Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar e tratar a Micose no couro cabeludo

    A micose no couro cabeludo, também conhecida como Tinea capitis ou tínea capilar, é uma infecção causada por fungos que gera sintomas como intensa coceira e, até mesmo, queda de cabelo. 

    Este tipo de micose pode passar facilmente de pessoa para pessoa, através da partilha de pentes, toalhas, chapéus, almofadas ou qualquer outro objeto que esteja em contato direto com a cabeça.

    A melhor forma de tratamento é tomar um antifúngico e usar um shampoo antifúngico, ambos receitados pelo dermatologista, além de manter uma boa higiene capilar. 

    Como identificar e tratar a Micose no couro cabeludo

    Como é feito o tratamento

    O tratamento para micose no couro cabeludo precisa ser orientado por um dermatologista e, normalmente, é feito com o uso de antifúngicos orais e shampoos para eliminar os fungos da cabeça, aliviando os sintomas.

    Remédios 

    Alguns dos antifúngicos orais mais utilizados e recomendados pelo dermatologista incluem a Griseofulvina e a Terbinafina, que devem ser ingeridos por cerca de 6 semanas, mesmo que os sintomas já tenham melhorado. O uso prolongado destes remédios pode causar alguns efeitos colaterais como vômitos, cansaço excessivo, tonturas, dor de cabeça e manchas vermelhas na pele, e por isso não devem ser usados por mais de 6 semanas.

    Shampoos 

    Além dos remédios orais, o médico pode ainda aconselhar que a higiene do cabelo passe a ser feita com um shampoo antifúngico, que contenha Cetoconazol ou Sulfeto de selênio. Alguns exemplos são:

    • Nizoral;
    • Cetoconazol;
    • Caspacil;
    • Dercos.

    Os shampoos ajudam a aliviar rapidamente os sintomas, mas não impedem completamente o desenvolvimento dos fungos. Assim, é sempre recomendado usar os shampoos junto com os remédios antifúngicos orais receitados pelo dermatologista.

    Principais sintomas

    A micose no couro pode provocar sintomas como:

    • Coceira intensa na cabeça;
    • Presença de caspa;
    • Pontos pretos no couro cabeludo;
    • Áreas com queda de cabelo;
    • Crostas amarelas no cabelo.

    Embora raro, além destes sintomas, algumas pessoas podem ainda apresentar ínguas doloridas no pescoço, devido à resposta dos sistema imune para combater a infecção causada pelos fungos.

    Geralmente, este tipo de micose é mais comum em crianças com idades entre os 3 e os 7 anos, pois têm maior tendência para encostar as cabeças e compartilhar objetos que estão em contato com o cabelo, como faixas, elásticos e chapéus.

    A micose no couro cabeludo pega através do contato com os fungos de uma pessoa infectada. Assim, a micose pode passar através do contato direto com o cabelo ou pela compartilha de objetos que são utilizados no cabelo, como pentes, toalhas, elásticos, chapéus ou fronhas de almofadas, por exemplo. 

    Esta informação foi útil?   
    Sim  /  Não

    Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

    Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
    Mais sobre este assunto:


    Publicidade
    Carregando
    ...
    Fechar

    Pode perguntar

    Fechar
    É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
    Erro
    Erro
    Erro
    Marque a caixa de verificação acima.
    Enviar Mensagem