Nebulização: o que é, para que serve e como fazer

Revisão clínica: Manuel Reis
Enfermeiro
maio 2022

A nebulização é um tratamento feito para desentupir as vias aéreas, através da inalação de vapor, que pode conter soro fisiológico e/ou medicamentos, e que ajuda a umidificar as vias respiratórias e fluidificar o catarro, tornando-o mais fácil de eliminar, facilitando a respiração.

Geralmente, a nebulização é indicada nos casos de problemas que afetam o sistema respiratório como gripes, resfriados, sinusite, asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), por exemplo, e deve ser feita utilizando-se um nebulizador elétrico em casa, ou feita em hospitais pelo enfermeiro.

A nebulização normalmente dura cerca de 15 a 20 minutos e pode ser feita 2 a 3 vezes por dia, tendo um rápido efeito sobre as vias respiratórias e menos efeitos colaterais do que os remédios usados por via oral. Apesar de ser um tratamento relativamente simples, a nebulização deve ser feita com orientação médica, especialmente quando é indicado o uso de remédios.

Para que serve

A nebulização é indicada para ajudar a desobstruir as vias aéreas e facilitar a respiração, no caso de problemas que afetam o sistema respiratório, como:

  • Gripes;
  • Resfriados;
  • Sinusite;
  • Faringite;
  • Amigdalite;
  • Asma;
  • Bronquite;
  • Bronquiolite;
  • Bronquiectasia;
  • Fibrose pulmonar;
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica;
  • Pneumonia;
  • Fibrose cística.

Nestes casos, a nebulização pode ser indicada pelo médico para aliviar os sintomas, ajudar a evitar a falta de ar e melhorar a respiração. A nebulização é também muitas vezes complementada por outras formas de tratamento, com o uso de medicamentos ou fisioterapia respiratória, por exemplo. 

Como fazer a nebulização

A nebulização deve ser feita utilizando-se um nebulizador elétrico, podendo incluir apenas o uso de soro fisiológico, para hidratar as vias respiratórias, ou medicamentos inalatórios, como corticóides ou broncodilatadores, que devem ser indicados pelo médico.

Antes de fazer a nebulização, deve-se certificar de que o nebulizador está limpo e possui todas as peças, ou seja, se inclui máscara, frasco ou copo nebulizador, tubo plástico e dispositivo compressor. 

Depois disso, deve-se seguir o seguinte passo a passo:

  1. Lavar as mãos com água e sabonete neutro, e secar com uma toalha limpa e seca;
  2. Colocar 5 a 10 mL de soro fisiológico e/ou o remédio nas doses recomendadas pelo médico, no copo do nebulizador;
  3. Encaixar a parte superior do copo nebulizador na máscara;
  4. Conectar o tubo plástico ao copo nebulizador e ao dispositivo compressor;
  5. Sentar ou recostar em uma cama, numa posição confortável;
  6. Ligar o nebulizador e observar se é produzida uma névoa no interior da máscara;
  7. Colocar a máscara, que deve cobrir a boca e o nariz;
  8. Respirar pela boca, de forma profunda e lenta, por cerca de 2 a 3 segundos, antes de expirar o ar, para permitir que o vapor chegue até os pulmões;
  9. Continuar a nebulização até que não saia mais névoa pelo nebulizador.

Ao terminar a nebulização, deve-se retirar a máscara e desligar o nebulizador, sendo importante também ter alguns cuidados com as peças do aparelho, realizando a limpeza corretamente.

Além disso, também é importante ter cuidado no armazenamento do soro fisiológico, que após aberto deve ser usado no prazo máximo de 15 dias, armazenado em geladeira. Para voltar a usar o soro, deve-se retirá-lo da geladeira antes de utilizar e aguardar que fique em temperatura ambiente, para evitar piora da congestão nasal ou até broncoespasmos.

Outra recomendação importante é enxaguar a boca após a nebulização, especialmente quando são utilizados remédios corticoides, como budesonida ou fluticasona, por exemplo, para diminuir o risco de infecções fúngicas na boca. 

Como fazer nebulização para o bebê

Para utilizar o nebulizador em bebês ou crianças, deve-se segurar a máscara de forma a garantir que fique posicionada corretamente, para que a névoa seja respirada e o tratamento tenha o efeito esperado. Além disso, o bebê ou a criança devem estar sentados no colo ou em uma cadeirinha. 

A nebulização pode ser feita no bebê ou em crianças com a utilização de soro fisiológico, e, em alguns casos, como asma, bronquite ou crises alérgicas, o pediatra pode recomendar a utilização de remédios para nebulização, sendo importante seguir as orientações do médico quanto a dose e tempo de utilização do nebulizador. Veja os remédios que o pediatra pode indicar para nebulização no bebê.  

Cuidados com o nebulizador

Após a nebulização, deve-se limpar as peças do nebulizador todas as vezes que forem utilizadas, sendo recomendado lavar o copo, a máscara e o tubo com água morna e sabão ou detergente suave, deixando secar naturalmente. 

É importante também realizar uma desinfecção do nebulizador uma vez por semana, que pode ser feita colocando a máscara, o copo e o tubo em uma solução de vinagre branco, preparada com 1 parte de vinagre para 3 partes de água quente, e deixando as peças de molho nessa solução por pelo menos 1 hora, ou conforme as instruções do fabricante do nebulizador.

Além disso, é importante guardar o nebulizador em um local seco, sem umidade, para conservar o aparelho por mais tempo. 

No caso de ser observado mofo no aparelho, deve-se evitar usá-lo, pois pode transportar fungos ou outros microorganismos para o sistema respiratório, agravando os sintomas ou causando uma nova infecção.

Principais remédios utilizados

Alguns remédios podem ser indicados pelo médico para fazer a nebulização, sendo que os principais são:

  • Broncodilatadores, como albuterol, formoterol ou salmeterol;
  • Corticóides, como a budesonida, fluticasona ou beclometasona.

Esses remédios para nebulização devem ser usados somente com indicação médica, de acordo com a condição a ser tratada e com doses individualizadas. 

Possíveis efeitos colaterais

A nebulização é um tratamento seguro e bem tolerado, sendo possível a pessoa apresentar melhora dos sintomas de obstrução respiratória imediatamente após a utilização do nebulizador.

No entanto, quando são utilizados remédios broncodilatadores ou corticóides, podem surgir efeitos colaterais como tremor, dor de cabeça, náusea ou palpitação cardíaca, sendo importante sempre comunicar ao médico quando surgirem estes sintomas para que o tratamento seja reavaliado. 

Quem não deve fazer nebulização

Não existem contraindicações para a nebulização com soro fisiológico, podendo ser feita em bebês, crianças, adultos e, inclusive, durante a gravidez. 

No entanto, a nebulização com remédios deve ser feita somente com indicação médica, pois alguns remédios não são indicados para crianças, idosos ou durante a gravidez, além de poderem causar efeitos colaterais.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Manuel Reis - Enfermeiro, em maio de 2022.

Bibliografia

  • JOHNS, R.; ROBERTS, C. M. Nebulisers: their effectiveness, indications and limitations. Prescriber. 16-28, 2007
  • NEWMAN, A. P. Drug delivery to the lungs: challenges and opportunities. Ther Deliv. 8. 8; 647-661, 2017
Mostrar bibliografia completa
  • GOMES, M. J. M.; SOTTO-MAYOR, R. IN: CURSO INTERACTIVO DE PNEUMOLOGIA. Terapêutica Inalatória. Disponível em: <https://www.sppneumologia.pt/uploads/subcanais2_conteudos_ficheiros/n%C3%A3%C2%A2%C3%A2%C2%BA8_janeiro-dezembro-2000_terap%C3%A3%C2%A3%C3%A2%C2%AAutica-inalat%C3%A3%C2%A3%C3%A2%C2%B3ria.pdf>. Acesso em 23 fev 2022
  • DUBUS, J-C.; et al. Good practice for aerosol therapy by nebulization in 2020. Rev Mal Respir. 38. 2; 171-176, 2021
Revisão clínica:
Manuel Reis
Enfermeiro
Pós-graduado em fitoterapia clínica e formado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, em 2013. Membro nº 79026 da Ordem dos Enfermeiros.

Tuasaude no Youtube

  • O melhor remédio natural para gripe H3N2

    12:17 | 440858 visualizações
  • 3 tratamentos caseiros para curar a SINUSITE mais rápido

    05:50 | 1005318 visualizações
  • 5 EXERCÍCIOS PARA FORTALECER O PULMÃO | com @Mirca Fisioterapia e Bem-estar

    06:03 | 683285 visualizações
  • Remédios Caseiros para Sinusite

    01:35 | 1140915 visualizações
  • O que comer para asma

    02:48 | 292625 visualizações