Expectorantes para bebês: remédios e dicas caseiras

maio 2022

Os expectorantes para bebês podem ajudar podem ajudar a deixar o catarro mais líquido, facilitando sua eliminação, aliviando a tosse com catarro. Isto porque a tosse com expectoração é um reflexo do organismo para expulsar o catarro do sistema respiratório e, por isso, não deve ser evitada com medicamentos que inibem a sua eliminação, mas sim que fluidifiquem o catarro.

Os remédios expectorantes para bebês com menos de 2 anos só devem ser utilizados se recomendados pelo pediatra, após avaliação dos riscos e benefícios do seu uso e identificação da causa da tosse do bebê, que pode ocorrer devido a gripes, resfriados, asma, bronquite, alergia ou até refluxo gastroesofágico, por exemplo. 

Além disso, algumas formas caseiras que ajudam na expectoração do bebê são fazer uma nebulização ou aplicar gotas de soro fisiológico no nariz, oferecer pequenas quantidades de água ao longo do dia ou aumentar a oferta de leite materno ou fórmula, por exemplo. 

Remédios expectorantes

O tratamento com remédios expectorantes para bebês com menos de 2 anos de idade, podem ajudar a fluidificar as secreções mucosas e ajudar também na limpeza dos brônquios e eliminação do muco. 

No entanto, não existem comprovações científicas de que o uso de expectorantes em bebês com menos de 2 anos, traga benefícios para aliviar a tosse, pois a tosse é um reflexo natural do corpo para tentar expulsar o catarro das vias respiratórias.

Além disso, bebês com menos de 2 anos têm maior risco de efeitos colaterais dos remédios expectorantes, como náuseas, vômitos, diarréia, irritação gastrointestinal, reações alérgicas ou até obstrução das vias respiratórias.

Por isso, seu uso só deve ser feito com indicação do pediatra, após avaliação das condições de saúde do bebê, sintomas e dos riscos e benefícios que o uso de expectorantes podem trazer para o bebê.

Para crianças com mais de 2 anos, existem algumas opções de expectorantes infantis que podem ser recomendados pelo pediatra. Veja os principais expectorantes infantis para crianças com mais de 2 anos.  

Dicas caseiras

Algumas formas caseiras para que podem ajudar a aumentar a expectoração, desentupir o nariz e a aliviar a tosse do bebê são:

1. Aumentar a oferta de leite materno ou fórmula

No caso de bebês com menos de 6 meses, que ainda não fizeram a introdução alimentar, aumentar a oferta de leite materno ou fórmula, ajuda a garantir a hidratação do corpo, o que permite fluidificar o catarro e melhorar a congestão nasal que podem estar causando a tosse.

2. Oferecer pequenas quantidades de água 

Para bebês com mais de 6 meses, uma boa forma de aumentar a hidratação do corpo é oferecer pequenas quantidades de água filtrada ou suco ao longo do dia, como suco de maçã ou de laranja, por exemplo. 

Essas bebidas devem ser oferecidas para o bebê quando a tosse estiver controlada, para evitar engasgos e devem estar em temperatura ambiente, para não causar irritação na garganta.

3. Lavar o nariz do bebê com soro fisiológico 

Lavar o nariz do bebê com soro fisiológico 0,9% ajuda a remover o catarro do nariz, pois quando existe muita secreção no nariz do bebê, esse catarro pode causar gotejamento pós nasal, que consiste em passar pela parte de trás do nariz e alcançar a garganta, causando irritação e aumentando a tosse.

Para lavar o nariz do bebê com soro fisiológico 0,9%, pode-se aplicar 2 ou 3 gotas do soro em cada narina, 2 a 3 vezes por dia. Veja como fazer a lavagem nasal.

4. Aspirar com uma seringa de bulbo

Após aplicar as gotas de soro fisiológico 0,9% no nariz do bebê, pode-se aspirar a secreção com uma seringa de bulbo, que é semelhante a uma pequena bombinha de ar, em forma de pêra, que pode ser comprada na farmácia. 

Para usar a seringa de bulbo, deve-se apertar o corpo (balão) da bombinha e depois enfiar a ponta no início da narina do bebê. Depois, solta-se a bombinha e as secreções são aspiradas gentilmente. É muito importante não apertar a seringa enquanto estiver dentro da narina do bebê, pois pode empurrar as secreções mais para o fundo, tornando-as mais difíceis de eliminar.

Após usar a seringa de bulbo, deve-se lavá-la com água quente e sabão para evitar o desenvolvimento de fungos e bactérias, assim como deixá-la secar completamente antes de voltar a utilizar.

5. Fazer nebulização com soro fisiológico 

Fazer nebulização com soro fisiológico 0,9% ajuda a hidratar as vias aéreas, diminuir a irritação e ajudar a aliviar a tosse.

Para fazer a nebulização, deve-se usar um nebulizador elétrico. Outra opção é dar um banho morno no bebê com a porta do banheiro fechada, para produzir vapor no ambiente, ajudando na hidratação. Saiba como fazer a nebulização corretamente

6. Umidificar o ambiente

Umidificar o ambiente, colocando uma bacia de água quente no quarto do bebê, permite que o bebê respire as partículas de água, o que ajuda a manter as vias respiratórias hidratadas e fluidificar o catarro. É muito importante que a bacia fique longe do alcance do bebê, especialmente quando já consegue engatinhar ou caminhar, para evitar acidentes.

Outra opção é utilizar um umidificador de ambiente. No entanto, deve-se ter cuidado para não usar o umidificador em excesso, pois a umidade excessiva pode levar ao surgimento de mofo no quarto do bebê, causar alergia e piorar a tosse. Confira outras formas simples de umidificar o ambiente.  

Quando ir ao médico

É importante levar o bebê ao pediatra nas seguintes situações:

  • Tosse no recém-nascido ou bebê com menos de 6 meses;
  • Tosse intensa;
  • Tosse seca, especialmente à noite;
  • Tosse após engasgo;
  • Dor ou presença de secreção no ouvido;
  • Espirros constantes;
  • Chiado ao respirar;
  • Vômitos;
  • Diminuição do apetite;
  • Febre acima de 38º C;
  • Perda de peso;
  • Cansaço excessivo.

Além disso, se o bebê apresentar sinais de dificuldade para respirar como respiração muito rápida, coloração azulada ou palidez, deve-se ir imediatamente ao hospital.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em maio de 2022.

Bibliografia

  • ALSUBAIE, H.; et al. Clinical practice guidelines: Approach to cough in children: The official statement endorsed by the Saudi Pediatric Pulmonology Association (SPPA). Int J Pediatr Adolesc Med. 2. 1; 38-43, 2015
  • YANG, Michele; SO, Tsz-Yin. Revisiting the Safety of Over-the-Counter Cough and Cold Medications in the Pediatric Population. Clinical Pediatrics. Vol.53. 4.ed; 326-330, 2014
Mostrar bibliografia completa
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Tosse. Disponível em: <https://www.sbp.com.br/especiais/pediatria-para-familias/cuidados-com-a-saude/tosse/#:~:text=A%20tosse%20protege%20as%20vias,sintoma%20presente%20em%20v%C3%A1rias%20patologias>. Acesso em 05 mai 2022
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.

Tuasaude no Youtube

  • Remédio Caseiro para Gripe

    01:08 | 1129432 visualizações
  • Remédios Caseiros para a Tosse

    03:28 | 1345588 visualizações