10 remédios caseiros para dor de garganta

Alguns remédios caseiros e totalmente naturais podem ser usados para aliviar as alterações da garganta, como gargarejo com limão, chá de gengibre ou chá de barbatimão, por exemplo, que possuem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e antibacterianas que ajudam a diminuir a inflamação, irritação e dor de garganta.

Além disso, recomendado consumir bastante líquidos para se manter hidratado, como água, água de coco, infusões ou caldos, manter o ambiente úmido e evitar exposição a agentes irritantes, como a fumaça, por exemplo.

A dor de garganta é um sintoma que pode surgir sem motivo aparente, mas que, muitas vezes, está relacionado com o desenvolvimento de uma gripe ou resfriado. Por isso, se a dor na garganta não melhorar com o uso dos remédios caseiros ou se é muito intensa, durar mais de 3 dias ou estar acompanhada por febre ou outros sintomas, como dor de cabeça ou fraqueza, é recomendado consultar o médico para que seja avaliada a necessidade de iniciar o tratamento com medicamentos. Veja as principais causas de dor na garganta e o que fazer em cada caso.

Alguns chás que podem ser usados para aliviar a dor de garganta são:

1. Chá de hortelã

O chá de hortelã é um remédio natural popularmente utilizado no tratamento de gripes e resfriados, principalmente por ser capaz de aliviar a dor de garganta. De acordo com alguns estudos científicos, essa planta contém uma boa concentração de mentol, um tipo de substância que ajuda a tornar o muco mais fluído e a acalmar a garganta irritada.

Além disso, o chá de hortelã também possui propriedades anti-inflamatórias, antivirais e antibacterianas que ajudam a curar a dor de garganta mais rápido.

Ingredientes

  • 1 talo de hortelã;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as folhas de 1 talo de hortelã na água fervente e deixar repousar entre 5 a 10 minutos. Depois coar e tomar quando estiver morno. Este chá pode ser ingerido 2 a 3 vezes por dia.

2. Gargarejo com limão

O limão é um ingrediente muito comum no preparo de remédios caseiros para tratar desconforto na garganta, gripes e resfriados. Isso acontece devido à sua composição em vitamina C e antioxidantes, que lhe confere uma forte ação anti-inflamatória.

Dessa forma, fazer um gargarejo com água de limão concentrada, pode ajudar a diminuir o desconforto da garganta inflamada.

Ingredientes

  • ½ xícara de água morna;
  • 1 limão.

Modo de preparo

Misturar o suco do limão na ½ xícara de água morna e depois fazer o gargarejo. Este gargarejo pode ser feito até 3 vezes por dia.

3. Chá de camomila com mel

O chá de camomila com mel é uma mistura muito eficaz contra a dor de garganta, pois além de o mel ajudar a hidratar os tecidos irritados, a camomila tem forte ação anti-inflamatória e adstringente que ajuda a acalmar a garganta inflamada.

Além disso, algumas investigações também parecem indicar que a camomila consegue estimular o sistema imunológico, ajudando no combate de gripes e resfriados.

Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de flores secas de camomila;
  • 1 colher (de chá) de mel;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Colocar as flores de camomila na xícara de água fervente, tampar e deixar repousar entre 5 a 10 minutos. Por fim, adicionar a colher de mel, coar e beber ainda morno, 2 a 3 vezes por dia.

No caso dos bebês com menos de 2 anos deve oferecer-se apenas o chá de camomila sem o mel, pois o consumo de mel nos primeiros de vida pode causar uma infecção intestinal grave, conhecida como botulismo. Entenda melhor qual o risco de dar mel para o bebê.

4. Gargarejo de água morna com sal

Este é outro dos remédios caseiros mais populares para o tratamento da dor de garganta, mas que, de fato, tem um rápido e forte efeito contra a dor. Este efeito se deve à presença do sal que ajuda a dissolver muco e secreções que possam estar na garganta causando desconforto, além de ter efeito antibacteriano, que elimina possíveis bactérias que esteja contribuindo para a garganta inflamada.

Ingredientes

  • 1 copo de água morna;
  • 1 colher (de sopa) de sal.

Modo de preparo

Misturar os ingredientes até que o sal se dissolva completamente na água. Depois fazer gargarejos com a mistura ainda morna e repetir 3 a 4 vezes por dia, ou conforme necessário.

5. Chá de gengibre

A raiz de gengibre é um potente anti-inflamatório natural que pode ser usado para aliviar as dores de vários problemas inflamatórios, incluindo a dor de garganta. O gengibre possui compostos bioativos, como o gingerol e o shogaol, que reduzem a inflamação e eliminam microrganismos que possam causar infecção e piorar a dor.

Ingredientes

  • 1 cm de raiz de gengibre;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Descascar a raiz de gengibre e fazer pequenos cortes. Depois adicionar o gengibre na água fervente, tampar e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Por fim, coar e beber ainda morno. Tomar este chá 3 vezes ao dia.

6. Suco de toranja

Um outro bom remédio caseiro para dor de garganta é o suco de toranja, pois ele é rico em vitamina C e atua como anti-inflamatório, diminuindo assim o desconforto da garganta inflamada, assim como outros sintomas típicos de gripes e resfriados.

Ingredientes

  • 3 toranjas

Modo de preparo

Lavar as toranjas, cortar no meio, retirar as sementes da toranja e levar as frutas à centrifuga de alta velocidade. O suco feito dessa maneira fica mais cremoso e tem maior quantidade de nutrientes. Beber o suco de toranja pelo menos 3 vezes ao dia.

Este suco não deve ser usado quando se está tomando algum remédio, pois pode interferir com o seu funcionamento, anulando o efeito. Assim, o melhor sempre é informar o médico para saber se é possível beber suco de toranja, enquanto se está tomando outros remédios.

7. Chocolate com hortelã

O chocolate e a hortelã podem ser também utilizados para combater a dor na garganta, já que o chocolate meio amargo é rico em flavonoides anti-inflamatórios e a hortelã possui mentol, ajudando a diminuir a irritação da garganta.

Além disso, a gordura presente no chocolate ajuda a lubrificar a garganta, aliviando a tosse e o desconforto. Para isso, é indicado que o chocolate com hortelã não seja mastigado, mas que fique na boca até que seja derretido. 

Outra forma de consumir o chocolate com hortelã é em vitamina, devendo bater o chocolate com leite vegetal e alguma outra fruta, e consumir ao longo do dia.

8. Chá de barbatimão

O chá de barbatimão é rico em alcaloides, flavonoides e esterois, que possuem propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e analgésicas, que ajudam a combater a inflamação e aliviar a dor de garganta.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de casca de barbatimão;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Acrescentar as cascas do barbatimão e a água em uma panela e deixar ferver em fogo baixo durante 10 minutos. Em seguida, apagar o fogo e deixar repousar durante 5 a 10 minutos. Coar e beber o chá 3 a 4 vezes ao dia.

9. Mel puro

O mel possui propriedades que ajudam a aliviar a dor de garganta e a tosse. Além disso, tem ação antimicrobiana, que ajuda a combater vírus e bactérias responsáveis pela inflamação na garganta.

É recomendado que seja consumido 2 colheres de sopa de mel antes de dormir, já que o doce estimula a produção de saliva, que melhora a a mucosa da garganta e alivia a irritação, além de reduzir e aliviar a dor e a tosse.

10. Chá de sementes de feno grego

As sementes de feno grego são ricas em substâncias anti-inflamatórias como alcaloides e flavonoides, que atuam reduzindo a produção de substâncias inflamatórias, como prostaglandinas e citocinas, sendo de grande utilidade para favorecer o tratamento de inflamações da garganta, aliviando a dor.

Ingredientes

  • 2 colheres de chá de sementes de feno grego;
  • 1 xícara de água fria.

Modo de preparo

Acrescentar as sementes de feno grego na água fria e deixar repousar por 3 horas. Em seguida, ferver todos os ingredientes, coar e consumir morno 3 vezes ao dia.

Confira no vídeo a seguir mais opções de remédios caseiros para dor de garganta:

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Manuel Reis - Enfermeiro, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • PENN MEDICINE. 6 At-Home Remedies to Ease Your Sore Throat. 2022. Disponível em: <https://www.pennmedicine.org/updates/blogs/health-and-wellness/2018/february/sore-throat#:~:text=Honey%20For%20a%20Sore%20Throat&text=Mix%20two%20tablespoons%20of%20honey,under%20the%20age%20of%20one.>. Acesso em 10 nov 2022
  • SOUZA-MOREIRA, T. M.; et al. Stryphnodendron Species Known as “Barbatimão”: A Comprehensive Report. Molecules. 23. 910; 1-25, 2018
Mostrar bibliografia completa
  • YOUNG, Haw-Yaw; et al. Analgesic and anti-inflammatory activities of [6]-gingerol. J Ethnopharmacol. 96. 1-2; 207-10, 2005
  • WIJESUNDARA, Niluni M.; RUPASINGHE, H. P. Vasantha. Herbal Tea for the Management of Pharyngitis: Inhibition of Streptococcus pyogenes Growth and Biofilm Formation by Herbal Infusions. Biomedicines. 7. 3; 1-19, 2019
  • SEMWAL, Ruchi B.; et al. Gingerols and shogaols: Important nutraceutical principles from ginger. Phytochemistry Journal. 554-568, 2015
  • SRIVASTAVA, Janmejai K. et al.. Chamomile: A herbal medicine of the past with bright future. Molecular Medicine Reports. Vol.3, n.6. 895-901, 2010
  • BEN-ARYE E. et al.. Treatment of upper respiratory tract infections in primary care: a randomized study using aromatic herbs. Evidence-based Complementary and Alternative Medicine. 2011
  • UPTODATE. Acute pharyngitis in children and adolescents: Symptomatic treatment. Disponível em: <https://www.uptodate.com/contents/acute-pharyngitis-in-children-and-adolescents-symptomatic-treatment>. Acesso em 24 abr 2020
  • RAKEL, David. Integrative Medicine. 4.ed. Elsevier, 2018. 171-179.
  • SEMWAL, Ruchi B. et al.. Gingerols and shogaols: Important nutraceutical principles from ginger. Phytochemistry Journal. 554-568, 2015
  • CHANG, Jung S. et al. Fresh ginger (Zingiber officinale) has anti-viral activity against human respiratory syncytial virus in human respiratory tract cell lines. Journal of Ethnopharmacology. Vol.145, n.1. 146-151, 2013
  • MEO, Sultan A. et al. Role of honey in modern medicine. Saudi Journal of Biological Sciences. Vol.24, n.5. 975-978, 2017
Revisão clínica:
Manuel Reis
Enfermeiro
Pós-graduado em fitoterapia clínica e formado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, em 2013. Membro nº 79026 da Ordem dos Enfermeiros.

Tuasaude no Youtube

  • 5 remédios caseiros para acabar com a DOR DE GARGANTA

    23:04 | 424349 visualizações
  • 7 Remédios Caseiros para a DOR DE GARGANTA

    01:37 | 802710 visualizações
  • CURAR A DOR DE GARGANTA com remédios naturais incríveis

    05:41 | 1193616 visualizações