Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tudo sobre silicone no bumbum

Colocar silicone no bumbum é uma ótima forma de aumentar o seu tamanho e melhorar a sua forma deixando o contorno corporal mais belo. A cirurgia para a colocação do silicone no bumbum é feita com anestesia peridural, o tempo de internamento varia entre 1 ou 2 dias e os resultados podem ser vistos logo após a cirurgia.

Cuidados com o silicone no bumbum

Antes de colocar o silicone no bumbum é necessário realizar exames para verificar a saúde do indivíduo e certificar-se que este está dentro do seu peso ideal.

Após a cirurgia, deve-se ficar de barriga para baixo aproximadamente 20 dias, e dependendo do trabalho do indivíduo ele poderá voltar às suas atividades habituais em 1 semana, mas evitando esforços. A atividade física pode ser reiniciada após 4 meses da cirurgia, de forma lenta e gradual.

Tudo sobre silicone no bumbum

Como é feita a cirurgia de silicone no bumbum

A cirurgia é feita sob anestesia peridural e sedação, e demora entre 1h30 a 2 horas e é feita com uma incisão entre o sacro e o cóccix (parte de cima do bumbum) ou na prega glútea. O cirurgião deverá introduzir a prótese através de uma abertura entre 5 e 7 cm moldando-a conforme a necessidade.

Em geral, a seguir, fecha-se o corte com pontos internos e usa-se uma coloca especial para cirurgia plástica para que não fique nenhuma cicatriz.

O médico deverá colocar a cinta modeladora logo após a cirurgia e esta deve permanecer em uso por aproximadamente 1 mês, devendo ser retirada somente para que o indivíduo faça suas necessidades fisiológicas e para o banho.

O indivíduo deverá tomar analgésicos por aproximadamente 1 mês para diminuir as dores. E cerca de 1 vez por semana deverá realizar 1 sessão de drenagem linfática manual para eliminar o inchaço e as toxinas.

Quem pode colocar o silicone no bumbum

Praticamente todas os indivíduos saudáveis e próximos do peso ideal podem colocar o silicone no bumbum, desde que o objetivo seja aumentar, empinar ou melhorar o seu formato.

Não devem colocar o silicone no bumbum os indivíduos obesos ou que se encontram doentes pelo risco de não alcançar o resultado desejado. Assim como os que possuem o bumbum muito flácido e caído, neste caso o Lifting de glúteo é o mais indicado.

Riscos do silicone no bumbum

Como em toda cirurgia, a colocação de silicone no bumbum também apresenta riscos. Hematoma, hemorragia, traumatismo, contratura capsular da prótese e infecção são alguns destes riscos.

Realizar a cirurgia num hospital e com uma equipe bem capacitada diminui estes riscos e garante bons resultados.

Quem tem prótese de silicone pode viajar de avião e fazer mergulho em grandes profundidades, sem o risco de rompimento da prótese.

Resultados da cirurgia de silicone no bumbum

Os resultados da cirurgia para a colocação da prótese de silicone no bumbum são vistos imediatamente após a cirurgia. Mas como a área deverá estar muito inchada, somente após 15 dias, quando o inchaço diminuir consideravelmente é que o indivíduo poderá  observar melhores resultados.

O resultado final deverá ser visto entre 2 e meses após a colocação da prótese.

Além das próteses de silicone, existem outras opções cirúrgicas para aumentar o bumbum, como é o caso da Lipoenxertia, uma técnica que usa a gordura do próprio corpo para preencher, definir e dar volume ao bumbum. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...