Cansaço mental: sintomas, causas e como combater

Atualizado em março 2023

Cansaço mental é uma situação em que o cérebro fica sobrecarregado, de forma que não tem energia suficiente para realizar as tarefas do dia a dia. Dessa forma, há desregulação do sistema nervoso e aumento da concentração no sangue do hormônio relacionado ao estresse, o cortisol, resultando em cansaço mental.

O cansaço mental, ou estafa mental, pode ser identificado através de alguns sintomas como dor pelo corpo, desânimo, diminuição da produtividade, perda do apetite, falta de energia, dificuldade para se concentrar e preocupação excessiva.

Assim, na presença de sinais e sintomas sugestivos de cansaço mental, é importante descansar ou fazer alguma atividade que estimule a sensação de bem-estar, como a prática de atividade física, por exemplo.

Imagem ilustrativa número 2

Principais sintomas

Os principais sintomas de cansaço mental são:

  • Falta de concentração;
  • Cansaço excessivo;
  • Dores pelo corpo;
  • Dificuldades de memorização;
  • Alterações de humor;
  • Falta de energia;
  • Dificuldades em realizar tarefas do dia a dia;
  • Diminuição da libido;
  • Perda de apetite;
  • Desinteresse por atividades que antes eram consideradas prazerosas;
  • Dificuldade para dormir e insônia;
  • Angústia;
  • Desânimo;
  • Diminuição da motivação e da produtividade.

Os sinais e sintomas de cansaço mental são uma forma de indicar que o corpo está sobrecarregado. Por isso, é importante que na presença desses sintomas, a pessoa descanse, pois caso contrário pode sobrecarregar ainda mais o cérebro e resultar em enxaqueca e depressão, por exemplo.

Principais causas

O cansaço mental pode acontecer como consequência de qualquer situação que mantenha o cérebro sempre ativo. A rotina puxada, preocupações excessivas e o elevado nível de cobrança, tanto a nível pessoal quanto a nível profissional, são causas frequentes de estafa mental.

Além disso, a exposição frequente a diversos estímulos de redes sociais ou de meios de informação, trabalho em excesso sem períodos de férias e alterações psicológicas como depressão ou ansiedade também podem resultar em cansaço mental. Conheça outras causas de cansaço excessivo.

Como combater o cansaço mental

Algumas opções que podem ser adotadas para combater o cansaço mental são:

1. Descansar

Assim que surgirem os primeiros sinais e sintomas de cansaço mental, é importante que a pessoa pare as atividades que esteja fazendo e descanse. O descanso pode ser através de um cochilo, banho relaxante ou por meio da prática de alguma atividade que promova a sensação de bem-estar, como caminhada ao ar livre, ouvir música, assistir a um filme ou série, conviver com amigos ou familiares, ler ou praticar atividade física, por exemplo.

2. Ter uma boa noite de sono

É importante investir em uma boa noite de sono para favorecer a recuperação do corpo e da energia do cérebro. Assim, é importante criar um ambiente relaxante, evitando o uso de telefone, computador ou televisão no momento de dormir, deixar o ambiente um pouco mais escuro e usar uma roupa confortável. 

Outra dica é controlar a respiração através de exercícios no momento de dormir, respirando mais profundamente, pois isso ajuda o corpo a relaxar e controlar os batimentos cardíacos. Confira mais dicas para dormir melhor.

3. Praticar atividade física regular

A prática de atividade física regularmente ajuda a relaxar e garantir a sensação de bem estar, isso porque a prática de exercícios estimula a produção e liberação de endorfina, que é um hormônio que ajuda a promover o bem estar mental e físico, e diminui a quantidade de cortisol circulante, que é um hormônio que está em grandes quantidades no sangue em caso de estresse.

Além disso, a prática regular de exercícios aumenta a oxigenação dos tecidos, o que ajuda a aumentar a energia para realizar as atividades do dia a dia. Veja mais benefícios da prática de atividade física.

4. Fazer terapia

A terapia com psicólogo é também uma forma de ajudar a combater o cansaço mental, isso porque através das sessões de terapia é possível identificar as principais causas relacionadas com a sobrecarga do cérebro e, assim, elaborar as estratégias que ajudem a evitar essas situações e promover o bem-estar e a qualidade de vida.

5. Ter uma alimentação saudável e equilibrada

É importante ter uma alimentação equilibrada e saudável, rica verduras, legumes e frutas. Alguns alimentos, como banana, abacate, amendoim e mel possuem propriedades que ajudam a combater o cansaço e a melhorar a disposição, aliviando os sintomas do cansaço mental. Veja mais sobre o que comer para combater o cansaço mental.

O uso de suplementos vitamínicos e minerais também é uma opção para combater o cansaço mental, no entanto é importante que os suplementos sejam indicados pelo nutricionista ou pelo médico.

Além disso, o consumo de estimulantes naturais, como o guaraná em pó ou a cápsula de guaraná, também é eficaz no que diz respeito ao estímulo do funcionamento do cérebro, deixando a pessoa mais ativa. No entanto, o efeito provocado pelo estimulante é passageiro e, por isso, é provável que a pessoa volte a sentir-se esgotada mentalmente.