Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Para que serve o teste de coombs indireto e direto

O teste de coombs é uma tipo de exame de sangue que avalia a presença de anticorpos específicos que atacam as células vermelhas do sangue, provocando a sua destruição e podendo levar ao surgimento de um tipo de anemia conhecida como hemolítica.

Existem dois tipos principais deste exame, que incluem:

  • Teste de Coombs direto: avalia diretamente as células vermelhas do sangue, verificando se há anticorpos ligados à hemácia e se esses anticorpos são derivados do próprio sistema imune da pessoa ou recebidos por transfusão. Esse teste normalmente é realizado para detectar anemias hemolíticas auto-imunes - Veja quais os sintomas que podem indicar anemia hemolítica;
  • Teste de Coombs indireto: avalia o plasma do sangue, identificando os anticorpos ali presentes, e geralmente é solicitado em situações de transfusão, para garantir que o sangue que vai ser doado é compatível com quem está recebendo.

Além da anemia, este teste também pode ajudar a identificar outras doenças que afetam as células do sangue como leucemia, lúpus, mononucleose e eritroblastose fetal, também conhecida como doença hemolítica do recém-nascido, assim como identificar risco de reações transfusionais. Saiba mais sobre a eritroblastose fetal.

Para que serve o teste de coombs indireto e direto

Como é feito o exame

O teste de Coombs é realizado a partir de uma amostra de sangue, que deve ser coletado em laboratório de análises clínicas. O sangue coletado é encaminhado para o laboratório, onde serão realizados os teste de Coombs direto ou indireto, dependendo do objetivo.

No teste de Coombs direto, é adicionado o reagente de Coombs ao sangue do paciente, permitindo a visualização de anticorpos que possam estar ligados às hemácias. Já no teste de Coombs indireto, o sangue é coletado e centrifugado, separando as hemácias do plasma, que contém os anticorpos. Ao plasma são adicionadas hemácias 'pré-marcadas' com anticorpos com o objetivo de verificar se existam auto-anticorpos presentes no plasma e, consequentemente, no sangue do paciente.

Para realizar o teste de Coombs não é necessário qualquer preparo, porém alguns medicamentos podem interferir no resultado, por isso é importante comunicar o médico o seu uso para que possa se feita orientação acerca da sua suspensão.

O que significa o resultado

O resultado do teste de Coombs é negativo quando não existe o anticorpo que provoca a destruição dos globos vermelhos, e por isso é considerado um resultado normal.

Porém, quando o resultado é positivo, quer dizer que existe o anticorpo no sangue e, por isso, se o resultado for positivo no teste de Coombs direto significa que a pessoa pode ter uma doença como:

  • Anemia hemolítica autoimune;
  • Infecção com micoplasma;
  • Sífilis;
  • Leucemia;
  • Lúpus eritematoso;
  • Mononucleose.

Já, no caso de teste de Coombs indireto, o resultado positivo significa que a pessoa tem um anticorpo que pode causar coágulos quando se recebe outro tipo de sangue e, dessa forma, é preciso ter cuidado na hora de fazer uma transfusão sanguínea. Veja quais são os riscos da transfusão de sangue.

Em qualquer caso, é sempre importante que o resultado seja avaliado pelo médico que o pediu, já que alguns antecedentes da pessoa podem alterar o resultando.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...