Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é e como tratar a telangiectasia no rosto

Atualizado em Abril 2019

A telangiectasia no rosto, também conhecida como aranhas vasculares, é uma alteração comum da pele que provoca o surgimento de pequenos vasinhos vermelhos no rosto, especialmente em regiões mais visíveis como o nariz, os lábios ou as bochechas, que podem ser acompanhados de ligeira sensação de coceira ou dor.

Embora ainda não sejam conhecidas as verdadeiras causas desta alteração, na maior parte dos casos, é um problema benigno provocado pela exposição solar que não traz qualquer risco para a saúde, embora existam algumas situações, mais raras, em que podem ser sintomas de uma doença mais grave, como rosácea ou doenças do fígado, por exemplo.

Embora não exista uma cura para a telangiectasia, alguns tratamentos, como laser ou escleroterapia, podem ser feitos por um dermatologista para ajudar a disfarçar os vasinhos.

O que é e como tratar a telangiectasia no rosto

O que causa a telangiectasia

As causas exatas do surgimento de telangiectasia no rosto ainda não são totalmente conhecidas, no entanto existem vários fatores que parecem aumentar as chances de ter esta alteração, como:

  • Exposição solar exagerada;
  • Envelhecimento natural da pele;
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;
  • Uso contínuo de corticoides;
  • Exposição prolongada ao calor ou frio;

Além disso, mulheres grávidas ou pessoas com acne ou feridas cirúrgicas na região, também podem desenvolver pequenos vasinhos vermelhos na pele do rosto.

Nos casos mais raros, em que a telangiectasia aparece como sinal de uma doença mais grave, pode ser provocada por rosácea, doença de Sturge-Weber, síndrome de Rendu-Osler-Weber, doenças do fígado ou telangiectasia hemorrágica hereditária.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da telangiectasia no rosto normalmente é feito por um dermatologista, apenas pela observação das alterações da pele, no entanto, podem ser necessários fazer outros exames como exames de sangue, tomografia computadorizada ou raio X, para identificar se existem outras doenças que podem estar causando os vasinhos.

Como é feito o tratamento

O tratamento os pequenos vasinhos da pele normalmente é feito apenas para disfarçar os vasinhos e melhorar a aparência da pele. Algumas das técnicas de tratamento mais utilizadas são:

  • Terapia laser: é utilizado um laser diretamente sobre os vasinhos, que aumenta a temperatura local e fecha-os, deixando-os menos visíveis;
  • Escleroterapia: é injetada uma substância no interior do vasinhos que provocam pequenas lesões em suas paredes, tornando-os mais finos;
  • Cirurgia: é feito um pequeno corte no rosto para retirar os vasinhos. Este é o tratamento com melhores resultados, mas pode deixar uma pequena cicatriz e tem uma recuperação mais dolorosa.

Além disso, é ainda recomendado aplicar sempre protetor solar antes de sair na rua, para evitar que a exposição ao sol aumente o número de vasinhos.

Já nos casos, em que existe uma doença que possa estar provocando o surgimento da telangiectasia é aconselhado fazer o tratamento adequado da doença, antes de tentar os tratamentos estéticos para disfarçar os vasinhos.

Veja ainda como o suco de uva pode ser um ótimo remédio caseiro para tratar vasinhos.


Bibliografia

  • EXTRA. Vasinhos no rosto: saiba como evitar. Link: <extra.globo.com>. Acesso em 23 Abr 2019
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA DERMATOLÓGICA. Microvarizes e telangiectasias. Link: <www.sbcd.org.br>. Acesso em 23 Abr 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem