Cajá: 7 benefícios e como consumir (com receitas)

O cajá é conhecido também como cajá-miúdo, acajá, umbu-cajá, taperebá ou pelo nome científico Spondias mombin, é uma fruta com boas quantidades de fibras, importantes para a prevenção da diabetes e para o controle da fome, ajudando, assim, na perda de peso.

Além disso, por ser rica em vitamina C, taninos, flavonoides e carotenoides, o cajá possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, auxiliando também na prevenção de doenças, como infarto, pressão alta e câncer.

O cajá é uma fruta muito aromática e com sabor levemente ácido, sendo encontrada em supermercados e feiras, e podendo ser consumida ao natural ou usada para o preparo de suco, sorvetes, mousses e geleias.

Cajá: 7 benefícios e como consumir (com receitas)

Os principais benefícios para a saúde obtidos com o consumo do cajá são:

1. Ajudar no emagrecimento

O cajá é uma fruta que tem boas quantidades de fibras, ajudando a prolongar a saciedade e diminuir a vontade de comer.

Além disso, o cajá tem baixo teor de calorias e, por isso, é uma ótima opção para incluir nas dietas de emagrecimento. Conheça outras frutas com baixo teor de calorias.

2. Prevenir doenças cardiovasculares

Por ser uma fruta com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, o cajá combate o excesso de radicais livres no organismo, e evita a formação de placas de gordura nas artérias, prevenindo doenças, como aterosclerose, derrame e infarto.

O cajá também é rico em potássio, um mineral que ajuda a eliminar o excesso de sódio pela urina, prevenindo e controlando a pressão alta.

3. Melhorar o funcionamento do intestino

O cajá é uma fruta com boas quantidades de água, fibras e magnésio, nutrientes que melhoram os movimentos naturais do intestino, auxiliando na eliminação das fezes e prevenindo a prisão de ventre.

4. Manter a saúde da pele

Por ter alto teor de antioxidantes, o cajá é uma fruta que combate os radicais livres no organismo, prevenindo os danos às células saudáveis da pele. Veja como incluir mais alimentos antioxidantes na dieta.

O cajá também é rico em vitamina C, um nutriente que participa da formação de colágeno na pele, evitando a flacidez e promovendo a hidratação da pele.

5. Prevenir a diabetes

Por ter boas quantidades de fibras, o cajá diminui a velocidade de absorção do açúcar, promovendo o equilíbrio dos níveis de insulina e glicose no sangue e prevenindo a diabetes. Conheça outras frutas indicadas para prevenir a diabetes.

6. Ajudar a combater anemia

O cajá é uma fruta rica em vitamina C, nutriente  que melhora a absorção de ferro das carnes e dos vegetais, ajudando a combater a anemia, pois o ferro é essencial para a formação da hemoglobina, que normalmente está reduzida na anemia. Veja outros alimentos que ajudam no tratamento da anemia.

7. Prevenir câncer

O cajá é rico em flavonoides, carotenoides e taninos, antioxidantes que combatem o excesso de radicais livres no organismo, evitando danos à células saudáveis e prevenindo, assim, alguns tipos de câncer, como de ovário, de mama e de próstata. Conheça outros alimentos que também ajudam a prevenir o câncer.

Tabela de informação nutricional

A tabela a seguir traz a informação nutricional de 80 g, o que corresponde a 1 unidade grande, de cajá:

Componentes

Quantidade em 80 g (1 unidade grande) de cajá

Energia

46 calorias

Proteínas

1,3 g

Gorduras

0 g

Carboidratos

11,4 g

Fibras

2,6 g

Vitamina C

26,7 mg

Potássio

119 mg

Cálcio

13 mg

Fósforo

24 mg

Magnésio

11 mg

Para se obter os benefícios do cajá, a fruta deve fazer parte de uma dieta saudável e balanceada, associada à prática de exercícios físicos regulares.

Como consumir o cajá

O cajá pode ser consumido fresco e ao natural, como sobremesa no almoço ou jantar ou nas pequenas refeições. Já a polpa da fruta pode ser usada para preparo de sucos, geleias, mousses e sorvetes.

Receitas saudáveis com cajá

Cajá: 7 benefícios e como consumir (com receitas)

Algumas receitas simples e saudáveis com o cajá que podem ser preparadas em casa são:

1. Suco de cajá com água de coco

Ingredientes:

  • 100 g de cajá;
  • 100 ml de água de coco;
  • Gelo a gosto.

Modo de preparo:

Lavar e descascar o cajá. Cortar o cajá em cubos e colocar no liquidificador. Adicionar a água de coco e as pedras de gelo, e bater por 2 a 3 minutos. Transferir o suco para um copo e beber. Se precisar adoçar, pode-se adicionar 1 colher de café de mel.

2. Mousse de cajá

Ingredientes:

  • 400 g de polpa de cajá;
  • 1 envelope de gelatina em pó sem sabor;
  • 1 lata de creme de leite light gelado;
  • 5 colheres de sopa de mel.

Modo de preparo:

Hidratar a gelatina em 45 ml de água e reservar. Bater a polpa de cajá no liquidificador. Após, colocar em uma tigela a polpa, a gelatina dissolvida e o mel, misturar com uma colher e reservar. Bater o creme de leite na batedeira até dobrar o volume e incorporar à mistura reservada. Distribuir em taças ou potes, levar à geladeira até ganhar consistência e servir.

3. Iogurte de cajá

Ingredientes:

  • 150 g de iogurte natural integral;
  • 3 colheres de sopa de polpa de cajá;
  • 1 colher de sopa de mel.

Modo de preparo:

Colocar todos os ingredientes no liquidificador e bater até ficar uma mistura homogênea, sem deixar ficar muito líquida. Transferir a mistura para taças ou fôrmas de iogurte e levar à geladeira por 3 horas. Servir em seguida.

Esta informação foi útil?
Atualizado por Karla S. Leal, Nutricionista - em Novembro de 2021. Revisão clínica por Tatiana Zanin, Nutricionista - em Novembro de 2021.

Bibliografia

  • MINISTÉRIO DA SAÚDE - CONSELHO FEDERAL DE NUTRIÇÃO - UNICAMP - NEPA. Tabela brasileira de composição dos alimentos. Disponível em: <https://www.cfn.org.br/wp-content/uploads/2017/03/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf>. Acesso em 09 Nov 2021
  • SILVINO, A, S, Rayssa Caroline et al. Qualidade nutricional e parâmetros morfológicos do fruto cajá (Spondias Mombin L.). Revista Desafios. Vol.4. 2.ed; 1-11, 2017
  • SOUZA, R, Vanessa et al. Amazon Fruits Inhibit Growth and Promote Pro-apoptotic Effects on Human Ovarian Carcinoma Cell Lines. Biomolecules. Vol.9. 11.ed; 1-15, 2019
  • TIBURSKI, H, Júlia et al. Nutritional properties of yellow mombin (Spondias mombin L.) pulp. Food Research International. Vol.44. 2326–2331, 2011
Mais sobre este assunto: