervida, soro caseiro, água de coco ou suco de frutas.

No entanto, se a diarreia não melhorar após 3 dias ou se existirem outros sintomas como vômitos intensos e febre, que possam indicar uma intoxicação alimentar, por exemplo, é muito importante ir ao hospital ou consultar o obstetra, pois pode ser necessário iniciar um tratamento mais adequado com remédios para a diarreia ou, até, algum tipo de antibiótico.

Assista o vídeo a seguir para saber o que deve e o que não deve comer:

Confira ainda mais dicas sobre como deve ser a alimentação para diarreia.

É seguro tomar remédios para diarreia?

Os remédios para diarreia, como Imosec, Diasec ou Diarresec, por exemplo, só devem ser usados sob indicação médica, já que, dependendo da causa, esse tipo de remédios pode causar agravamento da situação.

Diarreia na gravidez é sinal de parto?

A diarreia é mais comum no último trimestre da gravidez, parecendo estar relacionada com o medo e ansiedade que a mulher pode sentir em relação à hora do parto. Além disso, algumas mulheres também relatam aumento da frequência nas crises de diarreia alguns dias antes do parto, o que pode ser resultado do estímulo cerebral para que o corpo se prepare para esse momento.

No entanto, os sinais clássicos de trabalho de parto não incluem a diarreia, sendo mais comum o rompimento da bolsa das água e o aumento das contrações. Confira quais os sinais de trabalho de parto.

Quando ir ao médico

A gestante deve ir no médico quando a diarreia demora mais de 3 dias para passar ou quando surgem outros sintomas como:

  • Fezes com sangue;
  • Dor abdominal forte;
  • Vômitos frequentes;
  • Febre acima de 38 ºC;
  • Mais de 3 evacuações líquidas num dia;
  • Mais de 2 evacuações líquidas durante vários dias.

Nestes casos é importante ir ao médico para identificar a causa da diarreia e iniciar o tratamento mais adequado.

Bibliografia >

  • GOMES, Catarina Frias et al.. Gastrointestinal diseases during pregnancy: what does the gastroenterologist need to know?. Annals of Gastroenterology. Vol.31, n.4. 385-394, 2018
  • ELSEVIER. Constipation and Diarrhea in pregnancy. Disponível em: <https://www.gastro.theclinics.com/article/S0889-8553(05)70353-8/pdf>. Acesso em 22 Abr 2020
  • RIDDLE, Mark S. et al.. ACG Clinical Guideline: Diagnosis, Treatment, and Prevention of Acute Diarrheal Infections in Adults. The American Journal of Gastroenterology. 2016
  • AMERICAN PREGNANCY ASSOCIATION. Dehydration During Pregnancy. Disponível em: <https://americanpregnancy.org/pregnancy-complications/dehydration-pregnancy/>. Acesso em 22 Abr 2020
  • NATIONAL INSTITUTE OF DIABETES AND DIGESTIVE AND KIDNEY DISEASES. Treatment for Diarrhea. Disponível em: <https://www.niddk.nih.gov/health-information/digestive-diseases/diarrhea/treatment>. Acesso em 22 Abr 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem