Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Cisto Sinovial: o que é, sintomas e tratamento

O cisto sinovial é um tipo de nódulo, semelhante a um caroço, que surge próximo a uma articulação, sendo formado por líquido sinovial, e que pode ser causado por pancadas no local, lesões por esforço repetido ou defeito na articulação, por exemplo.

Geralmente, o sinal mais frequente do cisto sinovial é o surgimento de um caroço arredondado e mole que aparece perto da articulação. Este tipo de cisto normalmente não causa qualquer tipo de dor, no entanto, como cresce perto de músculos e tendões, algumas pessoas podem sentir formigamento, perda de força ou sensibilidade, especialmente quando o cisto tem um tamanho muito grande.

É comum os cistos mudarem de tamanho, podendo desaparecer naturalmente ou reaparecerem após o tratamento.

Cisto Sinovial: o que é, sintomas e tratamento

Principais sintomas

O principal sinal de um cisto sinovial é o surgimento de um caroço mole de até 3 cm junto de uma articulação, no entanto, também podem surgir outros sintomas como:

  • Dor junto da articulação;
  • Formigamento constante no membro afetado;
  • Falta de força na articulação afetada;
  • Diminuição da sensibilidade no local afetado.

Normalmente, o cisto vai crescendo lentamente ao longo do tempo, devido ao acúmulo do líquido sinovial da articulação, mas também podem surgir de um momento para o outro, especialmente depois de pancadas.

Podem ainda existir cistos sinoviais muito pequenos que não são vistos através da pele, mas que ficam muito próximos a nervos ou tendões. Nesse caso, a dor pode ser o único sintoma, sendo que o cisto acaba sendo descoberto através de um ultrassom, por exemplo.

Tipos de cisto sinovial

Os cistos sinoviais mais comuns são:

  • Cisto sinovial no pé: as suas causas incluem tendinites e corridas com calçado inadequado e o seu tratamento pode ser feito através da aspiração para drenagem do cisto ou cirurgia, dependendo da gravidade; 
  • Cisto sinovial do joelho, ou cisto de Baker: mais comum na parte de trás do joelho e o tratamento mais indicado pode ser a aspiração para drenagem e a fisioterapia. Entenda melhor o que é o cisto de Baker;
  • Cisto sinovial na mão ou pulso: pode surgir na mão, dedos ou punho e o tratamento pode ser a compressão com uma tala para imobilização, aspiração do líquido, fisioterapia ou cirurgia.

Os cistos sinoviais podem aparecer em qualquer idade e o seu diagnóstico é realizado através de exame físico, ultrassonografia ou ressonância magnética. 

Como é feito o tratamento

O tratamento do cisto sinovial depende do seu tamanho e dos sintomas apresentados. Na ausência de sintomas pode não ser necessário o uso de medicamentos ou cirurgia, pois muitas vezes os cistos acabam por desaparecer sozinhos.

Mas no caso de o cisto ter um grande tamanho ou provocar dor ou diminuição da força, poderá ser necessário o uso de medicamentos anti-inflamatórios, como Ibuprofeno ou Diclofenaco, indicados por um médico.

A aspiração do líquido do cisto pode também ser utilizada como forma de tratamento e é feita através de uma agulha, no consultório médico com anestesia local, retirando o líquido acumulado na região da articulação. Após a aspiração, pode ser injetada uma solução de corticoides para ajudar na cura do cisto.

Opções de tratamento natural

Um excelente tratamento caseiro para aliviar os sintomas do cisto sinovial é aplicar gelo no local afetado, por cerca de 10 a 15 minutos, várias vezes ao dia.

Além disso, a acupuntura também pode ser utilizada para auxiliar no tratamento do cisto sinovial, principalmente para aliviar a dor local. 

Quando é necessário fazer cirurgia

A cirurgia do cisto sinovial é feita quando o uso de remédios ou remoção de líquido do cisto não provocaram qualquer melhoria nos sintomas. Geralmente a cirurgia é feita com anestesia local ou geral, dependendo a sua localização, e consiste na retirada completa do cisto.

Após a cirurgia, a pessoa normalmente pode regressar no próprio dia a casa, devendo premanecer em repouso por pelo menos 1 semana, para evitar que o cisto volta a aparecer. Durante 2 a 4 meses, o médico pode ainda recupendar sessões de fisioterapia para ajudar na recuperação completa.

A fisioterapia do cisto sinovial pode utilizar técnicas de ultra-som, alongamentos, compressão ou exercícios ativos ou resistidos para diminuir a inflamação e facilitar a drenagem natural do cisto. A fisioterapia deve ser individualizada e é bastante importante para a recuperação do paciente após a cirurgia. 

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar