Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Xaropes para tosse com catarro Infantil

A tosse com expectoração é um reflexo do organismo para expulsar o muco do sistema respiratório e, por isso, a tosse não deve ser suprimida com medicamentos inibidores, mas sim com remédios que tornem o catarro mais fluido e fácil de eliminar e que promovam a sua expulsão, de forma a tratar a tosse mais rapidamente e de forma eficaz.

Geralmente, as substâncias ativas expectorantes usadas em crianças são as mesmas que aquelas que usam os adultos, no entanto, as fórmulas pediátricas são preparadas em menores concentrações, mais adaptadas para crianças. Na maioria das embalagens destes medicamentos vem mencionado o "uso infantil", "uso pediátrico" ou "crianças", para ser mais fácil de identificar.

Antes de dar o xarope para a criança, é importante, sempre que possível, levar a criança ao pediatra, para que ele receite o mais indicado e para perceber o que pode estar na origem da tosse. Saiba o que pode significar cada cor do catarro.

Xaropes para tosse com catarro Infantil

Alguns dos medicamentos indicados para tratar a tosse com catarro são:

1. Ambroxol

O ambroxol para crianças está disponível em gotas e xarope, em genérico ou com o nome comercial Mucosolvan ou Sedavan.

Como usar

A dose a administrar depende da idade ou peso e da forma farmacêutica que se pretende usar:

Gotas (7,5 mg/mL)

Para uso oral:

  • Crianças abaixo de 2 anos: 1 mL (25 gotas), 2 vezes ao dia;
  • Crianças de 2 a 5 anos: 1 mL (25 gotas), 3 vezes ao dia; 
  • Crianças de 6 a 12 anos: 2 mL, 3 vezes ao dia;
  • Adultos e adolescentes maiores de 12 anos: 4 mL, 3 vezes ao dia.

Também se pode calcular a dose para uso oral sendo 0,5 mg de ambroxol por kg de peso corpóreo, 3 vezes ao dia. As gotas podem ser dissolvidas em água e pode ser ingerido com ou sem alimentos.

Para inalação:

  • Crianças abaixo de 6 anos: 1 a 2 inalações/dia, com 2 mL; 
  • Crianças acima de 6 anos e adultos: 1 a 2 inalações/dia com 2 mL a 3 mL. 

Também se pode calcular a dose para inalação sendo 0,6 mg de ambroxol por kg de peso corpóreo, de 1 a 2 vezes ao dia.

Xarope (15 mg/mL)

  • Crianças abaixo de 2 anos: 2,5 mL, 2 vezes ao dia;
  • Crianças de 2 a 5 anos: 2,5 mL, 3 vezes ao dia;
  • Crianças de 6 a 12 anos:5 mL, 3 vezes ao dia.

A dose do xarope pediátrico também pode ser calculada à razão de 0,5 mg por kg de peso corpóreo, 3 vezes ao dia. 

Contra-indicações

O ambroxol não deve ser usado em pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula e só deve ser administrado em crianças menores de 2 anos se for aconselhado pelo médico.

Possíveis efeitos colaterais

Embora seja geralmente bem tolerado, podem ocorrer alguns efeitos colaterais, como alteração do paladar, diminuição da sensibilidade da faringe e da boca e enjoo.

2. Acetilcisteína

A acetilcisteína para crianças está disponível em xarope pediátrico, em genérico ou com os nomes comerciais Fluimucil ou NAC.

Como usar

A dose a administrar depende da idade ou peso da criança:

Xarope (20 mg/mL)

  • Crianças de 2 a 4 anos: 5 mL, 2 a 3 vezes ao dia;
  • Crianças acima de 4 anos: 5 mL, 3 a 4 vezes ao dia.

Contra-indicações

A acetilcisteína não deve ser usada em pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula e em menores de 2 anos, a não ser que seja recomendado pelo médico.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com acetilcisteína são distúrbios gastrointestinais, tais como enjoo, vômitos ou diarreia.

Xaropes para tosse com catarro Infantil

3. Bromexina

A bromexina está disponível em gotas ou em xarope e pode ser encontrado em genérico ou com o nome comercial Bisolvon.

Como usar

A dose a administrar depende da idade ou peso e da forma farmacêutica que se pretende usar:

Xarope (4mg/ 5mL)

  • Crianças de 2 a 6 anos: 2,5 mL (2mg), 3 vezes ao dia; 
  • Crianças de 6 a 12 anos: 5 mL (4mg), 3 vezes ao dia;
  • Adultos e adolescentes acima de 12 anos: 10 mL (8mg), 3 vezes ao dia.

Gotas (2 mg/mL)

Para uso oral:

  • Crianças de 2 a 6 anos: 20 gotas (2,7 mg), 3 vezes ao dia; 
  • Crianças de 6 a 12 anos: 2 ml (4 mg), 3 vezes ao dia;
  • Adultos e adolescentes acima de 12 anos: 4 ml (8 mg), 3 vezes ao dia.

Para inalação:

  • Crianças de 2 a 6 anos: 10 gotas (aprox.1,3mg), 2 vezes ao dia;
  • Crianças de 6 a 12 anos: 1 ml (2mg), 2 vezes ao dia;
  • Adolescentes acima de 12 anos: 2 ml (4mg), 2 vezes ao dia;
  • Adultos: 4 ml (8 mg), 2 vezes ao dia.

Contra-indicações

Este medicamento não deve ser usado em pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula e em crianças com menos de 2 anos de idade.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais que podem ocorrer durante o tratamento são enjoo, vômitos e diarreia.

4. Carbocisteína

A carbocisteína é um remédio que pode ser encontrado em xarope, em genérico ou com o nome comercial Mucofan.

Como usar

Xarope (20 mg/mL)

  • Crianças entre 5 e 12 anos de idade: meio (5mL) a 1 copo-medida (10mL), 3 vezes ao dia. 

Contra-indicações

Este medicamento não deve ser utilizado em pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula e em crianças com menos de 5 anos de idade. 

Efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento são distúrbios gastrintestinais, como náuseas, diarreia e desconforto gástrico. 

Xaropes para tosse com catarro Infantil

5. Guaifenesina

A guaifenesina é um expectorante que está disponível em xarope, em genérico ou com o nome comercial Transpulmin mel xarope infantil.

Como usar

A dose a administrar depende da idade ou peso da criança:

Xarope (100 mg/ 15 mL)

  • Crianças de 6 a 12 anos: 15 mL (100 mg) a cada 4 horas;
  • Crianças de 2 a 6 anos: 7,5 ml (50 mg) a cada 4 horas.

O limite máximo diário de administração do medicamento para crianças de 6 a 12 anos é de 1200 mg/dia e para crianças de 2 a 6 anos é de 600 mg/dia.

Contra-indicações

Este medicamento não deve ser usado em pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, pessoas com porfiria e em crianças com idade inferior a 2 anos.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais que podem ocorrer durante o tratamento com guaifenesina são distúrbios gastrintestinais, como náuseas, diarreia e desconforto gástrico. 

6. Acebrofilina

A acebrofilina é um remédio que está disponível em xarope, em genérico ou com o nome comercial Brondilat.

Como usar

A dose a administrar depende da idade ou peso da criança:

Xarope (5mg/mL)

  • Crianças de 6 a 12 anos: 1 copo dosador (10mL) a cada 12 horas;
  • Crianças de 3 a 6 anos: meio copo dosador (5mL) a cada 12 horas;
  • Crianças de 2 a 3 anos: 2mg/kg de peso ao dia, dividido em duas administrações, a cada 12 horas.

Contra-indicações

A acebrofilina não deve ser usada por pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, pacientes com doenças hepáticas, renais ou cardiovasculares graves, úlcera péptica ativa e história pregressa de convulsões. Além disso, também não deve ser usada em crianças menores de 2 anos de idade. 

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais que podem ocorrer durante o tratamento são prisão de ventre, diarreia, salivação excessiva, boca seca, náusea, vômito, coceira generalizada e fadiga.

Conheça também alguns remédios naturais que podem ajudar a aliviar a tosse.


Bibliografia

  • BRAINFARMA INDÚSTRIA QUÍMICA E FARMACÊUTICA S.A.. CARBOCISTEÍNA. 2015. Link: <www.anvisa.gov.br>. Acesso em 30 Mai 2019
  • BOEHRINGER INGELHEIM DO BRASIL QUÍM. E FARM. LTDA.. MUCOSOLVAN (cloridrato de ambroxol). 2015. Link: <www.anvisa.gov.br>. Acesso em 30 Mai 2019
  • LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA.. Acetilcisteína. 2015. Link: <www.anvisa.gov.br>. Acesso em 30 Mai 2019
  • BOEHRINGER INGELHEIM DO BRASIL QUÍM. E FARM. LTDA. BISOLVON (cloridrato de bromexina). 2015. Link: <www.boehringer-ingelheim.com.br>. Acesso em 30 Mai 2019
  • ACHÉ LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS S.A.. Transpulmin Xarope Infantil. Link: <www.onofre.com.br>. Acesso em 30 Mai 2019
  • BRAINFARMA INDÚSTRIA QUÍMICA E FARMACÊUTICA S.A. . ACEBROFILINA . 2015. Link: <www.anvisa.gov.br>. Acesso em 30 Mai 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem