Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

12 dúvidas mais comuns sobre o dreno cirúrgico

O dreno é um pequeno tubo fino que é inserido na pele após uma cirurgia para ajudar a retirar o excesso de líquidos, como sangue e pus, que se podem acumular no local operado. Na maioria dos casos, o dreno é inserido abaixo da cicatriz da cirurgia e, é fixado com pontos ou grampos, e pode ser mantido por cerca de 1 a 4 semanas.

Dessa forma, o dreno pode ficar colocado em várias regiões do corpo e, por isso, existem diferentes tipos de drenos, como o dreno Penrose, Blake, Portovac, Redivac ou Jackson-Pratt por exemplo, que podem ser de borracha, plástico ou silicone. Embora existam vários tipos de dreno, os cuidados normalmente são semelhantes.

12 dúvidas mais comuns sobre o dreno cirúrgico

Embora seja frequente em muitas cirurgias, o dreno não é colocado em todos os tipo de cirurgia, sendo usado apenas quando há grandes chances de sair líquidos como acontece em cirurgias abdominais, como cirurgia bariátrica, no pulmão ou na mama, por exemplo.

1. Como devo cuidar do dreno?

Para manter o dreno funcionando corretamente não se pode quebrar o tubinho ou fazer movimentos bruscos porque pode-se arrancar o dreno e causar um ferimento na pele, por isso, é importante manter-se calmo e repousar, tal como indicado pelo médico.

Além disso, deve-se registrar a cor e a quantidade de líquido eliminada e dizer ao médico para ele avaliar a cicatrização.

2. Como saber se o dreno está funcionando?

Se o dreno estiver funcionando corretamente, a quantidade de líquido que sai deve diminuir com o passar dos dias e a pele próxima ao curativo deve se manter limpa e sem vermelhidão ou inchaço. Além disso, o dreno não deve causar dor, apenas um pequeno desconforto no local que está inserido na pele.

3. Quantos dias tenho que ficar com o dreno?

Normalmente o dreno é retirado quando parar de sair secreção e caso a cicatriz não apresente sinais de infecção como vermelhidão e inchaço. Assim, o tempo de permanência com o dreno varia com o tipo de cirurgia, podendo variar entre dias ou semanas.

4. Posso tomar banho com o dreno?

Na maioria dos casos é possível tomar banho com o dreno, porém não se deve molhar o curativo da ferida, porque aumenta o risco de infecção.

Assim, caso o dreno esteja no tórax ou abdômen, por exemplo, pode-se tomar banho da cintura para baixo e depois passar uma esponja na região de cima para limpar a pele.

5. Preciso trocar o curativo ou o dreno em casa?

O curativo e o dreno não devem ser trocados em casa, devendo ser substituído no hospital ou no posto de saúde por um enfermeiro. Assim, se o curativo estiverr molhado ou se o recipiente do dreno estiver cheio, deve-se ligar para o médico ou enfermeiro para saber o que fazer.

Trocar deposito no hospitalTrocar deposito no hospital

6. O gelo alivia a dor no dreno?

No caso de sentir dor no local do dreno, não se deve colocar gelo, pois a presença do dreno não provoca dor, apenas desconforto.

Assim, no caso de sentir dor, é necessário informar rapidamente o médico porque o dreno poderá estar desviado do local correto ou estar desenvolvendo uma infecção e, o gelo não vai tratar o problema, apenas vai diminuir o inchaço e aliviar a dor por alguns minutos e ao molhar o curativo o risco de infecção é maior.

7. Preciso tomar algum remédio por causa do dreno?

O médico pode recomendar a toma de um antibiótico, como Amoxicilina ou Azitromicina, para evitar o desenvolvimento de uma infecção, devendo ser tomado, na maioria dos casos, 2 vezes ao dia.

Além disso, para diminuir o desconforto, pode também receitar um analgésico, como o Paracetamol, a cada 8 horas.

8. Que complicações podem surgir?

Os principais riscos do dreno são infecções, sangramentos ou perfuração de órgãos, porém essas complicações são muito raras.

9. Tirar o dreno dói?

Normalmente, tirar o dreno não dói e, por isso, não é preciso anestesia, no entanto em alguns casos, como no dreno torácico, pode-se aplicar anestesia local para diminuir o desconforto.

A remoção do dreno pode causar desconforto por alguns segundos, que é o tempo que demora para o remover. Para aliviar essa sensação é recomendado respirar fundo no momento em que o enfermeiro ou médico está tirando o dreno.

10. É preciso levar pontos depois de tirar o dreno?

Normalmente não é necessário levar pontos, porque o buraquinho onde o dreno foi inserido na pele fecha sozinho, sendo apenas necessário colocar um pequeno curativo até fechar totalmente.

11. O que posso fazer se o dreno sair sozinho?

No caso do dreno sair sozinho é recomendado cobrir o orifício com um curativo e ir rapidamente ao pronto socorro ou hospital. Nunca se deve voltar colocar o dreno que saiu, pois pode perfurar algum órgão.

12. O dreno pode deixar cicatriz?

Em alguns casos é possível que surja uma pequena cicatriz no local onde o dreno foi inserido.

Pequena cicatrizPequena cicatriz

Quando é recomendado ir no médico?

É necessário voltar ao médico sempre que for necessário trocar o curativo ou para tirar os pontos ou grampos. Porém, também se deve ir no médico se houver:

  • Vermelhidão, inchaço ou pus em torno da inserção do dreno na pele;
  • Dor intensa no local do dreno;
  • Cheiro forte e desagradável no curativo;
  • Curativo molhado;
  • Aumento na quantidade de líquido drenado ao longo dos dias;
  • Febre acima de 38º C.

Estes sinais indicam que o dreno não está a funcionar corretamente ou que pode haver uma infecção, sendo muito importante identificar o problema para fazer o tratamento adequado. Veja outras estratégias para se recuperar mais rapidamente da cirurgia.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...