Desenvolvimento do bebê - 17 semanas de gestação

Semana de gestação: 17 semanas

Equivale ao mês: final do 4º mês

Equivale aos dias: 113 a 119 dias de gestação

Na 17ª semana de gestação, o desenvolvimento do bebê é marcado pela formação do tecido gorduroso que tem a função de preservar energia e calor, além de proteger os órgãos. O sistema respiratório está formado, mas os alvéolos pulmonares continuam a se desenvolver.

Durante essa semana, os seios da mulher podem estar mais sensíveis e as aréolas mais escuras. Os sintomas de azia, sensação de queimação, prisão de ventre e sensibilidade na gengiva e dor de cabeça podem continuar, e pode surgir dor nas costas e perda de equilíbrio devido ao aumento da curvatura da coluna e mudança do centro de gravidade do corpo.

Desenvolvimento do bebê - 17 semanas de gestação

Desenvolvimento do bebê

Na 17ª semana da gestação, o bebê está produzindo tecido adiposo ou gorduroso, importante para armazenar energia, produzir e reter calor no corpo, além de proteger os órgãos, e é formado primeiro no rosto, pescoço, mama e parede do estômago e depois nas costas, nos ombros, braços, pernas e peito. Os músculos também estão se desenvolvendo e amadurecendo.

O sistema respiratório do bebê já está formado, com os pulmões, traqueia, brônquios e bronquíolos, mas os alvéolos pulmonares ainda estão em formação.

O bebê faz cada vez mais os movimentos de sucção e deglutição, bebendo o líquido amniótico, e estes reflexos estarão totalmente amadurecidos próximo à 36ª semana da gravidez.

Nesta fase da gestação, o cordão umbilical já está mais grosso e longo de forma a levar nutrientes para o bebê e a placenta está se expandindo e aumentando a circulação para fornecer mais nutrientes e oxigênio para o bebê.

Tamanho e peso do bebê

O tamanho do bebê com 17 semanas de gestação é de cerca de 19,6 centímetros, medidos da cabeça aos pés, e cerca de 13,5 centímetros da cabeça ao bumbum, sendo equivalente ao tamanho de uma pêra. O peso do bebê nessa semana é cerca de 179 gramas.

Mudanças no corpo da mulher

Na 17ª semana de gravidez, a barriga já é notada, a cintura adquire um aspecto mais arredondado, os seios podem estar mais sensíveis e as aréolas podem ficar mais escuras. Os sintomas de azia, sensação de queimação no estômago, prisão de ventre, sensibilidade na gengiva e dor de cabeça podem continuar.

Nesta fase da gestação, a mulher pode sentir um pouco de dor nas costas, na região lombar que pode irradiar para as pernas, devido ao crescimento da barriga e aumento da curvatura da coluna, o que pode comprimir o nervo ciático. Essa mudança na curvatura da coluna, também pode alterar o centro de gravidade do corpo, e a mulher pode perder um pouco do equilíbrio corporal.

Cuidados durante a 17ª semana

Na 17ª semana da gestação, alguns cuidados são importantes para ajudar a aliviar os desconfortos que podem surgir como:

  • Azia ou sensação de queimação no estômago: evitar comer frituras, comidas apimentadas ou muito condimentadas e fazer refeições grandes, e comer em pequenas quantidades em intervalos menores de 2 a 3 horas podem ajudar a aliviar esse desconforto. Veja outras dicas de como aliviar a azia na gravidez;
  • Prisão de ventre: comer mais fibras na forma de grãos inteiros, frutas e vegetais frescos e beber pelo menos 8 copos de água por dia para manter o corpo hidratado e praticar exercícios físicos regularmente recomendados pelo médico, para ajudar a melhorar os movimentos do intestino, podem ajudar a aliviar esse desconforto;
  • Sensibilidade nas gengivas: passar o fio dental regularmente e usar uma escova de dentes macia, escovando os dentes de forma suave para não machucar a gengiva. Além disso, é recomendado consultar o dentista para avaliar a saúde da boca e dos dentes;
  • Dor de cabeça: colocar uma compressa fria na testa ou na nuca e deitar, descansar e relaxar em ambientes tranquilos podem ajudar a aliviar o desconforto. Caso a dor de cabeça não melhore, deve-se comunicar ao médico que pode orientar o uso de remédios. No entanto, se a dor de cabeça não melhorar ou for constante, deve-se procurar ajuda médica imediatamente, pois pode ser sinal de pressão alta. Saiba mais sobre dor de cabeça na gravidez;
  • Dor nas costas: não ficar muito tempo de pé, ao sentar deve-se evitar cruzar as pernas e usar uma cinta de gestante para dar suporte à barriga e às costas, podem ajudar a melhorar a dor nas costas. Além disso, é importante fazer exercícios para alongar e fortalecer a musculatura das costas como ioga ou pilates, por exemplo. Confira os melhores exercícios para fazer na gravidez;
  • Perda de equilíbrio: os exercícios também podem ajudar a melhorar o equilíbrio corporal. Além disso, é recomendado usar sapatos confortáveis e evitar o uso de saltos altos.

Durante toda a gestação é importante realizar as consultas pré-natais, seguir as recomendações médicas e tomar o ácido fólico ou suplementos recomendados pelo obstetra. Saiba como é feito o pré-natal.

Além disso, fazer uma alimentação nutritiva e balanceada, incluindo frutas, verduras e legumes frescos, garantem o fornecimento de nutrientes essenciais para o desenvolvimento do bebê e ajudam a controlar o aumento do peso durante a gravidez. É importante também fazer as atividades físicas liberadas pelo médico pois permitem controlar melhor o peso, melhorar a qualidade do sono e fortalecer a musculatura.

Confirme em que mês da gravidez está inserindo aqui os seus dados:

Erro
help
Imagem que indica que o site está carregando

Sua gravidez por trimestre

Para facilitar a sua vida e você não perder tempo procurando, separamos toda a informação que você precisa por cada trimestre de gestação. Em que trimestre você está?

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • PENNICK, Victoria; LIDDLE, Sarah D. Interventions for preventing and treating pelvic and back pain in pregnancy. Cochrane Database of Systematic Reviews. 8. CD001139; 1-82, 2013
  • YANG, Kaiping; REGNAULT, Timothy R. H. In Utero Programming of Later Adiposity: The Role of Fetal Growth Restriction. Journal of Pregnancy. 12. 134758; 2012
  • PARDI, Giorgio; CETIN, Irene. Human fetal growth and organ development: 50 years of discoveries. American Journal of Obstetrics and Gynecology. 194. 1088–1099, 2006
  • BLOTT, Maggie. A sua gravidez dia a dia. DK, 2009. 272 -279.
  • KISERUD, T.; et al. The World Health Organization Fetal Growth Charts: A multinational longitudinal study of ultrasound biometric measurements and estimated fetal weight. PLoS Med. 14. 3; e1002284, 2017
  • OYER, C. E.; et al. Reference values for valve circumferences and ventricular wall thicknesses of fetal and neonatal hearts. Pediatr Dev Pathol. 7. 5; 499-505, 2004
Mais sobre este assunto: