Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Cirurgia de retirada da safena (safenectomia): riscos, como é feita, e recuperação

A cirurgia para a retirada da veia safena, ou safenectomia, é uma opção de tratamento para varizes nas pernas e, por ser necessária a retirada desta veia, é um pouco mais complexa do que outros procedimentos, como a injeção de espuma ou radiofrequência, por exemplo, mas, por outro lado, é um tratamento definitivo para varizes.

A recuperação desta cirurgia de varizes acontece em cerca de 1 a 2 semanas, sendo que as atividades físicas estão liberadas após 30 dias. Neste período, estão indicados o uso de meias elásticas, e medicamentos para alívio da dor, como anti-inflamatórios ou analgésicos, prescritos pelo cirurgião vascular.

Cirurgia de retirada da safena (safenectomia): riscos, como é feita, e recuperação

Riscos da cirurgia para retirar a safena

Apesar de ser uma cirurgia com poucos riscos, a safenectomia pode ter algumas raras complicações, como a lesão de nervos próximos à veia, o que pode provocar formigamento e perda da sensibilidade, além de sangramento, tromboflebite, trombose da perna ou embolia pulmonar.

Veja os cuidados que se deve ter antes e depois de uma cirurgia para evitar estes tipos de complicações. 

Como é a recuperação após a retirada da safena

No pós operatório após a retirada da veia safena é orientado ficar de repouso, preferindo estar com as pernas elevadas, por 1 semana, além de:

  • Utilizar meias elásticas para a compressão das pernas;
  • Usar medicamentos para controle da dor, como anti-inflamatórios e analgésicos, prescritos pelo médico;
  • Não fazer exercícios ou se expor ao sol por 1 mês.

Além disto, deve-se manter os locais dos pontos limpos e secos. Também pode-se usar pomadas para aliviar os hematomas, como o hirudoid, por exemplo.

Como é feita a cirurgia para retirar a safena

A retirada da veia safena está indicada para tratar as varizes quando a veia safena está entupida devido a dilatação excessiva deste vaso, ou quando a veia safena já não funciona mais como deveria para fazer o retorno de sangue das pernas para o coração. O procedimento é feito em centro cirúrgico, com anestesia raquidiana ou geral, e o tempo de cirurgia, geralmente, é de cerca de 2 horas. 

A safena é uma grande veia que vai da virilha, passa pelo joelho, onde se divide em duas, a safena magna e a safena parva, que continuam até os pés. Apesar do seu tamanho, a retirada da veia safena não é prejudicial a saúde, pois existem outros vasos, mais profundos, que são mais importantes para o retorno do sangue para o coração.

Entretanto, se as veias safenas ainda estiverem funcionando, deve-se evitar a sua retirada, pois a veia safena é útil para a realização da ponte de safena, caso necessário, que é a cirurgia em que a veia safena é implantada no coração para substituir as coronárias entupidas do coração.  

Veja quais são as outras opções de cirurgias para varizes que preservam a veia safena.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem