Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Desenvolvimento do bebê - 11 semanas de gestação

Semana de gestação: 11 semanas

Equivale ao mês: 3ª semana do 3º mês

Equivale aos dias: 71 a 77 dias de gestação

Na 11ª semana de gestação, o desenvolvimento do bebê é marcado pelo desenvolvimento das características do rosto, das papilas gustativas e do formato dos dedos das mãos e dos pés. Nesta fase, a cabeça ainda é maior que o resto do corpo, as orelhas já se encontram na  lateral da cabeça e os olhos estão cobertos pelas pálpebras.

Durante essa semana, a barriga continua crescendo, a cintura começa a ficar mais larga e a mulher pode continuar sentindo dor na pelve, que ocorre devido às alterações hormonais normais da gravidez, que afrouxam os ligamentos da pelve para acomodar o bebê. Essas alterações hormonais também fazem com que o cabelo da mulher cresça mais rápido e tenha menos queda.

Nesta fase, a mulher pode continuar a ter enjoos matinais, azia, sensação de queimação no estômago ou vontade de urinar com frequência. 

Desenvolvimento do bebê - 11 semanas de gestação

Desenvolvimento do bebê

Na 11ª semana da gestação, a cabeça do bebê ainda é muito grande, sendo responsável por cerca de metade do comprimento do seu corpo, e as características do rosto continuam se desenvolvendo lentamente. As orelhas agora se movem em direção à sua posição final nas laterais da cabeça, os olhos já se encontram bem separados com as pálpebras fechadas e o nariz e a boca continuam a se desenvolver.

Nesta fase da gestação, as membranas que ficam entre os dedos das mãos e dos pés começam a desaparecer, deixando os dedos mais alongados, e as pequenas unhas começam a se formar. Os braços e pernas já se movem, mas a mulher ainda não consegue sentir o bebê se mexendo.

As papilas gustativas estão se desenvolvendo e os órgãos genitais continuam se formando, mas ainda não é possível identificar o sexo do bebê pelo ultrassom. No entanto, já se consegue detectar pelo ultrassom os primeiros sinais dos movimentos respiratórios do bebê.

Tamanho do bebê

O tamanho do feto com 11 semanas de gestação é de 4,1 a 5 centímetros, sendo equivalente ao tamanho de um limão. 

Mudanças no corpo da mulher

Na 11ª semana de gravidez, a barriga continua crescendo à medida que o bebê se desenvolve, a cintura pode começar a ficar mais larga e a dor na pelve pode continuar devido ao afrouxamento dos ligamentos que ficam mais esticados preparando o corpo da mulher para o futuro parto. Os seios também começam a aumentar de tamanho à medida que as glândulas responsáveis pela produção de leite vão crescendo para a futura amamentação. 

Os sintomas de enjoo matinal, prisão de ventre, cansaço excessivo e vontade frequente de urinar, azia, sensação de queimação no estômago e as variações emocionais da gravidez, podem continuar.

Nesta fase, devido aos hormônios da gravidez, os cabelos da mulher crescem mais rápido, além de caírem menos, deixando a mulher com o cabelo mais grosso e mais longo. A textura do cabelo também pode mudar, fazendo com que o cabelo fique mais seco ou mais oleoso, além de também poder haver crescimento de pêlos no rosto, barriga, tórax e braços.

Além disso, devido às alterações hormonais e aumento do fluxo sanguíneo no útero, pode ocorrer aumento da produção de muco cervical, chamado de leucorreia, que é percebido como um corrimento fino, branco leitoso e sem cheiro, e que é considerado normal.

Cuidados durante a 11ª semana

Na 11ª semana da gestação, alguns cuidados são importantes para ajudar a aliviar os desconfortos que podem surgir como: 

  • Dor na pelve: fazer alongamentos leves e movimentos suaves podem ajudar a aliviar o desconforto. No entanto, se a dor não melhorar, ou se tiver febre, deve-se entrar em contato com o médico imediatamente;
  • Enjoo matinal: comer em intervalos curtos a cada 2 ou 3 horas e em pequenas quantidades e manter-se hidratada. Se os enjoos forem muito intensos, o médico poderá receitar o uso de remédio para enjoos durante a gravidez. Saiba como é o tratamento dos enjoos intensos na gravidez
  • Cansaço excessivo: criar uma rotina de dormir e acordar na mesma hora todos os dias ou dormir um pouco durante o dia podem ajudar a diminuir o cansaço e aumentar a disposição;
  • Prisão de ventre: manter o corpo hidratado, bebendo pelo menos 8 copos de água por dia, comer mais fibras na forma de grãos inteiros, frutas e vegetais frescos, e praticar exercícios físicos regularmente recomendados pelo médico, podem ajudar a melhorar o trânsito intestinal e aliviar esse desconforto;
  • Vontade de urinar frequentemente: não prender a urina, pois deixar a urina retida na bexiga pode aumentar o risco de infecção urinária;
  • Azia ou sensação de queimação no estômago: comer em pequenas quantidades e não deitar após as refeições podem ajudar a aliviar esse desconforto. Outra medida importante é evitar beber líquidos durante as refeições e evitar comer frituras, comidas apimentadas ou muito condimentadas. Veja outras dicas de como aliviar a azia na gravidez

Além disso, deve-se seguir todas as orientações médicas, continuar tomando o ácido fólico e/ou outros suplementos indicados pelo médico, e continuar fazendo uma alimentação nutritiva incluindo frutas, legumes e verduras frescos, cereais e grãos integrais, por exemplo. Saiba mais sobre alimentação na gravidez

Confirme em que mês da gravidez está inserindo aqui os seus dados:

Erro
help
Imagem que indica que o site está carregando

Sua gravidez por trimestre

Para facilitar a sua vida e você não perder tempo procurando, separamos toda a informação que você precisa por cada trimestre de gestação. Em que trimestre você está?

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • BLOTT, Maggie. A sua gravidez dia a dia. DK, 2009. 272 -279.
  • DAVIS, Dame K.; BRAGA, Jorge. Manual da gravidez semana a semana. Porto - Portugal: Porto Editora, 2011. 184.
  • MAYO CLINIC. Pregnancy week by week. Fetal development: The 1st trimester. Disponível em: <https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/pregnancy-week-by-week/in-depth/prenatal-care/art-20045302>. Acesso em 17 Mar 2021
  • PARDI, Giorgio; CETIN, Irene. Human fetal growth and organ development: 50 years of discoveries. American Journal of Obstetrics and Gynecology. 194. 1088–1099, 2006
  • NHS. Week-by-week guide to pregnancy. Disponível em: <https://www.nhs.uk/start4life/pregnancy/week-by-week/1st-trimester/week-11/>. Acesso em 17 Mar 2021
Mais sobre este assunto:

Carregando
...