Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar a doença de Behçet

A doença de Behçet é uma condição rara caracterizada pela inflamação de diferentes vasos sanguíneos, causando o aparecimento de lesões de pele, aftas na boca e problemas de visão. Os sintomas normalmente não surgem ao mesmo tempo, havendo várias crises ao longo da vida.

Essa doença é mais comum entre os 20 e 40 anos, mas pode acontecer em qualquer idade, e acomete homens e mulheres na mesma proporção. O diagnóstico é feito pelo médico de acordo com os sintomas descritos e o tratamento tem como objetivo aliviar os sintomas, sendo normalmente recomendado o uso de anti-inflamatórios ou corticoides, por exemplo.

Inflamação dos vasos sanguíneos
Inflamação dos vasos sanguíneos

Sintomas da doença de Behçet

A principal manifestação clínica relacionada à doença de Behçet é o aparecimento de aftas dolorosas na boca. Além disso, outros sintomas da doença são:

  • Feridas nos genitais;
  • Visão embaçada e olhos vermelhos;
  • Dor de cabeça frequente;
  • Articulações doloridas e inchadas;
  • Diarreia recorrente ou fezes com sangue;
  • Lesões de pele;
  • Formação de aneurismas.

Os sintomas da doença de Behçet não necessariamente surgem ao mesmo tempo, além de haver períodos sintomáticos e assintomáticos. Por isso, é comum que durante uma crise surjam uns sintomas e, na outra, surjam outros completamente diferentes.

Sintomas neurológicos

O acometimento do cérebro ou da medula espinhal são raros, mas os sintomas são graves e progressivos. Inicialmente a pessoa pode sentir dor de cabeça, febre e rigidez na nuca, sendo os sintomas semelhantes à meningite, por exemplo. Além disso pode haver confusão mental, perda progressiva da memória, alteração da personalidade e dificuldade de raciocínio.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da doença de Behçet é feito a partir dos sintomas apresentados pelo médico, pois não há exames laboratoriais e de imagens capazes de fechar o diagnóstico. No entanto, pode ser necessário realizar exames de sangue para excluir a hipótese de outras doenças que cursam com sintomas semelhantes.

Caso não seja descoberto outro problema, o médico pode chegar no diagnóstico da Doença de Behçet se surgirem mais do que 2 sintomas, especialmente quando as feridas na boca aparecem mais de 3 vezes em 1 ano.

Qual o tratamento recomendado

A doença de Behçet não tem cura e, dessa forma, o tratamento é feito apenas para aliviar os sintomas apresentados pelo paciente e melhorar a qualidade de vida. Assim, o médico pode recomendar o uso de medicamentos corticoides ou anti-inflamatórios para tratar as dores durante as crises ou remédios imunossupressores para evitar que as crises apareçam com tanta frequência. Saiba mais sobre o tratamento para a doença de Behçet.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...