Tratamento para infecção por Escherichia coli (E. coli)

Atualizado em agosto 2023

O tratamento para a infecção por Escherichia coli tem como objetivo promover a eliminação da bactéria, podendo ser recomendado pelo médico o uso de antibióticos de acordo com o perfil de sensibilidade da bactéria. Além disso, de acordo com o tipo de infecção e sintomas apresentados, pode ser também recomendado repouso, ingestão de bastante líquidos e soro caseiro, no caso de diarreia causada por E. coli.

A infecção por E. coli pode atingir o sistema gastrointestinal ou urinário, causando sintomas específicos como dor abdominal e diarreia, no caso de infecção intestinal, e dor e ardor para urinar, no caso de infecção urinária. Saiba identificar os sintomas de infecção por E. coli.

É importante que o tratamento para a infecção por E. coli seja iniciado assim que forem identificados os primeiros sintomas e o diagnóstico for confirmado, pois assim é possível combater a bactéria e evitar a progressão dos sintomas. 

Imagem ilustrativa número 1

Como é feito o tratamento

O tratamento para a infecção por Escherichia coli deve ser orientado pelo gastroenterologista, urologista ou clínico geral após avaliação dos sinais e sintomas apresentados pela pessoa e gravidade da doença.

1. Antibióticos para E. coli

O antibiótico indicado pelo médico pode variar de acordo com o perfil de sensibilidade da bactéria e tipo de infecção, podendo ser recomendado:

  • Nitrofurantoína;
  • Cefalosporina;
  • Levofloxacino;
  • Ampicilina;
  • Cefalotina;
  • Ciprofloxacino;
  • Gentamicina.

O antibiótico deve ser tomado de 8 a 10 dias, dependendo da orientação do médico, e é normal haver melhora dos sintomas em aproximadamente 3 dias, mas deve-se continuar tomando o medicamento mesmo que os sintomas tenham desaparecido para garantir a eliminação da bactéria.

Nem todos os casos de infecção por E. coli necessitam de tratamento com antibiótico, uma vez que a microbiota consegue ser reposta naturalmente. No entanto, é importante que o médico seja consultado para que sejam dadas as devidas orientações sobre a condição.

Receba um tratamento mais completo!

Obtenha orientação especializada sobre o que tomar para se recuperar mais rápido.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

2. Medicamentos para aliviar os sintomas

Devido aos sintomas provocados pela infecção por E. coli, além do antibiótico, o médico pode indicar o uso de medicamentos que ajudem a aliviar os sintomas da infecção e acelerar a recuperação, podendo ser indicado o uso de Paracetamol ou Ibuprofeno, por exemplo.

Em caso de infecção intestinal, não é indicado o uso de medicamentos que prendam o intestino, já que isso pode fazer com que a bactéria permaneça no sistema gastrointestinal, aumentando a gravidade da doença.

3. Tratamento natural

O tratamento natural para infecção por Escherichia coli pode ser feito como forma de complementar o tratamento indicado pelo médico e promover melhora dos sintomas e surgimento de complicações.

No caso da infecção urinária por E. coli, uma opção de tratamento natural é o consumo diário de suco de arando, pois esta fruta possui propriedades que dificultam a aderência da bactéria ao trato urinário, favorecendo a ação do antibiótico e facilitando a eliminação da bactéria na urina. Confira outras opções de remédios caseiros para infecção urinária.

No caso da infecção intestinal por E. coli, é importante que a pessoa fique em repouso, tenha uma alimentação leve e de fácil digestão e beba bastantes líquidos durante o dia, pois dessa forma é possível aliviar a diarreia que é comum nessa infecção e evitar a desidratação. Além disso, para repor os minerais perdidos devido à diarreia, pode ser recomendado o uso de soro caseiro.

Confira no vídeo a seguir como preparar o soro caseiro:

youtube image - COMO FAZER SORO CASEIRO