Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é Traqueobronquite e como Tratar

A traqueobronquite é uma inflamação na traqueia e nos brônquios que gera sintomas como tosse rouquidão e dificuldade para respirar devido ao excesso de muco, que faz com que os brônquios fiquem mais estreitos, dificultando o funcionamento do sistema respiratório.

Geralmente, a traqueobronquite surge após uma infecção nas vias respiratórias, como gripe, rinite ou sinusite, mas também pode ser causada por uma reação alérgica a pêlo de animais ou fumaça de cigarro, por exemplo, sendo, nestes casos, semelhante à asma.

A traqueobronquite tem cura e, normalmente, o tratamento é feito durante 15 dias com remédios broncodilatadores e antibióticos que ajudam a diminuir os sintomas.

Anatomia do pulmão
Anatomia do pulmão
Inflamação dos brônquios
Inflamação dos brônquios

Sintomas da traqueobronquite

Os principais sintomas da traqueobronquite incluem:

  • Tosse seca ou com secreções;
  • Dificuldade para respirar;
  • Chiado constante ao respirar;
  • Febre cima de 38º C;
  • Dor no peito.

Quando surgem estes sintomas é recomendado ir ao pronto-socorro ou consultar um pneumologista para diagnosticar o problema e iniciar o tratamento adequado.

Veja uma lista mais completa dos sinais de traqueobronquite em: Sintomas da traqueobronquite.

Tratamento para traqueobronquite

O tratamento para traqueobronquite deve ser orientado por um pneumologista e, normalmente, é iniciado com o uso de remédios para a tosse, como a levodropropizina, e remédios mucolíticos, como a carbocisteína, que eliminam o excesso de secreções do pulmão para facilitar a respiração.

Além disso, caso a traqueobronquite esteja sendo provocada por uma infecção, o médico também pode receitar o uso de um antibiótico, como Clindamicina ou Lincomicina, para combater as bactérias e acelerar o tratamento.

Nos casos mais graves, o tratamento da traqueobronquite deve ser feito em internamento no hospital para fazer remédios diretamente na veia e receber oxigênio. Normalmente, o paciente tem alta cerca de 5 dias após a internação, devendo manter o tratamento em casa.

Tratamento caseiro

Um bom remédio caseiro para o alívio dos sintomas da traqueobronquite é tomar o chá de malva ou de guaco como forma de complementar o tratamento com antibióticos.

Chá de Malva

Este chá é bom porque a malva é um anti-inflamatório natural que dilata os brônquios. No entanto, ela não deve ser utilizada em doses elevadas porque pode tornar-se laxante.

Ingredientes

  • 5 gramas de folhas e flores de malva seca
  • 1 litro de água

Modo de preparo

Ferver as folhas e as flores de malva durante 5 minutos. Coar a mistura e beber 1 a 3 xícaras por dia.

Chá de Guaco

O chá de guaco ajuda no tratamento da traqueobronquite, diminuindo a quantidade de expectoração. O guaco além de broncodilatador é um expectorante natural porque relaxa a musculatura das vias aéreas. 

Ingredientes

  • 3 gramas de folhas secas de guaco
  • 150 ml de água

Modo de preparo

Colocar as folhas de guaco em água fervente durante 10 minutos. Deixar esfriar por 15 minutos e coar. Beber 2 xícaras de chá por dia. Pode ser adicionado mel para adoçar a bebida e tomado quente durante a noite.

Como prevenir a traqueobronquite

Como um vírus pode ser transmitido de uma pessoa para outra com facilidade, a melhor forma de prevenção da traqueobronquite aguda é não ficar muito tempo em locais fechados, evitar aglomeração de pessoas e higienizar-se adequadamente, diminuindo, assim, as chances de complicações de doenças.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...