O que você precisa saber?

7 formas de Tratar a Fascite Plantar

O tratamento para a fascite plantar consiste no uso de compressas de gelo para alívio da dor, durante 20 minutos, de 2 a 3 vezes por dia. Analgésicos podem ser usados para controlar a dor e realizar algumas sessões de fisioterapia onde podem ser usados aparelhos e técnicas específicas.

Aplicar diariamente uma pomada anti-inflamatória, fazer uma massagem e alguns alongamentos são pontos importantes do dia a dia para ajudar na recuperação da lesão mas também é importante evitar ficar muito tempo de pé e usar sapatos confortáveis e maleáveis.

O tratamento para fascite plantar pode ser feito com:

1. Gelo

Você pode aplicar gelo enrolado num papel de cozinha e deixar atuar durante 15 minutos, duas vezes ao dia. O frio é bom para aliviar a dor e combater a inflamação mas uma outra forma de aproveitar uas propriedades é colocar o pé numa bacia com água fria e pedrinhas de gelo.

2. Massagem

A massagem nos pés e na barriga da perna também ajuda no tratamento trazendo alívio dos sintomas e é uma forma fácil de se sentir melhor podendo ser realizada em casa e por vezes no trabalho. Use sempre creme hidratante ou óleo para deslizar melhor as mãos sobre os pés para que a massagem seja mais agradável e eficiente.

Confira uma outra técnica que pode ajudar a aliviar a dor nos pés nesse vídeo:

3. Remédios

O médico pode recomendar o uso de pomadas para aplicar na região dolorida mas os comprimidos também podem ser usados embora possam causar dor de estômago e por isso não devem ser usados por mais de 5 dias consecutivos.

4. Fisioterapia

Na fisioterapia existem aparelhos como ultrassom, laser e iontoforese que podem ser usados em conjunto para desinflamar a fáscia mas devem ser realizados quando prescritos pelo fisioterapeuta e por vezes pode-se optar por outros recursos.

5. Alongamentos

Os exercícios de alongamento que você pode fazer em casa todos os dias são muito úteis para aliviar o desconforto e é uma técnica simples e fácil de fazer várias vezes ao dia. Para alongar a fáscia você pode segurar na ponta dos pés, puxando-os para cima até onde a dor for suportável mantenha esse alongamento por 30 segundos de cada vez, repetindo 3 vezes.

6. Splint para dormir

Uma outra estratégia que pode ser interessante é usar um splint no pé para dormir. Esse splint irá promover o alongamento da fáscia durante toda a noite, promovendo sua flexibilidade.

7. Exercícios para fortalecer os músculos dos pés

Como um dos fatores do desenvolvimento da fascite plantar é a fraqueza dos músculos intrínsecos do pé, os exercícios que são específicos para fortalece-los é essencial para a recuperação após o alívio da dor. Uma boa posição é ficar sentado com os pés unidos, colando as solas dos dois pés e mantendo essa posição por aproximadamente 5 minutos, contados no relógio.

Para evitar que a fascite volte a aparecer é aconselhado eliminar alguns fatores que favorecem o seu aparecimento.

As causas mais comuns da fascite plantar são a obesidade, uso de sapatos muito duros e esforço de repetição. Além de realizar o tratamento para a dor no pés, é necessário retirar o que está causando a doença, para que ela não volte com o passar do tempo.

Os obesos devem adotar uma dieta, para diminuir o peso sob os pés, e todos os pacientes devem comprar sapatos confortáveis, de preferência ortopédicos. Uma boa dica para comprar sapatos é ir à loja no final do dia, depois do trabalho, pois neste momento os pés estarão mais inchados, e se o sapato ficar confortável mesmo assim, ele está aprovado.

Quando voltar às atividades

Após o alívio da dor ainda é importante manter o tratamento até a cura da lesão, assim é recomendado evitar usar salto alto durante todo o tratamento, preferindo tênis macio. Quem pratica corrida não precisa abandonar completamente os treinos, somente as competições para não piorar a dor. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...