Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é a Terapia Cognitiva Comportamental

Novembro 2019

A terapia cognitivo-comportamental consiste na junção da terapia cognitiva e terapia comportamental, que é um tipo de psicoterapia que foi desenvolvida nos anos 60, que se foca na forma como a pessoa processa e interpreta as situações e que pode gerar sofrimento.

As interpretações, representações ou atribuições de significado a determinadas situações ou pessoas, refletem-se em pensamentos automáticos, que por sua vez ativam estruturas básicas inconscientes: os esquemas e as crenças.

Assim, este tipo de abordagem visa a identificação de crenças e pensamentos disfuncionais, chamados de distorções cognitivas, averígua a realidade e corrige-os, de forma a mudar essas crenças distorcidas, que se encontram subjacentes a estes pensamentos. 

O que é a Terapia Cognitiva Comportamental

Como funciona

A terapia comportamental debruça-se sobre distorções cognitivas atuais, sem descartar situações do passado, ajudando a pessoa a modificar o comportamento, crenças e distorções relativamente à situação que está criando sofrimento e a reação emocional que tem naquela circunstância, mediante a aprendizagem de uma nova maneira de reagir.

Inicialmente, o psicólogo faz uma anamnese completa de forma a perceber o estado mental do paciente. Durante as sessões, existe uma participação ativa entre o terapeuta e o paciente, que fala daquilo que vai mal, e em que o psicólogo se foca nos problemas que interferem na sua vida, assim como das interpretações ou significado que lhes são atribuídas, ajudando a entender esses problemas. Assim são corrigidos padrões de comportamentos desadaptativos e promovido o desenvolvimento da personalidade.

Distorções cognitivas mais comuns

As distorções cognitivas são formas distorcidas que as pessoas têm de interpretar determinadas situações do dia-a-dia, e que têm consequências negativas para a sua vida.

A mesma situação pode desencadear várias interpretações e comportamentos, mas geralmente, as pessoas com distorções cognitivas, interpretam-nas sempre de uma forma negativa.

As distorções cognitivas mais comuns são:

  • Catastrofização, em que a pessoa é pessimista e negativa em relação a uma situação que aconteceu ou que vai acontecer, sem ter em consideração outros possíveis desfechos.
  • Raciocínio emocional, que acontece quando a pessoa assume que as suas emoções são um fato, ou seja, considera aquilo que sente como verdade absoluta;
  • Polarização, em que a pessoa vê as situações em apenas duas categorias exclusivas, interpretando situações ou pessoas em termos absolutos;
  • Abstração seletiva, em que apenas um aspeto de uma determinada situação é realçada, principalmente o negativo, ignorando os aspetos positivos;
  • Leitura mental, que consiste em adivinhar e acreditar, sem evidências, no que as outras pessoas estão pensando, descartando outras hipóteses;
  • Rotulação, consiste em rotular uma pessoa e defini-la por uma determinada situação, isolada;
  • Minimização e maximização, que se caracteriza por minimizar as características e experiências pessoais e maximizar os defeitos;
  • Imperativos, que consiste em pensar nas situações como deveriam ter sido, em vez de se concentrar em como as coisas são na realidade.

Entenda e veja exemplos sobrecada uma destas distorções cognitivas.

Bibliografia >

  • KNAPP, Paulo; BECK, Aaron T. Fundamentos, modelos conceituais, aplicações e pesquisa da terapia cognitiva . Rev Bras Psiquiatr. . 2. 30; 54-64, 2008
  • CARBONARA, Katuza; MAHL, Álvaro Cielo. A IMPORTÂNCIA DO FOCO NA TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL. Unoesc & Ciência - ACBS - Edição Especial. 7-14, 2014
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem