Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

5 principais causas de afta vaginal e como tratar

A afta vaginal na maior parte dos casos é um dos sintomas de infecção sexualmente transmissível (IST’s), que é transmitida por meio do contato sexual sem preservativo com alguém infectado. Essas doenças são causadas por microrganismos, como bactérias e vírus, que podem causar lesões que se parecem com uma afta, como no caso da sífilis, herpes genital ou cancro mole.

Todas as IST's tem tratamento gratuito pelo SUS e em algumas delas se o tratamento for feito de acordo com a orientação médica, é possível se chegar a cura. Desta forma, na presença de qualquer sinal ou sintoma de IST´s recomenda-se procurar um serviço de saúde para o diagnóstico correto e indicação do tratamento adequado.

5 principais causas de afta vaginal e como tratar

As aftas genitais podem ser sinais das seguintes IST's:

1. Donovanose

A donovanose é uma IST provocada por uma bactériaque é transmitida pela relação sexual desprotegida com uma pessoa infectada e que após 3 dias pode levar a um inchaço na região genital e quando não tratado se transforma em uma ferida com a aparência de afta que sangra fácil, mas que não dói.

Como tratar: O tratamento da donovanose é feito em três semanas com os antibióticos, como ceftriaxona, aminoglicosídeos, fluoroquinolonas ou cloranfenicol, que se utilizados de acordo com a orientação médica pode levar a cura. Durante o tratamento recomenda-se evitar contato sexual até que os sinais tenham desaparecido.

2. Sífilis 

A sífilis é uma IST, causada pela bactéria Treponema pallidum, e que cerca de 21 a 90 dias após o contagio, forma uma afta na região exterior (vulva) ou no interior da vagina, com bordas elevadas e endurecidas, de tamanho pequeno ou médio e cor avermelhada, que quando infeccionada pode ter aspecto úmido que lembra uma afta que estourou, não dói e costuma desaparecer após alguns dias. 

Como tratar: O tratamento da sífilis é feito com injeções de um antibiótico chamado penicilina, cuja dose e duração deve ser recomendado pelo médico de acordo com o resultado dos exames. Com o tratamento adequado e seguindo as recomendações médicas, é possível se curar da sífilis. Veja mais detalhes sobre como é feito o tratamento para sífilis 

3. Herpes genital  

5 principais causas de afta vaginal e como tratar

A Herpes genital é uma IST causada pelo vírus do herpes simples (HSV), e provoca nas mucosas lesões que se parecem com aftas. O aspecto desta afta genital pode se parecer muito com as que são comuns nos lábios, porém devido a região intima estar constantemente coberta, a umidade pode levar essas aftas a estourarem, liberando pus e sangue.

A afta pode aparecer de 10 a 15 dias após a relação sexual com o/a portador/a do vírus, que pode ser transmitido mesmo na ausência das lesões ou quando já estão cicatrizadas.

Como tratar: Apesar de não ter cura, o tratamento da herpes é feito com remédios como aciclovir, valaciclovir ou fanciclovir, e tem em média a duração de 7 dias, que ajudaram a fechar as feridas e controlar o aparecimento de outras. 

Confira 7 remédios caseiros e naturais para aliviar a herpes.

4. Clamídia  

A clamídia é uma infecção causada pela bactéria Chlamydia trachomatis e tem a transmissão pelo sexo desprotegido com uma pessoa infectada. A afta vaginal pela clamídia é na verdade um inchaço que não foi tratado e se rompeu, saindo pus e sangue. Em alguns casos pode parecer sintomas como dores das articulações, febre e mal-estar. 

Como tratar: O tratamento da clamídia é feito com antibióticos, que podem ser tomados em dose única ou dividido em 7 dias de tratamento como o azitromicina ou doxiciclina, que são receitados pelo médico conforme cada caso. Com o tratamento adequado é possível acabar completamente a bactéria no corpo, e isso leva a cura.

5. Cancro mole 

A afta causada pela bactéria Haemophilus ducreyi, também conhecida por cancro mole, é transmitida pela relação sexual com uma pessoa infectada sem o uso do preservativo masculino ou feminino. A ferida do cancro mole pode aparecer de 3 a 10 dias após a infecção, sua ferida pode ser dolorosa, de tamanho pequeno com presença de pus, e em alguns casos pode aparecer caroços ou ínguas na região da virilha. Confira outros sinais de cancro mole além da afta genital.

Como tratar: O tratamento é feito com antibióticos, como a azitromicina, ceftriaxona, eritromicina ou ciprofloxacino, que pode ser dose oral e única ou dividida em sete dias. Em alguns casos pode ser necessário que o tratamento seja feito por injeção intramuscular, o médico ira prescrever a opção mais adequada a pessoa.  

Bibliografia >

  • CDC. Genital Herpes - CDC Fact Sheet. Disponível em: <https://www.cdc.gov/std/herpes/stdfact-herpes.htm>. Acesso em 03 Ago 2020
  • CDC. Chlamydia. Disponível em: <https://www.cdc.gov/std/chlamydia/default.htm>. Acesso em 03 Ago 2020
  • CDC. Syphilis. Disponível em: <https://www.cdc.gov/std/syphilis/default.htm>. Acesso em 03 Ago 2020
  • CDC. Chancroid. Disponível em: <https://www.cdc.gov/std/tg2015/chancroid.htm>. Acesso em 03 Ago 2020
  • CDC. Bacterial Vaginosis. Disponível em: <https://www.cdc.gov/std/tg2015/bv.htm>. Acesso em 03 Ago 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem