Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Para que serve a Tília e como usar corretamente

A tília é uma planta medicinal, também conhecida como teja, tejo, texa ou tilha, que é popularmente utilizada para tratar vários problemas de saúde, desde ansiedade, dor de cabeça, diarreia e má digestão.

Embora a tília seja uma planta originária da Europa, já pode ser encontrada por todo o mundo, sendo utilizadas 3 principais espécies, a Tilia cordata, mais comum, a Tilia platyphyllus e a Tilia x vulgaris.

Esta planta medicinal é relativamente fácil de encontrar, estando presente em mercado e em lojas de produtos naturais sob a forma de embalagens com flores e folhas secas, que podem ser apenas de uma espécie ou uma mistura das três.

Para que serve a Tília e como usar corretamente

Principais benefícios da tília

De acordo com alguns estudos, a tília parece ter alguns benefícios comprovados e, por isso, pode ser indicada para:

1. Reduzir a ansiedade

Em algumas investigações, o chá de tília demonstrou ter ação inibitória sobre os receptores benzodiazepínicos, o que significa que consegue diminuir a ação do sistema nervoso central, acalmando os nervos e ajudando a aliviar crises de ansiedade.

Este mecanismo é semelhante ao dos remédios benzodiazepínicos de farmácia, que agem inibindo os mesmos receptores e que são prescritos para o tratamento da ansiedade patológica.

2. Aliviar a febre

Um dos efeitos mais populares do chá de tília é sua capacidade para aumentar a transpiração e ajudar a regular a febre em quadros de gripes e resfriados.

De acordo com alguns estudos, esse efeito, conhecido como efeito diaforético, acontece devido à presença de substâncias como a quercetina, o canferol e o ácido cumarínico, que estimulam a produção de suor.

3. Diminuir a pressão arterial

Embora ainda não seja conhecido o mecanismo de ação da tília sobre a pressão arterial, alguns estudos têm observado um efeito direto entre o consumo do chá de tília e a redução da pressão arterial, especialmente a pressão sistólica.

Esta ação poderá estar relacionada com a presença de tilirosídeo, ácido clorogênico e rutosídeo. Além disso, a planta parece ainda exercer poder diurético, o que também permite regular mais facilmente a pressão sanguínea.

4. Eliminar a retenção de líquidos

De forma semelhante ao efeito diaforético da tília sobre a produção de suor, a planta também parece aumentar a produção de urina, produzindo uma forte ação diurética. Quando isso acontece, o excesso de líquidos é eliminado do organismo, tratando e prevenindo a retenção de líquidos.

5. Ajudar a acalmar o estômago

A capacidade da tília para acalmar o estômago é conhecida desde a antiguidade e, embora não exista um mecanismo específico para justificar essa ação, é possível que esteja relacionada com a sua ação calmante e ligeiramente anti-inflamatória.

6. Reduzir a glicose no sangue

Segundo estudos feitos com a tília, a planta parece ser capaz de regular os níveis de glicose no sangue, ajudando no tratamento da diabetes. A maior parte desse efeito tem sido relacionado com a inibição da enzima alfa-glicosidase, que é encontrada no intestino e que ajuda na absorção da glicose dos alimentos para o sangue.

Além disso, a tília também pode inibir outra enzima, a alfa-amilase, que é encontrada no tubo digestivo e que também é responsável por digerir os carboidratos e transformá-los em açúcares mais simples que podem ser absorvidos.

7. Prevenir a obesidade e excesso de peso

Além das enzimas que regulam a absorção de glicose, a tília também parece inibir a ação da lipase pancreática, uma outra enzima que é responsável pela absorção de gorduras. Assim, o consumo de tília pode ajudar a diminuir a absorção das gorduras da dieta, que acabam sendo eliminadas nas fezes, ajudando no controle do peso.

8. Eliminar infecções por fungos

Embora seja uma propriedade menos conhecida da planta, segundo um estudo feito com 41 plantas, a tília apresenta ação antifúngicas contra vários tipos de fungos, podendo ser utilizada como complemento para o tratamento de algumas infecções por fungos.

9. Prevenir contra o câncer

Além de ter ação antioxidante, que protege as células contra vários tipos de danos, a tília também demonstrou ação seletiva sobre algumas células tumorais, provocando sua morte sem afetar as células saudáveis. Este efeito está sendo relacionado com a sua rica composição em escopoletina.

Para que serve a Tília e como usar corretamente

Como usar a tília

A forma mais popular para utilizar a tília é através do chá feito com suas flores e folhas secas, no entanto, a planta também pode ser usada na culinária para dar sabor a alguns pratos.

Como fazer chá de tília

Adicionar 1,5 gramas de flores e folhas secas de tília em 150 mL de água fervente, tampar e deixar repousar entre 5 a 10 minutos. Depois coar, deixar amornar e beber 2 a 4 vezes por dia. 

No caso de crianças entre os 4 e 12 anos é recomendado diminuir a quantidade de tília para 1 grama por cda 150 mL de água fervente.

Possíveis efeitos colaterais

A tília é uma planta bastante segura e, por isso, o surgimento de efeitos colaterais é bastante raro. No entanto, algumas pessoas parecem apresentar maior sensibilidade para as flores de tília podendo desenvolver sintomas alérgicos como coceira na pele, espirros e coriza.

Contraindicações da tília

Não existem estudos que indiquem as possíveis contraindicações desta planta, porém existem suspeitas de que pode ter efeito tóxico sobre o músculo cardíaco, especialmente quando consumida em excesso. Por esse motivo, a tília normalmente é desaconselhada em pacientes com problemas cardíacos.

Por falta de estudos, e por uma razão e segurança, a tília também não deve ser usada em crianças com menos de 4 anos e mulheres grávida ou a amamentar.

Bibliografia >

  • EUROPEAN MEDICINES AGENCY (EMA). Assessment report on Tilia cordata Miller, Tilia platyphyllos Scop., Tilia x vulgaris Heyne or their mixtures, flos. 2012. Disponível em: <https://www.ema.europa.eu/en/documents/herbal-report/final-assessment-report-tilia-cordata-miller-tilia-platyphyllos-scop-tilia-x-vulgaris-heyne-their_en.pdf>. Acesso em 20 Out 2020
  • NÉMETH, Eva. Cultivated Plants, Primarily as Food Sources. Vol II. Encyclopedia of Life Support Systems,
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem