Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Exame de colinesterase: o que é, para que serve e o que significa o resultado

O exame de colinesterase é um teste laboratorial solicitado com o objetivo de verificar o grau de exposição da pessoa a produtos tóxicos, como pesticidas, inseticidas, herbicidas ou adubos, por exemplo, sendo portanto mais indicado para agricultores, já que estão em contato constante com produtos agrícolas.

A colinesterase é uma enzima presente no organismo responsável pela degradação de uma substância chamada acetilcolina, um neurotransmissor responsável por controlar os impulsos nervosos para os músculos. Existem duas classes de colinesterase: 

  • Colinesterase eritrocitária, que é transportada pelos glóbulos vermelhos do sangue;
  • Colinesterase plasmática ou sérica, que é colinesterase produzida pelo fígado, pâncreas e intestino delgado e que circula no plasma do sangue.

A monitoração dos níveis de colinesterase é importante para que qualquer alteração possa ser identificada e tratada rapidamente, evitando complicações para a pessoa.

Exame de colinesterase: o que é, para que serve e o que significa o resultado

Para que serve

O exame da colinesterase é recomendado pelo médico principalmente para monitorar o grau de exposição de agricultores, por exemplo, à inseticidas e agrotóxicos.

Além disso, a dosagem dessa enzima pode ser solicitada para monitorar pacientes com doença hepática, principalmente aqueles submetidos à transplante de fígado, já que normalmente apresentam níveis de colinesterase diminuídos.

A dosagem da colinesterase também pode ser indicada para pessoas que possuem mutações que interferem no funcionamento correto ou produção dessa enzima.

Valores de referência

Os valores de referência do exame de colinesterase variam de acordo com o laboratório e com o kit utilizado para realizar o exame. Assim, os valores normais de referência podem ser entre:

  • Homens: 4620 - 11500 U/L
  • Mulheres: 3930 - 10800 U/L

Esse exame é feito como qualquer outro exame de sangue, ou seja, é coletada uma pequena amostra de sangue que deve ser enviada para o laboratório para ser analisada pelo setor de bioquímica. De acordo com o laboratório pode ser recomendado fazer jejum de pelo menos 4 horas.

O que significam os resultados

Os níveis baixos de colinesterase indicam principalmente exposição prolongada a agrotóxicos organofosforados, que são substâncias presentes nos inseticidas, pesticidas e herbicidas capazes de inibir a atividade dessa enzima, levando ao acúmulo de acetilcolina e podendo resultar no aparecimento de alguns sinais e sintomas, como:

  • Cólicas;
  • Diarreia;
  • Vômitos;
  • Salivação excessiva;
  • Dificuldade visual;
  • Diminuição da pressão arterial;
  • Fraqueza muscular;
  • Paralisia.

Apesar da diminuição dos níveis de colinesterase estarem relacionados principalmente com intoxicação, pode haver diminuição dessa enzima também em caso de hepatite, cirrose, insuficiência cardíaca congestiva, infecção aguda e infarto.

Por isso, é importante que o resultado do exame de colinesterase seja interpretado juntamente com o resultado de outros exames para que seja identificada a causa da diminuição dessa enzima e possa ser indicado o tratamento mais adequado.

Por outro lado, os níveis elevados de colinesterase, normalmente acontecem devido à obesidade, diabetes, síndrome nefrótica e hipertireoidismo.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem