Dieta para gota: alimentos permitidos e a evitar

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
outubro 2021

Uma dieta balanceada é fundamental para diminuir os níveis de ácido úrico no sangue e auxiliar no tratamento da gota, sendo recomendado priorizar a ingestão de alimentos saudáveis, como cereais integrais, frutas e vegetais frescos, e leite e derivados com baixo teor de gordura.

No entanto, é aconselhado evitar  o consumo de alimentos ricos em purinas, como bebidas alcoólicas, vísceras, carnes embutidas e frutos do mar. É fundamental também evitar ter uma dieta rica em calorias, pois o excesso de peso pode causar o aumento do ácido úrico no organismo.

Além disso, é importante beber pelo menos 1,5 litros de água por dia, que pode incluir chás de ervas e água de coco, pois essas bebidas ajudam a eliminar o excesso de ácido úrico do organismo pela urina, prevenindo a gota. Entenda melhor o que é e como tratar a gota.

Alimentos que devem ser evitados

Alguns alimentos que podem aumentar os níveis de ácido úrico no sangue ou contribuir para o excesso de peso, devendo, por isso, ser evitados, são:

  1. Bebidas alcoólicas, como licor, vinho, e cerveja;
  2. Vísceras, como coração, rins, moela e fígado;
  3. Temperos artificiais, como molhos prontos e temperos em pó;
  4. Fermentos, como fermento de pão e levedura de cerveja, na forma de suplemento;
  5. Carnes embutidas, como salsicha, presunto, salame ou mortadela;
  6. Carne de ganso;
  7. Carne vermelha em excesso;
  8. Carne de porco e de cordeiro;
  9. Frutos do mar,  como ostras, camarão, polvo, lula, mexilhões e vieiras;
  10. Alguns tipos de peixes, como anchova, arenque, cavala, bacalhau, salmão e sardinha;
  11. Cereais refinados, como arroz branco, pão branco ou macarrão branco;
  12. Alimentos com alto teor de frutose, como refrigerantes, sucos de caixinha ou em pó, ketchup, maionese, mostarda, mel, chocolate, bolos, bolachas e sorvete.

Esses alimentos não estão proibidos, mas devem ser evitados sempre que possível, para prevenir o aumento de ácido úrico e o surgimento das crises de gota. Veja outros alimentos que podem aumentar o ácido úrico.

Alimentos que devem ser consumidos com moderação

Alimentos como aspargos, feijão, soja, lentilha, grão de bico, cogumelo, espinafre, carne bovina magra, ovos, carne de aves sem pele e peixes que não foram mencionados anteriormente, podem ser consumidos, mas em uma porção entre 100 e 120 gramas de carne, peixe ou ave e 1/2 xícara de leguminosas e desses vegetais por dia.

Algumas pessoas indicam que alguns alimentos como morango, laranja, tomate e nozes ativam a crise de gota, no entanto esses alimentos não são ricos em purina e não existem evidências científicas que confirmem que esses alimentos causam crises de gota. Por isso, é importante ter atenção aos alimentos consumidos e, no caso de algum alimento desencadear crises de gota, é aconselhado evitá-lo.

Alimentos permitidos

Durante o tratamento da gota é recomendado priorizar alimentos com baixas quantidades de purinas, além de alimentos com boas quantidades de água e fibras, como:

  • Vegetais frescos, como agrião, cenoura, salsão, pimentão, abóbora, cebola, pepino, salsinha, alho;
  • Frutas frescas, como maçã, laranja, melancia, limão, maracujá, morango, melão;
  • Laticínios com baixo teor de gordura, como leite desnatado, iogurte desnatado e queijos brancos, como ricota ou cottage;
  • Cereais integrais, como arroz integral, milho, macarrão integral ou pão integral.

Além disso, os alimentos como o azeite, e as sementes de linhaça, sésamo e abóbora, possuem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, ajudando a eliminar as toxinas do organismo, diminuindo a dor e a inflamação nas articulações. Conheça outros alimentos ricos em antioxidantes e anti-inflamatórios.

Cardápio da dieta para gota

A tabela a seguir traz um exemplo de cardápio de 3 dias de dieta para gota:

Refeição

Dia 1

Dia 2

Dia 3

Café da manhã

1 copo de vitamina de morango, com 100 ml de leite desnatado e 3 morangos + 1 pão integral + 2 fatias de queijo ricota

1 omelete com 1 ovo, 1 col sopa de tomate picado, 1 col sopa de cebola picada e ervas frescas + 1 torrada integral + 1 laranja

1 xícara de café s/ açúcar + 1 tapioca feita com 3 col. sopa de tapioca, 1 col sopa de sementes (chia , linhaça ou girassol), recheada com 2 fatias de queijo tipo minas

Lanche da manhã

10 uvas + 5 avelãs

1 banana picada com 1 colher de sopa de manteiga de amendoim e 1 pitada de canela em pó

1 iogurte natural desnatado com 1 colher de sopa de semente de abóbora

Almoço/ jantar

1 filé (100g) de peito de frango grelhado + 3 col sopa de arroz integral + 2 col. sopa de ensopado de cenoura, brócolis e vagem + 1 prato de sobremesa de salada de alface, tomate e pepino com 1 col de sopa de azeite + 1 caqui

1 filé (120g) de tilápia assado com 2 batatas médias + 3 col sopa de purê de abóbora + 1 pires de salada de acelga temperada com 1 colher de sopa de azeite de oliva + 1 fatia de melão

1 pires de macarrão com molho de tomate caseiro +  1 sobrecoxa de frango s/ pele ensopada com 3 col sopa de quiabo + 1 prato de sobremesa de salada de cenoura e repolho ralados, temperada com 1 col sopa de azeite + 1 fatia de melancia

Lanche da tarde

1 iogurte natural desnatado com 1 colher de sopa de semente de girassol

1 maçã assada com 1 pitada de canela + 2 nozes

1 fatia de melancia + 2 castanhas do Pará

Este cardápio é apenas um exemplo para incluir na dieta. As recomendações para o tratamento da gota variam de acordo com os níveis de ácido úrico, peso atual, estado geral de saúde e práticas de exercícios físicos de cada um. Por isso, é aconselhado consultar um nutricionista para elaborar um plano alimentar de acordo com as necessidades individuais.

Veja no vídeo a seguir outras sugestões sobre como fazer uma dieta para gota:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em outubro de 2021. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em outubro de 2021.

Bibliografia

  • VILLEGAS, Raquel et al. Purine-rich foods, protein intake, and the prevalence of hyperuricemia: The Shanghai Men’s Health Study. Nutrition Metabolism and Cardiovascular Diseases. Vol.22. 5.ed; 409-416, 2012
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA. Gota. Disponível em: <https://www.reumatologia.org.br/doencas-reumaticas/gota/>. Acesso em 14 out 2021
Mostrar bibliografia completa
  • ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE NUTRIÇÃO. O Papel da Alimentação no Tratamento da Pessoa com Gota. 2021. Disponível em: <https://www.apn.org.pt/documentos/ebooks/EBOOK_O_Papel_daAlimentacao_noTratamento_daPessoa_comGota.pdf>. Acesso em 14 out 2021
  • ZHANG, Yuqing et al. Purine-rich foods intake and recurrent gout attacks. Annals of the Rheumatic Diseases . Vol.71. 9.ed; 1448.1453, 2012
  • MAYO CLINIC. Gout diet: What's allowed, what's not. Disponível em: <https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/nutrition-and-healthy-eating/in-depth/gout-diet/art-20048524>. Acesso em 14 out 2021
  • P H Desseina, E A Shiptonb, A E Stanwixc, B I Joffed, J Ramokgadie. Beneficial effects of weight loss associated with moderate calorie/carbohydrate restriction, and increased proportional intake of protein and unsaturated fat on serum urate and lipoprotein levels in gout: a pilot study. Annals of the Rheumatic Diseases. 59. 7; :539–543, 2000
  • Stephen P Juraschek, MD, PhD, Mara McAdams-Demarco, PhD, Allan C Gelber, MD, PhD, Frank M. Sacks, MD, Lawrence J Appel, MD, MPH, Karen White, MS, RD, and Edgar R Miller, III, MD, PhD. Effects of Lowering Glycemic Index of Dietary Carbohydrate on Plasma Uric Acid: The OmniCarb Randomized Clinical Trial. Arthritis Rheumatol. 68. 5; 1281–1289, 2016
  • Anothaisintawee T, Lertrattananon D, Thamakaison S, Reutrakul S, Ongphiphadhanakul B, Thakkinstian A. Direct and Indirect Effects of Serum Uric Acid on Blood Sugar Levels in Patients with Prediabetes: A Mediation Analysis.. Journal of Diabetes Research. 2017. 2017
  • MAHAN, L. Kathleen et al. Krause: Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. 13.ed. São Paulo: Elsevier Editora, 2013. 916-918.
  • LUTZ, Carrol; PRZYTULSKI, Karen. Nutrición y dietoterapia. 5.ed. México: McGraw Hill, 2011. 406.
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • Alimentação para ÁCIDO ÚRICO alto

    02:33 | 1078258 visualizações
  • Alimentação para GOTA

    05:24 | 808815 visualizações