Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Vitamina K - funções e onde encontrar

A vitamina K desempenha funções no organismo como participar da coagulação sanguínea, evitando hemorragias, e fortalecer os ossos, pois aumentação a fixação do cálcio na massa óssea.

Essa vitamina está presente principalmente em vegetais verde escuros, como brócolis, couve e espinafre, alimentos que costumam ser evitados por pessoas que usam medicamentos anticoagulantes para evitar infarto ou AVC.

Vitamina K - funções e onde encontrar

Para que serve a Vitamina K

A vitamina k desempenha as seguintes funções no organismo:

  1. Ajudar na coagulação sanguínea, o que também favorece a cicatrização;
  2. Melhorar a densidade óssea, pois estimula uma maior fixação do cálcio nos ossos e nos dentes;
  3. Evitar hemorragias em bebês prematuros, pois ela facilita a coagulação do sangue e evita que esses bebês tenham complicações;
  4. Ajudar na saúde dos vasos sanguíneos, deixando-os com maior elasticidade e sem acúmulo de cálcio, o que pode causar problemas como aterosclerose.

É importante lembrar que para a vitamina K ajuda na massa óssea é preciso ter uma boa ingestão de cálcio na dieta, para que esse mineral esteja em quantidade suficiente para fortalecer ossos e dentes. Veja mais sobre as funções e onde encontrar o cálcio.

Tipos de Vitamina K

A vitamina K é dividade em 3 tipos: k1, k2 e k3. A vitamina k1 é a encontrada naturalmente dos alimentos e é a responsável por ativar a coagulação, enquanto a vitamina k2 é produzida pela flora bacteriana e auxilia na formação dos ossos e na saúde dos vasos sanguíneos.

Além dessas, existe também a chamada vitamina k3, que é produzida em laboratório e utilizada para fazer suplementos desta vitamina.

Vitamina K - funções e onde encontrar

Alimentos ricos em Vitamina K

Os principais alimentos ricos em vitamina K são os vegetais verdes, como brócolis, couve-flor, agrião, rúcula, repolho, alface e espinafre. Além disso, ela também pode ser encontrado em alimentos como nabo, azeite, abacate, ovo e fígado. Veja a quantidade de vitamina k nos alimentos.

Quantidade recomendada

A quantidade recomendada de ingestão diária de vitamina k varia de acordo com a idade, como mostrado a seguir:

  • 0 a 6 meses: 2 mcg
  • 7 a 12 meses: 2,5 mcg
  • 1 a 3 anos: 30 mcg
  • 4 a 8 anos: 55 mcg
  • 9 a 13 anos: 60 mcg
  • 14 a 18 anos: 75 mcg
  • Homens com 19 anos ou mais: 120 mcg
  • Mulheres com 19 anos ou mais: 90 mcg
  • Gestantes e Lactantes: 90 mcg

Em geral, essas recomendações são facilmente obtidas quando se tem uma alimentação variada e equilibrada, com um consumo diversificado de vegetais.

Sintomas da falta de Vitamina K

Vitamina K - funções e onde encontrar

A deficiência de vitamina k é uma alteração rara, visto que essa vitamina está presente em diversos alimentos e também é produzida pela flora intestinal, que deve saudável para uma boa produção. O principal sintoma da falta da vitamina K é o sangramento difícil de estancar que pode ocorrer na pele, através do nariz, por uma pequena ferida ou no estômago. Além disso, também pode ocorrer enfraquecimento dos ossos.

Pessoas que fizeram cirurgia bariátrica ou que tomam medicamentos para reduzir a absorção de gordura no intestino têm uma maior chance de ter deficiência em vitamina K.

Quando usar suplementos de Vitamina K

Os suplementos de vitamina K só devem ser usados sob orientação do médico ou do nutricionista e apenas quando existir uma deficiência dessa vitamina no sangue, que pode ser identificada através de exames de sangue.

Em geral, os grupos de risco são bebês prematuros, pessoas que passaram por cirurgia bariátrica e pessoas que usam medicamentos para reduzir a absorção de gordura no intestino, pois a vitamina K é dissolvida e absorvida juntamente com a gordura dos alimentos.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...