Tipos e Benefícios do Vinagre

julho 2020

O vinagre pode ser feito a partir de vinhos, como o vinagre branco, tinto ou balsâmico, ou a partir do arroz, trigo e de algumas frutas, como a maçã, a uva, o kiwi e a carambola, podendo ser usado para temperar carnes, saldas e sobremesas ou ser adicionado a sucos.

O vinagre tem uma ação antibacteriana, ajuda a melhorar a digestão, regular o açúcar no sangue, favorecer a perda de peso, regular o metabolismo das gorduras e atuar como antioxidante, ajudando assim na prevenção de doenças.

1. Vinagre de álcool

O vinagre branco ou vinagre de álcool é produzido a partir da fermentação de álcool de malte, milho ou cana de açúcar, tem uma cor transparente e é comumente usado como tempero para carnes e saladas, sendo uma boa opção para reduzir a quantidade de sal usada para dar sabor aos alimentos, porque o vinagre dá sabor suficiente aos alimentos.

Além disso, ele também é o mais usado na higienização de frutas e legumes, além de poder atuar como amaciante de roupas, tira mofo e neutralizador de cheiros, especialmente de recipientes plásticos que armazenaram comida e de urina de animais em tapetes e colchões. 

2. Vinagre de Frutas

Os mais conhecidos são os vinagres de maçã e de uva, mas também é possível fazer vinagres a partir de outras frutas, como kiwi, framboesa, maracujá e cana de açúcar.

O vinagre de maçã é rico em antioxidantes e em nutrientes como fósforo, potássio, vitamina C e magnésio, enquanto o vinagre de uva, também conhecido como vinagre de vinho tinto, contém os antioxidantes das uvas roxas, que melhoram a saúde do coração e fortalecem o sistema imunológico. Veja como o vinagre de maçã pode ajudar a emagrecer.

3. Vinagre Balsâmico

Tem cor bastante escura e consistência mais densa, possuindo um sabor agridoce que normalmente combina como tempero de saladas de vegetais, carnes, peixes e molhos.

Ele é feito a partir da uva, e confere os benefícios dos antioxidantes desta fruta, como melhor controle do colesterol, prevenção de doenças cardiovasculares e prevenção do envelhecimento precoce.

4. Vinagre de Arroz

O vinagre de arroz tem a vantagem de não conter sódio, um mineral que compõe o sal de cozinha e que é o responsável pelo aumento da pressão arterial, podendo ser consumido com maior frequência por pessoas com hipertensão.

Além disso, ele também pode conter antioxidantes que ajudam na prevenção de doenças e aminoácidos, que são partes de proteínas que melhoram o funcionamento do organismo. Sua maior utilização é no sushi, pois ele faz parte dos ingredientes usados para fazer o arroz usado nas comidas orientais.

Outras utilidades do vinagre

Devido às suas propriedades antifúngicas e antibacterianas, o vinagre foi usado por muito tempo como produto de limpeza e desinfecção de feridas. 

Além disso, o vinagre é usado para manter vegetais em conserva, ajudando também a dar um novo sabor ao alimento. Ele também garante uma boa acidez no estômago, o que facilita a digestão e previne infecções intestinais, pois a acidez do estômago ajuda a matar fungos e bactérias que podem estar nos alimentos. Veja também como usar o vinagre para controlar a caspa.

Informação Nutricional

Na tabela a seguir, está indicada a informação nutricional de 100 g de vinagre:

ComponentesQuantidade
Energia22 kcal
Carboidratos0,6 g
Açúcares0,6 g
Proteína0,3 g
Lípidos0 g
Fibras0 g
Cálcio14 mg
Potássio 57 mg
Fósforo6 mg
Magnésio5 mg
Ferro0,3 mg
Zinco0,1 mg

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em julho de 2020. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em julho de 2020.

Bibliografia

  • PLATAFORMA PORTUGUESA DE INFORMAÇÃO ALIMENTAR . Composição de Alimentos: Vinagre. Disponível em: <http://portfir.insa.pt/foodcomp/food?18362>. Acesso em 18 jun 2020
  • CHEN Hengye; CHEN Tao et al. Vinegar Functions on Health: Constituents, Sources, and Formation Mechanisms. Comprehensive Reviews in Food Science and Food Safety. 00. 1-14, 2016
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.