Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é dengue e quanto tempo dura

A dengue é uma doença infecciosa causada pelo vírus da dengue (DENV 1, 2, 3, 4 ou 5). No Brasil existem os 4 primeiros tipos, que são transmitidos pela picada do mosquito fêmea do Aedes aegypti, especialmente no verão e nos períodos de chuva. 

Os sintomas da dengue incluem febre, cansaço, dor de cabeça, dor no fundo dos olhos e não há tratamento específico, sendo recomendado o repouso, analgésicos, anti-térmicos como dipirona, e hidratação. No entanto, algumas pessoas podem desenvolver uma forma grave da doença, chamada dengue grave, caracterizada por extravasamento vascular, hemorragia grave e falência de órgãos, sendo potencialmente fatal. 

O diagnóstico da gravidade da dengue é feito pelo médico através de exames como a prova do laço e exame de sangue para contagem das plaquetas e dos glóbulos vermelhos, que são exames que só são solicitados quando existe suspeita de complicações da dengue. 

O que é dengue e quanto tempo dura

Tempo de duração da dengue

1. Dengue clássica 

Os sintomas da dengue clássica duram em média 7 dias, dependendo do estado de saúde do paciente antes de adoecer. Em geral, adultos saudáveis costumam se recuperar da doença em apenas 2 ou 3 dias, pois o organismo está mais preparado para combater o vírus.

No entanto, crianças, mulheres grávidas, idosos ou pessoas com o sistema imunológico alterado, como nos casos de AIDS e tratamento para câncer, os sintomas da dengue podem demorar até 12 dias para serem solucionados, sendo importante fazer repouso e uma alimentação adequada para acelerar o processo de cura. Veja como deve ser a alimentação para se recuperar mais rápido.

2. Dengue hemorrágica

Os sintomas da dengue hemorrágica duram, em média, de 7 a 10 dias e os sinais de choque podem iniciar de 3 a 5 dias após o início destes sintomas, sendo a fase mais grave deste tipo da doença.

Os sintomas iniciais de dengue hemorrágica são muito parecidos com os da versão clássica da doença, porém, com uma gravidade maior, pois causam alterações na coagulação sanguínea. É comum ocorrer sangramento nasal, gengival, do sistema urinário, gastrointestinal e útero, que são reflexo do sangramento de pequenos vasos na pele e órgãos internos.

Nos casos mais graves, a dengue pode provocar complicações como desidratação grave, problemas no fígado, neurológicos, cardíacos ou respiratórios. Conheça todas as complicações e sequelas que podem surgir.

Assim, é muito importante estar atento aos sintomas, pois na dengue hemorrágica o quadro clínico se agrava rapidamente, podendo levar ao choque e morte em até 24 horas. Portanto, deve-se procurar assistência com urgência, para que o tratamento adequado seja feito o mais rapidamente possível.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem