Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como aumentar o bumbum rápido

Para aumentar os glúteos rapidamente pode-se praticar exercícios como agachamentos, recorrer à tratamentos estéticos para combater a celulite e a gordura localizada no final das costas, e em último caso, recorrer à lipoenxertia ou implante de silicone.

Os exercícios podem ser realizados em casa ou na academia de ginástica, no entanto, resultados mais rápidos são alcançados na academia porque os aparelhos de musculação promovem a contração muscular mais eficiente porque respeita o ângulo correto do movimento e tem o peso e a resistência, que favorecem o ganho muscular.

Os tratamentos estéticos complementam os exercícios, porque melhoram a aparência e o formato dos glúteos, deixando uma aparência mais atraente. Boas opções são a lipocavitação para remover a gordura localizada, a radiofrequência, para remover a celulite e conferir mais firmeza à pele, e a endermologia, que também elimina a gordura e a celulite ao mesmo tempo.

Para quem não tem tempo a perder, uma rápida maneira de aumentar o bumbum é fazer uma cirurgia plástica, colocando silicone nos glúteos, por exemplo.

Como aumentar o bumbum rápido

Opções para aumentar os glúteos

As melhores opções são:

1. Exercícios

Os exercícios indicados incluem os que trabalham principalmente os músculos glúteo máximo e glúteo médio, como a cadeira flexora e extensora, na musculação. O treinador da academia pode recomendar que se faça uma série com cerca de 6-10 exercícios que trabalham os músculos do bumbum, com mais peso e menos repetições, o que favorece o aumento muscular.

Estes exercícios podem ser realizados semanalmente, ou no máximo 2 vezes por semana, porque é preciso um tempo de descanso muscular para o músculo possa crescer e aumentar de tamanho. Não é recomendado realizar os exercícios diariamente porque isso dificulta o crescimento muscular, e pode ter o efeito contrário.

Outros exercícios que também contribuem para tornar o bumbum mais firme e maior são patinação, corrida e andar de bicicleta, que podem ser indicados para os momentos de lazer.

Comer mais proteínas no pós-treino também é recomendado, assim como evitar os alimentos ricos em açúcar e gordura. A proteína pode ser de fonte animal ou vegetal, e nos casos dos vegetarianos pode-se complementar o plano com um suplemento vegan para ter mais resultados.

Confira: 6 exercícios de agachamento para glúteos que tem ótimos resultados

O resultado é definitivo? Não exatamente, porque ao deixar de treinar os músculos regridem de tamanho, voltando ao original. Mas com a prática regular de atividade física e a intensificação de exercícios para os glúteos, estes podem se manter no tamanho espero ou aumentar de tamanho.

2. Tratamentos com aparelhos estéticos

Os tratamentos estéticos podem ajudar a aumentar o volume, como é o caso do FES e da corrente russa que são aparelhos de eletroestimulação que recrutam um maior número de fibras musculares durante seu uso. Estes equipamentos podem ser encontrado em clínicas de estética, não dói e tem muitos bons resultados.

Outros equipamentos que também são indicados para melhorar a aparência dos glúteos são a lipocavitação, que elimina a gordura localizada, e a radiofrequência, que combate a flacidez. Estes equipamentos podem ser realizados semanalmente ou a cada 15 dias, e logo depois do seu uso é aconselhado realizar uma sessão de drenagem linfática manual para potencializar seus efeitos.

O terapeuta poderá observar o seu bumbum e traçar um plano de ação. Os resultados normalmente podem ser vistos após 3-6 sessões de tratamento, e como a celulite é multifatorial a alimentação adequada, com pouco açúcar e gordura, e a ingestão de bastante água e chá verde também é indicado, assim como a prática regular de atividade física, ou a intensificação da atividade física.

O resultado é definitivo? Não exatamente. Para que os resultados se mantenham a pessoa não deve engordar ou parar de praticar atividade física. Caso isso aconteça todo resultado alcançado com os aparelhos estéticos será perdido.

3. Lipoenxertia no bumbum

A cirurgia plástica no bumbum pode ser feita com um enxerto de gordura, retirado da barriga ou dos flancos. Isso é mais agradável para o organismo que o implante de silicone, mas parte da gordura pode ser reabsorvida e eliminada desta região.

Para realizar a lipoenxertia o cirurgião plástico realiza uma lipoaspiração, removendo a gordura localizada de outra região do corpo, esta gordura é tratada numa máquina e depois está pronta para ser enxertada nos glúteos. O cirurgião experiente molda o formato dos glúteos que a pessoa deseja, melhorando o contorno corporal.

A recuperação demora alguns dias, sendo necessário ficar de repouso, evitar esforços e realizar sessões de drenagem linfática para remover o excesso de líquidos e facilitar a recuperação.

O resultado é definitivo? Sim. Apesar de depois de alguns meses haver uma pequena diminuição dos glúteos após a lipoenxertia, os resultados se mantém muito próximo do que se pretende.

Saiba tudo sobre a Lipoenxertia aqui

4. Prótese de silicone no bumbum

A colocação de uma prótese de silicone nos glúteos também é uma opção rápida de aumento das nádegas, e o resultado pode ser visto em aproximadamente 1 mês, após a recuperação da cirurgia e diminuição do inchaço local. Como em qualquer outra cirurgia esta também pode ter riscos para saúde, por isso existem contraindicações que devem ser respeitadas.

Para realizar esse tipo de cirurgia estética, o médico pode realizar duas pequenas incisões na região mais próxima do final da coluna e inserir as próteses, previamente escolhidas, observando imediatamente a nova aparência dos glúteos. Depois disso fecha-se a incisão e se estiver tudo controlado, a pessoa pode ir para o quarto no próprio dia. O tempo de internamento é de aproximadamente 2 dias mas a recuperação total se dá após 6 meses, quando já não deve haver alterações nos glúteos.

O resultado é definitivo? Sim. A prótese de silicone tem o resultado mais definitivo, porque a prótese não muda de tamanho e não está relacionada a fatores externos, no entanto, este tipo de tratamento requer um investimento financeiro maior.

Saiba tudo sobre a cirurgia de silicone nos glúteos

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem