Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de Flebite e como é feito o tratamento

A flebite, ou tromboflebite, é a formação de um coágulo sanguíneo no interior de uma veia, impedindo o fluxo de sangue, o que provoca inchaço, vermelhidão e dor no local afetado. Esta situação é considerada uma urgência médica pois pode trazer complicações como trombose venosa profunda ou embolia pulmonar, por exemplo.

O coágulo sanguíneo normalmente se forma nas pernas, sendo muito rara sua formação em outras áreas do corpo como braços ou pescoço. Na maioria das vezes, a tromboflebite acontece quando a pessoa passa muito tempo sentada, na mesma posição, como pode acontecer durante uma longa viagem, sendo mais comum em pessoas que sofrem com má circulação sanguínea. Para entender o que é as causas da flebite, confira tromboflebite superficial e profunda

A tromboflebite tem cura, e o seu tratamento é orientado pelo médico de acordo com a gravidade de cada situação, podendo ser indicado repouso, uso de meias elásticas, realização de compressas e medicamentos anti-inflamatórios ou, se necessário, medicamentos anticoagulantes, como Heparina ou Varfarina, por exemplo.

Sintomas de Flebite e como é feito o tratamento

Quais são os sintomas

A tromboflebite pode acontecer em uma veia superficial ou em uma veia profunda, o que pode influenciar no tipo e intensidade dos sintomas. 

São sintomas de tromboflebite superficial:

  • Inchaço e vermelhidão na veia e pele afetadas, que causa muita dor à palpação.

Ao identificar esta situação é recomendado ir ao hospital para que o médico solicite a realização uma ultrassonografia com Doppler, para verificar a extensão da doença e então indicar o tratamento.

Flebite superficialFlebite superficial
Flebite profundaFlebite profunda

São sintomas da tromboflebite profunda:

  • Veia sobressaltada;
  • Inchaço do membro afetado, geralmente pernas;
  • Dor no local afetado;
  • Pode haver vermelhidão e calor no membro comprometido.

Esta situação é considerada uma urgência, e ao identificar esta situação é recomendado ir ao hospital para início do tratamento o mais breve possível, pois há o risco deste coágulo sanguíneo deslocar-se provocando situações como a trombose venosa profunda ou embolia pulmonar. Entenda, em mais detalhes, o que é trombose venosa profunda e como identificar.

Como é feito o Tratamento

Este pode ser feito com a tomada de anticoagulantes, realização de massagens com pedrinhas de gelo na região, elevação da perna com apoio de travesseiro e uso de meias de compressão elástica como as meias Kendall, por exemplo.

O tratamento deve ser sempre orientado pelo médico, e também é influenciado pela gravidade dos sintomas e o local onde aconteceu a formação do coágulo. Algumas das opções de tratamento que podem ser indicadas incluem:

Tromboflebite superficial:

  • Repouso com as pernas elevadas com auxílio de um travesseiro e movimentos oscilatórios dos pés como mostram as imagens. Isto favorece o retorno venoso pela drenagem gravitacional;
Sintomas de Flebite e como é feito o tratamento
Sintomas de Flebite e como é feito o tratamento
  • Uso de meias de compressão elástica pelo mesmo motivo citado anteriormente;
  • Aplicação de gaze molhada em óxido de zinco para alívio dos sintomas pois atua como anti-inflamatório local;
  • Massagem com pomadas anti-inflamatórias do local afetado, como diclofenaco gel;

O uso de medicamento anticoagulantes, para ajudar a desfazer o coágulo, também pode ser indicado, em casos de coágulos grandes ou que causem sintomas intensos. Além disso, uma cirurgia para ligadura da área afetada e retirada de coágulos presentes pode ser necessária.

Tratamento para tromboflebite profunda:

Para o tratamento da tromboflebite profunda, também chamada de trombose venosa profunda, o médico poderá indicar o uso de anticoagulantes como a Heparina, Varfarina ou Rivaroxaban, por exemplo, que diminuem a formação de trombos, evitando complicações cardíacas ou pulmonares. 

Após início do tratamento no hospital, onde é feito os exames iniciais e determinada a dose dos medicamentos, o tratamento poderá ser continuado na própria casa do paciente, que pode ter uma duração de 3 a 6 meses, dependendo da gravidade apresentada.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...