Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Ultrassom Morfológico

O ultrassom morfológico, também conhecido como ultrassonografia morfológica, é um exame de imagem que permite visualizar o bebê dentro do útero, facilitando a identificação de algumas doenças ou malformações como Síndrome de Down ou cardiopatias congênitas, por exemplo.

Geralmente, a ultrassonografia morfológica deve ser feita entre as 18 e as 24 semanas de gestação e, por isso, além de identificar malformações no feto, em alguns casos, também pode indicar o sexo do bebê.

Saiba que outros exames devem ser feitos durante essa fase da gravidez em: Exames do segundo trimestre de gravidez.

Realização do ultrassom morfológicoRealização do ultrassom morfológico
Imagem obtida no ultrassom morfológicoImagem obtida no ultrassom morfológico

Preço do ultrassom morfológico

O preço do ultrassom morfológico pode variar entre 100 e 200 reais, dependendo da região e da clínica selecionada.

Para que serve o ultrassom morfológico

O ultrassom morfológico serve para:

  • Calcular a idade gestacional do bebê;
  • Avaliar o tamanho do bebê, medindo a cabeça, tórax, abdômen e do fêmur;
  • Avaliar o crescimento e o desenvolvimento do bebê;
  • Mostrar os batimentos cardíacos do bebê;
  • Localizar a placenta;
  • Mostrar anormalidades no bebê e possíveis doenças ou malformações.

Além disso, quando o bebê se encontra de pernas abertas o médico também pode conseguir observar o sexo do bebê, que pode depois ser confirmado com exames de sangue, por exemplo.

Quando fazer o ultrassom morfológico

É recomendado fazer o ultrassom morfológico no segundo trimestre, entre as 18 e as 24 semanas de gestação, pois é quando o bebê já se encontra suficientemente desenvolvido. Porém, esta ultrassonografia também pode ser feita no primeiro trimestre, entre a 11ª e a 14ª semana de gestação, mas como o bebê ainda não está bem desenvolvido, os resultados podem dar errados.

A ultrassonografia morfológica também pode ser feita no terceiro trimestre, entre as 33 e as 34 semanas de gestação, no caso da gestante que não fez este exame no primeiro ou segundo trimestre de gestação, quando há uma suspeita de malformação do bebê ou se a grávida desenvolveu uma infecção na gravidez que possa prejudicar o desenvolvimento do bebê. Além do ultrassom morfológico, os ultrassons 3D e 4D mostram detalhes do rosto do bebê e também identificam doenças.

Se achou este conteúdo interessante, veja ainda:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...