3 formas para diminuir os seios sem cirurgia

outubro 2021

Usar um sutiã que diminui o volume do peito, manter o peso sob controle e fazer exercícios de musculação para levantar os seios são algumas dicas simples que podem ser feitas em casa e que ajudam a diminuir o aspecto dos seios, além de os deixar mais firmes, sem precisar de cirurgia.

Estas dicas funcionam especialmente para quem tem um volume de peito um pouco acima do que desejaria. Já nos casos em que os peitos apresentam um volume muito grande, o ideal poderá ser optar pela cirurgia de redução, que deverá ser avaliada e indicada por um cirurgião plástico.

Ter seios grandes pode trazer problemas para a saúde como dor nas costas, alterações no pescoço ou problemas de coluna, além de provocar muitas vezes mal estar psicológico e baixa autoestima.

1. Usar cremes para dar firmeza

Massagear os seios usando cremes hidratantes à base de princípios ativos que causam tensão, como tensine ou DMAE, favorece a sustentação dos seios e ajuda a estimular a produção de colágeno. Alguns exemplos de bons cremes para utilizar podem ser Skin Plus Fluido Tenson, da Dermatus ou Aquatic Day, por exemplo.

2. Usar um sutiã redutor ou esportivo

Usar um sutiã redutor ou esportivo ajuda a dar a aparência de reduzir o tamanho do seio, ao mesmo tempo que ajuda a sustentar melhor a mama, dando mais conforto e evitando possíveis complicações relacionadas com o peso dos seios, como dores nas costas ou problemas de coluna, por exemplo. Além disso, este tipo de sutiã também achata o peito, reduz o volume e movimentos da mama, ajudando assim a manter os seios no lugar.

A maioria das mulheres com o peito grande não usam o modelo e tamanho de sutiã adequado e o uso do sutiã errado leva a uma má postura das costas e pressão nos ombros, podendo mesmo fazer com que o seio pareça maior, flácido e caído. Assim é importante seguir as seguintes dicas na hora de comprar um sutiã:

  • Tamanho de copa deve ser adequado, pois uma copa pequena cria o efeito de peito duplo, enquanto uma copa grande não sustenta adequadamente o peito;
  • O aro do sutiã deve sempre estar logo a baixo do peito, devendo estar bem situado entre o seio e as costelas para que sustente sem magoar;
  • As alças devem ser largas para que possam sustentar bem o peito sem magoar ou causar pressão em excesso.

Durante a gravidez, é também muito importante que o sutiã acompanhe as mudanças do corpo, principalmente o crescimento gradual e natural dos seios, sendo por isso recomendado que se façam atualizações no tamanho do seu sutiã entre os 2 e 3 meses de gravidez, depois entre os 5 e os 6 meses e por fim entre os 8 e os 9 meses, onde já será necessário escolher sutiãs de amamentação.

3. Manter o peso sob controle e fazer exercícios

Manter o peso sob controle é outro ponto fundamental, pois quando há aumento do peso há também o aumento do tamanho dos seios.

Além disso, praticar musculação e outros exercícios que requerem a utilização de barras e pesos também ajuda a levantar e a tornar os seios mais firmes. Alguns desses exercícios podem ser:

  • Supino: este exercício pode ser feitos em máquinas ou usando barras e pesos. Para isso, basta deitar de barriga para cima e empurrar a barra em direção ao teto, para trabalhar s músculos responsáveis por sustentar o seio;
  • Aberturas laterais e Voos: estes exercícios podem ser feitos em maquinas ou com barras e pesos, e no seu geral consistem em abrir e fechar os braços, fortalecendo assim a região do trapézio e peitoral;
  • Saltar à corda: este é um exercício muito completo, que além de ajudar a queimar gordura, ajuda também a fortalecer o peitoral e trabalha a postura.

Para não prejudicar a postura e as costas, deve-se apenas realizar estes exercícios depois de falar com o instrutor ou personal trainer, para que ele possa indicar os melhores exercícios para cada caso.

Quando é necessário fazer cirurgia de redução

A cirurgia para diminuir o tamanho e o volume das mamas, chamada de mamoplastia redutora, geralmente é aconselhada para mulheres que apresentam dor constante nas costas e no pescoço, ou que apresentem o tronco curvado ou outras alterações, devido ao volume e peso dos seios.

Saiba mais sobre como é feita a redução de mama com cirurgia.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em outubro de 2021.
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.