Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é o câncer nos ossos (ósseo), sintomas, diagnóstico e tipos

Fevereiro 2020

O câncer nos ossos é o tumor que se origina de células anormais produzidas no tecido ósseo ou pode se desenvolver de células cancerosas de outros órgãos, como mama, pulmão e próstata, sendo que quando ocorre isto é chamado de metástase.

Existem vários tipos de câncer nos ossos, porém os sintomas tendem a ser muito parecidos como dor e inchaço nas articulações e pode acontecer alguma fratura patológica, que é quando os ossos se quebram facilmente e com frequência. O diagnóstico é feito por um ortopedista ou oncologista através de exames como raio X, ressonância magnética, tomografia computadorizada, pet scan e biópsia óssea.

O tratamento para o câncer nos ossos pode ser feita com quimioterapia, radioterapia ou cirurgia, dependendo do tamanho, tipo e localização do tumor no osso. Saiba mais como é feito o tratamento para o câncer nos ossos.

O que é o câncer nos ossos (ósseo), sintomas, diagnóstico e tipos

Principais sintomas

Os sintomas mais comuns de câncer nos ossos incluem:

  • Dor nos ossos: normalmente no inicio, a dor não é constante, porém pode ser muito intensa à noite ou quando se mexe as pernas, como para caminhar;
  • Inchaço das articulações: pode surgir um nódulo nas articulações, aumentando a dor e o desconforto principalmente nos joelhos e cotovelos;
  • Ossos que quebram facilmente: podem ocorrer fraturas patológicas, que é quando os ossos se quebram com mais facilidade por causa da fragilidade provocada pelo tumor, sendo mais comum fraturas do fémur ou da coluna.

Além destes sinais de câncer, o tumor pode levar a perda de peso sem razão aparente, cansaço intenso e febre constante. No caso do câncer se espalhar para outros órgãos, como pulmão por exemplo, pode causar outros sintomas mais específicos, como dificuldade a respirar. 

Como confirmar o diagnóstico

Quando o médico suspeita de alguma lesão no osso poderá solicitar a realização de raio X, pois a radiografia poderá mostrar de existe algum defeito no osso ou nos tecidos próximos, como os músculos e gordura. Em alguns casos, o médico também pode pedir um raio X de tórax para avaliar se o câncer no osso se espalhou para os pulmões, mas isto só quando o diagnóstico estiver confirmado. 

A ressonância magnética é um exame que é mais indicado pelo médico para confirmar o câncer nos ossos e para definir o tamanho e a extensão do tumor, mas também pode ser recomendada a tomografia computadorizada e o pet scan, pois podem mostrar se outros locais do corpo estão afetados pela doença. E ainda, a biópsia do osso também é feita em conjunto com esses outros exames de imagem, pois mostra o tipo de células anormais que estão causando o câncer nos ossos. 

Quais são os tipos

Existem diversos tipos de câncer nos ossos, dependendo da parte do osso, do tecido e do tipo da célula que forma o tumor, como:

  • Osteossarcoma: é o tipo que se desenvolve a partir de células responsáveis pela formação dos ossos, e ocorre principalmente nos ossos dos braços, pernas e pélvicos, sendo mais comum na faixa etária entre os 10 e 30 anos;
  • Condrossarcoma: tem inicio nas células da cartilagem, é o segundo tipo de câncer nos ossos mais comum e é raro em pessoas com menos de 20 anos;
  • Sarcoma de Ewing: pode surgir em crianças e adolescentes, é mais raro em adultos com mais de 30 anos e partes mais atingidas são os ossos da região pélvica e ossos longos das pernas e dos braços; veja quais são os sintomas de sarcoma de Ewing e tratamento;
  • Histiocitoma fibroso maligno: este tipo de câncer no osso inicia-se nos ligamentos e tendões que ficam próximos aos ossos, sendo mais comum nos idosos;
  • Fibrossarcoma: também o tipo de câncer nos ossos que se desenvolve a partir dos tecidos moles, conhecidos como ligamentos e tendões;
  • Tumor de células gigantes do osso: pode ser benigno ou maligno e geralmente afeta a região dos joelhos;
  • Cordoma: se desenvolve mais comumente em adultos com mais de 30 anos e nos ossos do crânio e nos ossos da coluna vertebral.

Além disso, nem sempre o câncer nos ossos se inicia de células ósseas e, muitas vezes, este tipo de câncer se desenvolve por causa de uma metástase de um câncer avançado de outro órgão, como o câncer de mama, de próstata e câncer de pulmão, por exemplo.

Como é feito o tratamento

O tratamento para câncer nos ossos é indicado pelo oncologista e depende do tipo de tumor, do tamanho e da sua localização, sendo que normalmente inclui a realização de quimioterapia, radioterapia e, em alguns casos, a realização de cirurgia para retirar o tumor.

Nos casos mais graves, é necessário amputar o membro afetado, mantendo, se possível, o máximo da sua funcionalidade ou dependendo do caso pode ser fabricada uma endoprótese, que é uma prótese que serve para substituir o osso que foi retirado.

No entanto, quando o câncer nos ossos está numa fase muito avançada, o que ocorre normalmente quando este tipo de câncer é uma metástase, o tratamento mais comum é chamado de cuidados paliativos, que é feito para garantir a qualidade de vida da pessoa, com objetivo de reduzir a dor, com medicamentos analgésicos, e o desconforto causado pelos sintomas de câncer.

Bibliografia >

  • NHS. Bone cancer. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/bone-cancer/>. Acesso em 20 Fev 2020
  • AMERICAN CANCER SOCIETY. What Is Bone Cancer?. Disponível em: <https://www.cancer.org/cancer/bone-cancer/about/what-is-bone-cancer.html>. Acesso em 20 Fev 2020
  • UPTODATE. Bone tumors: Diagnosis and biopsy techniques. Disponível em: <https://www.uptodate.com/contents/bone-tumors-diagnosis-and-biopsy-techniques?search=bone%20cancer&source=search_result&selectedTitle=1~150&usage_type=default&display_rank=1>. Acesso em 20 Fev 2020
  • MANTYH, Patrick W. Bone cancer pain: from mechanism to therapy. Curr Opin Support Palliat Care. Vol.8, n.2. 83-90, 2014
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem