Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de pressão baixa (hipotensão arterial)

A pressão baixa, também conhecida cientificamente como hipotensão, pode ser identificada por meio de alguns sintomas, como por exemplo tontura, sensação de desmaio e alterações da visão, como vista turva ou embaçada. Porém, a melhor forma de certificar que a pressão está baixa é através da medição da pressão arterial em casa ou na farmácia.

A pressão baixa normalmente é indicativa de que não há quantidade de sangue suficiente fluindo do coração para os órgãos, resultando nos sintomas. Pode-se dizer que a pressão está baixa quando o valor da pressão é igual ou inferior a 90 x 60 mmHg, popularmente chamado de 9 por 6.

Para aumentar um pouco a pressão, diminuindo o desconforto pode-se deitar com as pernas elevadas ou tomar um café com açúcar ou um suco, por exemplo. Saiba o que comer quando a pressão está baixa.

Sintomas de pressão baixa (hipotensão arterial)

Principais sintomas

Em muitos casos a pressão baixa não causa qualquer tipo de sintomas e, por isso, muitas pessoas podem ter um vida completamente normal com pressão baixa. No entanto, quando existe uma queda rápida da pressão arterial, alguns sintomas que podem surgir são:

  • Tontura e vertigem;
  • Falta de energia e fraqueza nos músculos;
  • Sensação de desmaio;
  • Dor de cabeça;
  • Cabeça pesada e sensação de vazio;
  • Palidez;
  • Sonolência;
  • Enjoo;
  • Visão turva ou embaçada.

Além disso, é comum sentir cansaço, dificuldade de concentração e sensação de frio, sendo que na maioria dos casos surgem vários sintomas ao mesmo tempo. Estes sinais surgem porque o oxigênio e os nutrientes não são distribuídos de forma satisfatória às células do corpo.

O que fazer quando a pressão está baixa

O tratamento para pressão baixa varia com a causa e, por isso, se os sintomas forem muito frequentes é aconselhado consultar um clínico geral, para iniciar o tratamento mais adequado.

No entanto, na maior parte dos casos, a pressão baixa com sintomas é um acontecimento temporário e pouco frequente. Nessas situações, para ajudar a diminuir o mal-estar deve-se:

  1. Sentar com a cabeça no meio das pernas ou deitar levantando as pernas, ficando com os pés mais elevados do que o coração e a cabeça, em um local fresco e arejado para evitar o desmaio;
  2. Afrouxar as roupas para respirar melhor;
  3. Beber 1 suco de laranja que é rico em potássio e ajuda a aumentar a pressão.

Além disso, deve-se evitar exposição solar em excesso e entre as 11h e as 16h e locais com muita umidade.

Quando a pressão baixa ocorre diariamente, pode-se calçar meias de pressão porque a hipotensão arterial pode ocorrer devido à acumulação de sangue nas pernas. Além disso, quando a hipotensão ortostática ocorre devido a repouso na cama, deve-se sentar por 2 minutos na cama antes de se levantar. Confira quais as opções de tratamento mais utilizadas em casos de pressão baixa.

Sintomas de pressão baixa na gravidez

A pressão baixa é comum principalmente no início da gravidez, no entanto pode causar grande desconforto para a mulher e colocar o bebê em risco devido aos sintomas, que normalmente são:

  • Sensação de fraqueza, que pode resultar em queda;
  • Visão embaçada;
  • Tontura;
  • Dor de cabeça;
  • Sensação de desmaio.

Caso os sintomas de pressão baixa sejam frequentes durante a gravidez, é importante que a mulher consulte o seu obstetra para que possa ser recomendado o melhor tratamento para aliviar e evitar os sintomas. Veja quais são os possíveis riscos da pressão baixa na gravidez e como evitar.

Possíveis causas

Geralmente, a pressão do sangue baixa devido à diminuição da quantidade de sangue, principalmente quando está muito calor, pois ocorre a dilatação dos vasos sanguíneos e aumento da transpiração, diminuindo a concentração dos líquidos no corpo.

A pressão baixa também pode ser efeito colateral de alguns remédios como diuréticos, antidepressivos, medicamentos para emagrecer ou anti-hipertensivos e quanto maior for a dose, maior o risco de ter pressão baixa, além de poder resultar em jejum prolongado ou déficit de vitamina B12.

Além disso, ficar muito tempo deitado, principalmente de noite ou durante o pós-operatório de uma cirurgia também pode baixar a pressão arterial, causando hipotensão postural, também conhecida por hipotensão ortóstica, que é quando se levanta de repente e ocorre a sensação de desmaio. Saiba mais sobre as causas de pressão baixa.

Quando ir ao médico

É fundamental ir ao pronto socorro ou ao hospital quando a pressão permanece baixa por mais de 15 minutos e não melhora com as recomendações.

Além disso, no caso de ter estes sintomas mais de duas vezes por mês, deve-se ir no médico para descobrir a causa do problema, pois pode ser necessário tomar remédios como efedrina, fenilefrina ou fludrocortisona, por exemplo.

Como medir a pressão arterial corretamente

Veja como mediar a pressão corretamente:

Como medir a pressão arterial

279 mil visualizações

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem