Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que causa cansaço nas pernas e o que fazer para tratar

A principal causa de sensação de cansaço nas pernas é a má circulação, também chamada de insuficiência venosa crônica, pois nesta doença as válvulas das veias estão enfraquecidas, o que dificulta o fluxo de sangue, provocando o surgimento de varizes e sintomas como peso nas pernas, formigamento, dor e cãibras. 

No entanto, caso o cansaço nas pernas esteja acompanhado de outros sintomas, como dor, fraqueza ou dificuldade para andar, outras doenças também devem ser consideradas, como alterações musculares, insuficiência das artérias ou neuropatia por diabetes, por exemplo. Se quer saber sobre dor nas pernas, conheça as causas e como tratar este problema

Para confirmar a causa deste problema, é necessário consultar-se com o médico, que poderá fazer a avaliação física e solicitar exames como ultrassom dos membros inferiores. 

O que causa cansaço nas pernas e o que fazer para tratar

Principais causas

O cansaço nas pernas pode ser provocado por:

1. Má circulação das veias

Também conhecida como insuficiência venosa ou doença venosa crônica, esta alteração provoca sintomas incômodos que afetam as pernas como sensação de peso ou cansaço, dor, formigamento, cãibras e inchaço.

Esta alteração é muito comum, e costuma formar as varizes, que são pequenos vasinhos que podem ser visíveis na pele ou são profundos. Ela costuma ser provocada pela genética familiar, apesar de que alguns fatores de risco contribuem para o seu surgimento, como obesidade, ficar muito tempo em pé, usar salto alto ou sedentarismo, por exemplo. 

  • Como tratar: o tratamento é indicado pelo angiologista ou cirurgião vascular, e consiste em medidas para aliviar os sintomas, como uso de meias elásticas, analgésicos ou medicamentos que aliviam o fluxo sanguíneo, como Diosmina e Hesperidina. No entanto, o tratamento definitivo é feito com cirurgia. Leia mais sobre as causas e o que fazer em caso de má circulação.

2. Diminuição do fluxo de sangue nas artérias

A doença arterial periférica é a má circulação que afeta as artérias, por isso, é mais grave e provoca sintomas mais intensos, já que são as artérias que levam oxigênio e nutrientes aos tecidos do corpo.

O sintoma mais comum é a dor nas pernas ao caminhar, que melhora com o descanso, no entanto, outros sintomas possíveis são cansaço nas pernas, formigamento, pés e pernas frios e pálidos, disfunção erétil e o surgimento de feridas que não cicatrizam.  

  • Como tratar: o angiologista irá orientar a adoção de hábitos de vida saudáveis, como parar de fumar, perder peso, fazer exercícios e controlar o diabetes ou pressão alta, pois são grandes fatores de risco para essa doença. Remédios para o colesterol e para melhorar a circulação sanguínea, como AAS e cilostazol costumam ser indicados. Em casos graves, é indicada a cirurgia. Entenda melhor o que é a doença arterial periférica e como tratar

3. Despreparo físico

A falta de exercícios físicos provoca a atrofia dos músculos, chamada de sarcopenia, o que torna cada vez mais difícil a realização de esforços físicos e causa mais facilmente a fadiga muscular, com sintomas como sensação de fraqueza, cansaço, cãibras e falta de ar. 

São especialmente afetadas pela fraqueza muscular pessoas idosas que ficam acamadas ou muito sentadas, ou portadores de doenças que dificultam atividades, como doenças pulmonares, cardíacas ou neurológicas.

  • Como tratar: para prevenir e tratar a fraqueza muscular, é necessário praticar atividades físicas como caminhadas, hidroginástica ou musculação, de preferência, após liberação do médico e orientadas por um educador físico. Saiba quais são os sintomas de sarcopenia e como recuperar a massa muscular
O que causa cansaço nas pernas e o que fazer para tratar

4. Diabetes

Quando o diabetes não é bem controlado ao longo dos anos, pode provocar danos aos nervos do corpo, situação chamada de neuropatia diabética. Esta alteração afeta principalmente os pés, mas pode comprometer as pernas, além de diversos outros locais de corpo.

Os principais sintomas incluem dor, queimação e ardência, formigamento, sensação de agulhadas e choques, ou a perda da sensibilidade no membro afetado, o que facilita o surgimento de feridas que não cicatrizam e provoca dificuldades para andar. 

  • Como tratar: o tratamento é realizado pelo neurologista ou endocrinologista, feito, principalmente, com o controle adequado da glicemia com remédios antidiabéticos. existem medicamentos que o médico poderá indicar para aliviar os sintomas, como analgésicos, antidepressivos e antiepiléticos, por exemplo. Leia mais sobre este problema em Neuropatia diabética

5. Doenças musculares

Doenças que afetam os músculos são chamadas de miopatias, e podem provocar sensação de cansaço e fraqueza nas pernas, além de dor, formigamento, cãibras, rigidez, espasmos e dificuldade para se locomover. 

Esta causa de cansaço nas pernas é mais rara, e algumas das principais causas incluem:

  • Doenças inflamatórias autoimunes, como polimiosite, dermatomiosite ou miosite por cospúsculos de inclusão;
  • Lesão muscular provocada por remédios, como Ciprofibrato, corticóides, Valproato ou Etanercept, por exemplo;
  • Intoxicação do músculo, pelo consumo de substâncias como álcool;
  • Inflamação dos músculos induzida por infecções, como HIV, CMV ou toxoplasmose, por exemplo;
  • Alterações hormonais, como hiper ou hipotireoidismo; 
  • Distrofias musculares, que são doenças hereditárias em que há degeneração da membrana que envolve o músculo, ou outras doenças genéticas.

As alterações musculares também podem ser provocadas indiretamente por doenças metabólicas ou neurológicas, como a esclerose lateral amiotrófica ou miastenia gravis, por exemplo. 

  • Como tratar: o tratamento é indicado pelo médico de acordo com a sua causa, podendo incluir uso de medicamentos para regularizar o sistema imune,antibióticos ou ajustes nos medicamentos utilizados. 
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...