Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Metástases: o que é, sintomas, como acontece e tratamento

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
fevereiro 2023

A metástase é quando as células cancerígenas se desprendem do tumor primário e chegam a outros órgãos, onde se desenvolvem. Assim, a metástase é considerada uma situação grave que deve ser devidamente avaliada pelo oncologista.

Embora as metástases estejam em outro órgão, continuam sendo formadas por células cancerígenas do tumor inicial e, por isso, não significa que se desenvolveu câncer no novo órgão afetado. Por exemplo, quando o câncer de mama causa metástases no pulmão, as células continuam a ser da mama, devendo ser tratadas da mesma forma que o câncer de mama.

É importante que o tratamento da metástase seja iniciado assim que for feito o diagnóstico, o que normalmente é feito com quimioterapia, radioterapia e/ ou imunoterapia. Dessa forma, é possível aliviar os sintomas e evitar a progressão da doença, já que a cura é muitas vezes difícil de ser alcançada.

Imagem ilustrativa número 1

Sintomas de metástase

Na maioria dos casos, as metástases não provocam novos sintomas, no entanto, quando acontecem, esses sintomas variam de acordo com o local afetado, incluindo:

  • Dor nos ossos ou fraturas frequentes, no caso de afetar os ossos;
  • Dificuldade para respirar ou sensação de falta de ar, no caso de metástases nos pulmões;
  • Dor de cabeça intensa e constante, convulsões ou tonturas frequentes, no caso de metástases cerebrais;
  • Pele e olhos amarelados ou inchaço da barriga, no caso de afetar o fígado.

Porém, alguns destes sintomas também podem surgir devido ao tratamento do câncer, sendo aconselhado informar o oncologista de todos os novos sintomas, para que seja avaliada a possibilidade de estarem relacionados ao desenvolvimento de metástases.

As metástases são indicativos de neoplasias malignas, ou seja, de que o organismo não foi capaz de combater a célula anormal, favorecendo a proliferação anormal e descontrolada das células malignas. Entenda mais sobre a neoplasia maligna.

Como acontece

A metástase acontece quando o corpo não consegue eliminar de forma eficaz as células cancerosas. Assim, as células malignas passam a proliferar de forma autônoma e descontrolada, podendo passar pelas paredes dos nódulos linfáticos e dos vasos sanguíneos, sendo transportadas pelo sistema circulatório e linfático para outros órgãos, podendo estar próximo ou distante do local primário do tumor.

No novo órgão, as células cancerígenas vão se acumulando até formar um tumor semelhante ao original. Quando estão em grande número, as células conseguem levar o organismo a formar novos vasos sanguíneos para trazer mais sangue para o tumor, favorecendo a proliferação de mais células malignas e, consequentemente, o seu crescimento.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da metástase é feito durante a realização de exames de rotina para acompanhamento do câncer, como raio X, tomografia computadorizada, PET scan e/ ou ressonância magnética.

Através dos exames, é possível confirmar a metástase e a sua extensão, o que interfere diretamente no tratamento a ser realizado pela pessoa.

Principais locais de metástase

Embora as metástases possam surgir em qualquer local do corpo, as áreas que mais frequentemente são afetadas são os pulmões, o fígado e os ossos. No entanto, esses locais podem variar de acordo com o câncer original:

Tipo de câncerLocais mais comuns de metástases
TireoideOssos, fígado e pulmão
MelanomaOssos, cérebro, fígado, pulmão, pele e músculos
MamaOssos, cérebro, fígado e pulmões
PulmãoGlândulas adrenais, ossos, cérebro, fígado
EstômagoFígado, pulmão, peritônio
PâncreasFígado, pulmão, peritônio
RinsGlândulas adrenais, ossos, cérebro, fígado
BexigaOssos, fígado e pulmão
IntestinoFígado, pulmão, peritônio
OváriosFígado, pulmão, peritônio
ÚteroOssos, fígado, pulmão, peritônio e vagina
PróstataGlândulas adrenais, ossos, fígado e pulmão

Como é feito o tratamento

O tratamento para a metástase deve ser feito sob orientação do oncologista e pode variar de acordo com a origem do tumor, local da metástase e extensão, podendo ser indicada a realização de quimioterapia, radioterapia, cirurgia e/ ou imunoterapia.

Metástase tem cura?

A cura da metástase é difícil de ser alcançada pelo fato da doença já se encontrar em um estágio mais avançado, podendo ser observada a presença de células cancerígenas em vários locais do corpo.

Nos casos mais graves, em que o câncer está muito desenvolvido, pode não ser possível eliminar todas as metástases e, por isso, o tratamento é feito principalmente para aliviar os sintomas e atrasar o desenvolvimento do câncer. Entenda como é feito o tratamento do câncer.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em fevereiro de 2023. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em setembro de 2020.
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.