Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sinais e sintomas de alergia alimentar no bebê

Os sintomas de alergia alimentar no bebê podem surgir poucos minutos até algumas horas após a ingestão do alimento, podendo manifestar-se através da pele, do aparelho digestivo e do aparelho respiratório do bebê.

Os sinais e sintomas mais frequentes que podem ocorrer devido à alergia a um alimento são:

  • Manchas avermelhadas, inchadas e espalhadas pelo corpo;
  • Coceira generalizada;
  • Vômitos e diarreia;
  • Gases e cólicas;
  • Inchaço da língua, lábios e cara;
  • Tosse e chiado ao respirar;
  • Dificuldade para respirar;
  • Nariz escorrendo.

Além destes sintomas, em casos mais graves pode ocorrer perda de consciência, por isso é muito importante ter atenção aos primeiros sinais sempre que se introduz um novo alimento na dieta do bebê.

Sinais e sintomas de alergia alimentar no bebê

O que fazer para evitar uma alergia alimentar 

Devido ao fato de o sistema imune do bebê ainda ser imaturo, alguns alimentos devem ser evitados durante os primeiros 6 meses de vida porque podem provocar alergia, como leite de vaca, ovo, frutos secos, marisco, soja, morango, amora, pêssego, kiwi e o glúten, que é uma proteína presente no centeio, trigo e cevada que pode produzir uma intolerância alimentar. Já o mel, só deve ser incluído na alimentação após o 1º ano.

Estes alimentos devem ser introduzidos um de cada vez, devendo-se esperar entre 3 a 5 dias antes de adicionar outro alimento novo, de forma a perceber qual o alimento que está na origem da reação alérgica.

Além disso, durante a amamentação, não é recomendado que a mãe coma nozes e amendoins para evitar que a criança desenvolva uma alergia a esses alimentos. O pediatra pode também recomendar a retirada do ovo, do peixe e frutos do mar da dieta da mãe nos casos em que o pai ou familiares próximos tenham alergia.

Como identificar a alergia alimentar

Caso já se tenham dado alguns alimentos para o bebê sem que tenham sido testados primeiro, para identificar a alergia alimentar, uma boa dica é ir retirando da dieta alguns alimentos, anotando cada um deles numa agenda e deixando-os fora das refeições do bebê durante cerca de 5 dias. Se os sintomas de alergia alimentar no bebê começarem a desaparecer, significa que o bebê é alérgico a um daqueles alimentos.

O pediatra também pode indicar um teste de alergia alimentar para determinar qual ou quais os alimentos a que ele é alérgico.

Sinais e sintomas de alergia alimentar no bebê

Alergia alimentar à proteína do leite de vaca

Uma alergia alimentar comum em bebês é a alergia à proteína do leite de vaca, que pode ocorrer mesmo durante a amamentação. Saiba como identificar a alergia à proteína do leite de vaca.

Como a proteína do leite de vaca passa para o leite materno, em bebês que amamentam é recomendada a eliminação do leite de vaca da dieta da mãe e a substituição do leite por outros alimentos ricos em cálcio, como feijão, tofu, leite de soja ou castanha-do-pará, para que o bebê possa mamar normalmente.

Se o bebê é alimentado por fórmulas infantis, pode também sofrer reação alérgica e por isso deve-se optar por fórmulas extensamente hidrolisadas ou à base de aminoácidos, em que a proteína de vaca está degradada e não induz reação alérgica. Saiba como escolher o melhor leite para o bebê para que cresça saudável.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...