Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Vitaminas para grávidas

As vitaminas para grávidas são suplementos que as gestantes tomam para garantir a sua saúde e a do bebê durante a gravidez, prevenindo a anemia, reduzindo o risco de defeitos do tubo neural do bebê, prevenindo a perda óssea, ajudando na formação do DNA e no crescimento do feto.

Essas vitaminas devem ser tomadas de acordo com a orientação do médico obstetra ou do nutricionista, pois a quantidade depende de fatores como idade e presença de doenças como a anemia, e nem todas as mulheres precisam desse tipo de suplementação.

Vitaminas para grávidas

Suplementos vitamínicos mais recomendados para gestantes

Algumas gestantes podem apresentar deficiência em alguns nutrientes devido à dieta pobre nutricionalmente ou insuficiente para alimentação do bebê e manutenção do próprio organismo. Assim, as gestantes podem necessitar suplementos de:

  • Ferro, cálcio, zinco e cobre;
  • Vitaminas C, D, B6, B12 e ácido fólico, principalmente;
  • Ácidos graxos;
  • Ômega 3.

A suplementação de ácido fólico é a mais recomendada pelo médico ou nutricionista pelo fato dessa vitamina ser importante no desenvolvimento do bebê, prevenindo lesões no tubo neural e doenças congênitas. Assim, a nutricionista pode recomendar uma dieta rica em alimentos que contenham ácido fólico, como espinafre e feijão-preto, por exemplo, e, caso necessário, fazer a suplementação. Saiba como tomar o ácido fólico na gravidez.

O tipo e a quantidade de vitaminas e minerais a serem repostos depende dos resultados dos exames de sangue que as grávidas devem fazer durante a gestação, da idade, do número de bebês que espera, e da presença de doenças como diabetes e osteoporose. Alguns exemplos de suplementos para a gravidez são Natalben Supra., Centrum Prenatal, Natele e Materna.

Porquê tomar vitaminas sem orientação é perigoso?

Tomar vitaminas sem orientação do médico ou do nutricionista é perigoso porque o excesso de alguns nutrientes podem causar problemas para o bebê e para a mãe. O excesso de vitamina A, por exemplo, pode causar mal formações do feto, enquanto o excesso de vitamina C aumenta o risco de cálculos renais. Assim, é importante que a suplementação seja feita de acordo com a recomendação do médico ou do nutricionista de acordo com o resultado dos exames da mulher.

Veja quando o uso de suplementos de vitamina C e E é desaconselhado na gravidez.

A suplementação vitamínica engorda?

Os suplementos de vitamina para grávidas não engordam, servem para nutrir e complementar uma dieta saudável que deve ser seguida durante a gravidez. Nos casos em que há aumento de peso acima do desejado para o período gestacional, o médico poderá orientar a prática de exercícios físicos e uma dieta com menor concentração de gordura, mas mantendo a suplementação de nutrientes. Veja o que se deve comer durante a gravidez.

Vitaminas para grávidas

Vitaminas para grávida com anemia

No caso das mulheres grávidas com anemia, normalmente é indicado o uso de suplementos de ferro com o objetivo de aumentar a capacidade das hemácias em transportar o ferro. A queda do ferro pode ser observada em qualquer fase da gravidez, principalmente se a grávida já tiver propensão a ter anemia, e deve ser tratada para não correr riscos de partos prematuros, abortos ou diminuição do crescimento do bebê.

A anemia na gravidez é comum porque o organismo precisa produzir mais sangue, e por isso todas as grávidas devem ter o cuidado de consumir uma dieta rica em ferro durante toda a gravidez.

Reposição natural de vitaminas

Apesar dos suplementos de vitaminas serem mais utilizados durante a gestação, pois se trata de uma fonte rápida de vitaminas, é possível ter os mesmos resultados por meio da alimentação. Os sucos e vitaminas para grávidas podem ser feitos com frutas e legumes ricos em vitaminas A, C, E, ácido fólico e ferro. As vitaminas e sucos para grávidas podem incluir:

  • Frutas cítricas como laranja, abacaxi e acerola, pois são ricas em vitamina C, o que aumenta a absorção de ferro no intestino quando tomadas junto ao almoço e ao jantar;
  • Legumes amarelos e laranjas, como cenoura e abóbora, pois são ricos em vitamina A;
  • Legumes verde escuro como couve e agrião, pois são ricas em ácido fólico, que ajuda a combater a anemia e a desenvolver o sistema nervoso do feto;
  • Carnes e aves, que são fontes de ferro, importante contra a anemia.

É importante lembrar que alimentos ricos em cálcio, como leite e derivados, não devem ser tomados junto com o suplemento de ferro ou nas refeições principais, pois podem prejudicar a absorção total do ferro no intestino.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...