Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como tratar a micose da pele e unhas

Para tratar a micose de pele, que é a infecção causada por fungos, recomenda-se o uso de remédios anti-fúngicos, de preferência em forma de creme, spray, loção, pomada ou shampoo, mas também há opções em comprimido. O tratamento pode durar entre cerca de 7 até 60 dias, o que varia de acordo com o tipo de infecção e com a indicação médica.

Esta infecção também pode atingir as unhas, e, nestes casos, o tratamento pode ser feito com o uso de um esmalte anti-fúngico indicado pelo médico, mas esta é uma infecção difícil de ser tratada e pode ser necessário o uso destes esmaltes ou, em casos graves, a toma de um comprimido por mais de 1 ano.

As principais opções de tratamento incluem:

1. Micose da pele

As principais opções para tratar micoses da pele são cremes, sabonetes, xampus e soluções que contenham princípios ativos como Sulfeto de selênio, Miconazol, Imidazol, Clotrimazol, Fluconazol, Cetoconazol, por exemplo, úteis para infecções como Ptiríase versicolor, Tinha e Candidíase, usados por cerca de 1 a 4 semanas, de acordo com cada caso.

Quando as opções tópicas não são possíveis, ou quando não há melhora, o dermatologista poderá indicar o uso de comprimidos, a base de Cetoconazol, Itraconazol, Fluconazol ou Terbinafina. 

Confira mais detalhes sobre os remédios utilizados para tratar a micose e como usar.

Como tratar a micose da pele e unhas

2. Micose da unha

Já a micose de unha pode ser tratada com o uso de um esmalte anti-fúngico a base de amorolfina, sob orientação médica, sendo necessária 1 a 2 aplicações por semana na unha afetada. Geralmente, este tratamento dura entre 6 meses a 1 um ano.

Quando há uma infecção grave, ou quando as unhas estão muito afetadas, pode ser necessário o uso de medicamentos em comprimido, como Fluconazol, Itraconazol ou Terbinafina, por várias semanas a meses. Este tipo de tratamento deve ser acompanhado com retornos ao médico, já que os medicamentos podem causar efeitos colaterais, como prejuízos à função do fígado.

Outra opção é o tratamento com laser, chamado de terapia fotodinâmica, em que são necessárias sessões semanais por 1 a 3 meses, para eliminar o fungo e promover o crescimento da unha.

Como é feito o tratamento caseiro

Alguns hábitos diários que podem tanto evitar como ajudar a combater a micose, durante o tratamento, incluem:

  • Secar-se bem após o banho, principalmente nos pés e dobras do corpo;
  • Evitar ficar com a roupa molhada, após banhos de praia ou piscina;
  • Preferir usar roupas leves e arejadas, preferencialmente de algodão;
  • Não compartilhar roupas, calçados ou objetos que possam transmitir os fungos, como escova de cabelo, meias e alicates de unhas, com outras pessoas;
  • Evitar andar descalço em locais públicos, principalmente se estiverem úmidos, como saunas, praias e banheiros públicos;
  • Observar se os animais da casa, como gatos e cachorros, podem estar com fungos, sendo importante tratá-los para evitar reinfecções;
  • Evitar coçar os locais com micose para evitar a propagação da doença para outras partes do corpo.

Opções de remédios naturais existem e podem ser usadas como complemento ao tratamento, não substituindo o tratamento orientado pelo médico, e algumas opções podem incluir cravo-da-índia, óleo essencial de salvia e alho, por exemplo. Confira algumas opões e receitas de remédios caseiros para micose.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...