Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Desenvolvimento do bebê - 6 semanas de gestação

Semana de gestação: 6 semanas

Equivale ao mês: 2ª semana do 2º mês

Equivale aos dias: 36 a 42 dias de gestação

O desenvolvimento do bebê com 6 semanas de gestação, é marcado pelo início do desenvolvimento dos órgãos como pulmões, fígado, intestino e rins do embrião. Além disso, os braços e as pernas já estão mais desenvolvidos e também há início da formação dos olhos e de pequenas dobras de tecido que vão formar as bochechas, a mandíbula e o queixo do bebê.

Nesta fase da gestação, o crescimento do útero e o aumento constante dos níveis hormonais podem causar vontade de urinar frequentemente, aumentar o enjoo matinal e os sintomas de cansaço excessivo e sonolência.

Desenvolvimento do bebê - 6 semanas de gestação

Desenvolvimento do bebê

Na sexta semana da gestação, o coração do embrião já bate em ritmo acelerado e as características que darão origem ao rosto do bebê começam a se desenvolver. A pequena cabeça do embrião apresenta duas manchas escuras, que darão origem aos seus olhos, e covinhas que formarão as orelhas e as narinas. Além disso, pequenas dobras de tecido abaixo do cérebro em desenvolvimento, vão se tornar a língua, a mandíbula, o queixo e o pescoço do bebê.

O tecido muscular e ósseo estão se formando cobertos por uma fina camada de pele, os braços e as pernas já estão um pouco mais desenvolvidos, aparecendo como pequenos brotos, e a coluna vertebral se estende dando um aspecto de uma pequena cauda que desaparecerá em algumas semanas.

Durante essa fase, os pulmões, os rins, o fígado e outros órgãos do sistema digestivo, reprodutivo e urinário também começam a se formar. 

Caso a mulher faça um ultrassom com doppler nesta fase da gestação, é possível visualizar o coração do embrião e escutar os batimentos cardíacos do bebê em ritmo acelerado.

Tamanho do bebê

O tamanho do embrião com 6 semanas de gestação é de 4 a 6 milímetros, sendo equivalente ao tamanho de uma semente de romã. 

Mudanças no corpo da mulher

Na sexta semana de gravidez, os níveis hormonais estão cada vez mais altos e podem acentuar os sintomas de cansaço, sonolência, enjoo matinal, mamas doloridas ou pesadas e mamilos formigando. Além disso, podem surgir dor de cabeça, nas costas ou nas pernas e uma sensação de peso na barriga devido ao crescimento do útero. 

A mulher também pode começar a sentir a necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou precisar levantar à noite para ir ao banheiro, e isto ocorre devido ao maior fluxo de sangue para a região pélvica, causado pelo hormônio HCG. Além disso, o crescimento do útero pode pressionar a bexiga, e os rins se tornam mais eficientes para se livrar de toxinas no corpo, aumentando o volume da urina e causando vontade de urinar com mais frequência. 

Nesta fase, algumas mulheres também podem apresentar azia, sensação de queimação no estômago ou de muita saciedade, devido ao relaxamento do músculo da parte superior do estômago, que leva ao acúmulo de suco gástrico. 

Cuidados durante a 6ª semana

Na 6ª semana da gestação, alguns cuidados são importantes para ajudar a aliviar os desconfortos que podem surgir como: 

  • Enjoo matinal: comer em intervalos curtos a cada 2 ou 3 horas e em pequenas quantidades ou usar remédios naturais como chá de gengibre, podem ajudar a aliviar o desconforto. Veja as opções naturais para aliviar o enjoo matinal
  • Cansaço ou sonolência excessivos: ir para a cama um pouco mais cedo à noite, criar uma rotina de dormir e acordar na mesma hora todos os dias ou dormir um pouco durante o dia podem ajudar a diminuir o cansaço e aumentar a disposição;
  • Mamas doloridas ou pesadas: usar um sutiã de sustentação para aliviar a sensibilidade, dor ou sensação de mamas pesadas. Este sutiã também ser utilizado à noite para dar um suporte às mamas e aliviar esse desconforto;
  • Vontade de urinar frequentemente: nesse caso, é importante não prender a urina e tentar esvaziar totalmente a bexiga, pois deixar a urina retida na bexiga pode aumentar o risco de infecção urinária. Além disso, não se deve diminuir a quantidade de ingestão de líquidos, pois manter o corpo hidratado é fundamental para o desenvolvimento saudável do bebê;
  • Azia ou sensação de queimação no estômago: evitar comer frituras, comidas apimentadas ou muito condimentadas, evitar beber líquidos durante as refeições, comer em pequenas quantidades e não deitar após as refeições podem ajudar a aliviar esse desconforto. Veja outras dicas de como aliviar a azia na gravidez

Durante esta fase da gestação, também pode ocorrer prisão de ventre devido aos altos níveis do hormônio progesterona no corpo, que pode deixar o intestino mais lento, sendo necessários cuidados com a alimentação como aumentar o consumo de alimentos ricos em fibra como frutas e vegetais, além de praticar atividades físicas liberadas pelo obstetra. Saiba outras dicas de como aliviar a prisão de ventre na gravidez

Além disso, na 6ª semana de gestação é importante estar atenta ao uso de medicamentos, evitando seu uso ou utilizando somente os remédios recomendados pelo médico, pois nesta fase os braços, pernas e órgãos do embrião em formação, são muito sensíveis a certos medicamentos que podem atravessar a placenta e causar defeitos no bebê. 

Principais exames

Nesta fase da gestação, se a mulher tiver suspeita de infecção urinária, com sintomas de ardor ou queimação quando faz xixi, deve consultar o médico para fazer exames como urina de rotina ou urocultura e iniciar o tratamento mais adequado.

Além disso, para mulheres que ainda não consultaram o médico após a confirmação da gravidez, é importante marcar a consulta pré-natal e fazer os principais exames indicados nesse período. Confira os principais exames da consulta pré-natal

Confirme em que mês da gravidez está inserindo aqui os seus dados:

Erro
help
Imagem que indica que o site está carregando

Sua gravidez por trimestre

Para facilitar a sua vida e você não perder tempo procurando, separamos toda a informação que você precisa por cada trimestre de gestação. Em que trimestre você está?

Sua opinião é importante! Escreva aqui como podemos melhorar o nosso texto:

Ficou alguma dúvida? Clique aqui para ser respondido.
Verifique o email de confirmação que lhe enviamos.

Bibliografia

  • MAYO CLINIC. Pregnancy week by week. Fetal development: The 1st trimester. Disponível em: <https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/pregnancy-week-by-week/in-depth/prenatal-care/art-20045302>. Acesso em 26 Fev 2021
  • NHS. You and your baby at 6 weeks pregnant. Disponível em: <https://www.nhs.uk/pregnancy/week-by-week/1-to-12/6-weeks/>. Acesso em 26 Fev 2021
  • PARDI, Giorgio; CETIN, Irene. Human fetal growth and organ development: 50 years of discoveries. American Journal of Obstetrics and Gynecology. 194. 1088–1099, 2006
  • KAMAI, Elizabeth M.; MCELRATH, Thomas F.; FERGUSON, Kelly K. Fetal growth in environmental epidemiology: mechanisms, limitations, and a review of associations with biomarkers of non-persistent chemical exposures during pregnancy. Environmental Health volume 18, Article number: 43 (2019) . 18. 43; 1-30, 2019
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem