Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode ser alergia no rosto e o que fazer

Fevereiro 2020

A alergia no rosto se caracteriza pela vermelhidão, coceira e inchaço na pele da face, podendo ocorrer por causa de várias condições, como a dermatite de contato, que é uma reação inflamatória do corpo que surge devido ao contato de alguma substância com a pele, reação a determinados cosméticos, uso de medicamentos ou ingestão de alimentos, como o camarão, por exemplo.

O tratamento para alergia no rosto é indicado por um médico dermatologista e depende da causa que leva às reações na pele desta área do corpo, no entanto, em alguns casos, pode ser indicado o uso de medicamentos anti-alérgicos e pomadas de corticoides.

O que pode ser alergia no rosto e o que fazer

Desta forma, as principais causas de alergia no rosto são:

1. Dermatite de contato

A dermatite de contato é uma reação inflamatória que ocorre quando uma substância entra em contato com a pele do rosto, sendo identificada através do aparecimento de pápulas ou vesículas que coçam e que levam a vermelhidão ou formação de crostas descamativas na pele. 

Este tipo de reação pode acontecer em qualquer idade, inclusive em crianças e pode surgir imediatamente ao primeiro contato da pele com algum produto ou substância, como bijuteria, sabonetes ou látex, ou pode aparecer depois de semanas, meses ou até anos depois do primeiro uso. O diagnóstico de da dermatite de contato é feito por um dermatologista através de exames como o prick test, em que são colocadas na pele as substâncias que poderiam causar alergia e depois observada ao longo do tempo se houve alguma reação do corpo. Saiba o que é prick test e como é feito.

O que fazer: o tratamento para dermatite de contato é feito através da eliminação do contato com agente que provoca a alergia no rosto, sendo que o dermatologista pode indicar remédios como anti-alérgicos e corticoides e pomadas com corticoide, como a betametasona, por exemplo. 

2. Reação a cosméticos

Os cosméticos abrangem qualquer produto aplicado no corpo, seja de origem animal, vegetal ou feito com substâncias químicas sintéticas que são usadas para limpar, proteger ou para disfarçar imperfeições e usadas para beleza, como é o caso da maquiagem. Atualmente, existem diversas marcas e laboratórios que fabricam estes tipos de produtos e usam, na maioria dos casos, substâncias diferentes.

Estas substâncias contidas nos produtos cosméticos podem levar ao surgimento da alergia no rosto, levando ao aparecimento de sintomas como vermelhidão, coceira, pápulas e até inchaço no rosto. Estes sintomas surgem porque o corpo entende que o produto é um agente invasor, e, por isso provoca uma reação exagerada da pele do rosto.

O que fazer: a maneira mais adequada para melhor as reações alérgicas aos cosméticos é parar o uso do produto, pois isto é o suficiente para reduzir os sintomas. No entanto, se os sintomas persistirem mesmo com a interrupção do uso do cosmético pode-se usar medicamentos anti-alérgicos ou se a reação alérgica no rosto for muito forte é importante consultar um dermatologista para indicar o tratamento mais apropriado.

3. Dermatite atópica

A dermatite atópica é uma doença crônica que atinge principalmente crianças e surge por causa de fatores genéticos e alterações na barreira da pele. Os sintomas podem aparecer como uma alergia no rosto e se manifesta através do ressecamento excessivo da pele, coceira e pela presença de eczema, que é uma mancha descamativa sobre a pele.

Esta doença é desencadeada quando o corpo reage de uma forma excessiva a determinados agentes alérgenos, isto significa que as células da pele provocam uma reação na pele por causa de exposições da mãe durante a gestação a determinados produtos, mudanças climáticas, fumaça do cigarro ou até mesmo devido a agentes infecciosos, como bactérias e fungos.

O que fazer: a dermatite atópica não tem cura, mas os sintomas como alergia no rosto podem ser controlados com a eliminação dos fatores irritantes e que desencadeiam as lesões na pele, além de hidratação da pele e controle da inflamação e da coceira com medicamentos corticoides, anti-alérgicos ou imunossupressores que devem ser indicados pelo dermatologista.

O que pode ser alergia no rosto e o que fazer

4. Uso de medicamentos e alimentos

O uso de determinados medicamentos, como a aspirina e antibióticos à base de penicilina, pode provocar o surgimento de reações alérgicas, inclusive a alergia no rosto, em que pode ser percebida vermelhidão e coceira da pele da face. Esta situação ocorre porque o sistema imunológico reage de forma exagerada quando reconhece essas substâncias no corpo.

Alguns tipos de alimentos, como camarão e pimenta, também podem causar o surgimento de alergia no rosto, provocando sintomas como vermelhidão, coceira, podendo também levar ao inchaço dos olhos, lábios e língua, falta de ar e vômitos.

O que fazer: quando a alergia no rosto está acompanhada de sintomas como falta de ar, inchaço no rosto e na língua é importante procurar atendimento médico imediatamente, pois pode provocar um choque anafilático, que corresponde a uma reação alérgica grave e que pode colocar a vida da pessoa em risco. Veja o que é choque anafilático, sintomas e como tratar.

5. Exposição solar

A exposição solar pode gerar alergia no rosto em algumas pessoas, pois leva ao surgimento da chamada fotossensibilidade aos raios ultravioletas, que podem se instalar mesmo em poucos minutos de exposição ao sol. 

Esta situação ocorre porque ao entrar em contato com os raios ultravioletas o corpo libera substâncias químicas que causam a resposta imediata do sistema imunológico, provocando erupções, coceira e vermelhidão na pele do rosto. A alergia no rosto provocada pela exposição solar é confirmada por um médico dermatologista através da história dos sintomas da pessoa e do exame das lesões na pele.

O que fazer: o tratamento para alergia no rosto causada pela exposição ao sol é indicado pelo dermatologista e consiste principalmente no uso de pomadas e medicamentos à base de corticoides, para reduzir a reação do sistema imunológico.

6. Urticária colinérgica

A urticária colinérgica se caracteriza por uma alergia na pele, que pode aparecer no rosto, que surge devido ao aumento da temperatura do corpo, sendo muito comum após a realização de exercícios físicos e banho com água quente. Em alguns casos, este tipo de reação da pele surge a partir da transpiração e suor, em uma crise de ansiedade, por exemplo.

A vermelhidão e a coceira na pele aparece, em geral, na região do rosto, pescoço e tórax, também pode se espalhar por todo o corpo e, em alguns casos, também pode ocorrer salivação excessiva, olhos lacrimejando e diarreia. Confira outros sintomas de urticária colinérgica e como confirmar o diagnóstico.

O que fazer: o tratamento para a urticária colinérgica pode ser feito por meio da aplicação de compressas de água gelada no rosto e nos locais aonde surge a vermelhidão, porém quando os sintomas são muito intensos o ideal é consultar um dermatologista para indicar o tratamento mais adequado.

Bibliografia >

  • ROSMANINHO, Isabel; MOREIRA, Ana; SILVA, José P. M. Dermatite de contacto: revisão da literatura. Rev Port Imunoalergologia. Vol.24, n.4. 197-209, 2016
  • UNIVALI. Reações adversas a cosméticos e o profissional da estética. 2010. Disponível em: <http://siaibib01.univali.br/pdf/Ana%20Ang%C3%A9lica%20Candiotto,%20Ana%20Fl%C3%A1via%20Freire%20Wayhs.pdf>. Acesso em 17 Fev 2020
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Dermatite de contato. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/dermatite-de-contato/2/>. Acesso em 17 Fev 2020
  • ANTUNES, Adriana A. et al. Guia prático de atualização em dermatite atópica - Parte I: etiopatogenia, clínica e diagnóstico. Arq Asma Alerg Imunol. Vol.1, n.2. 131-156, 2017
  • AMERICAN ACADEMY OF ALLERGY, ASTHMA & IMMUNOLOGY.. Drug Allergy. Disponível em: <https://www.aaaai.org/conditions-and-treatments/allergies/drug-allergy>. Acesso em 17 Fev 2020
  • NHS. Food allergy. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/food-allergy/>. Acesso em 17 Fev 2020
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Fotossensibilidade. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/fotossensibilidade/8/>. Acesso em 17 Fev 2020
  • BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE. É possível que uma pessoa tenha alergia desencadeada por atividade física?. Disponível em: <https://aps.bvs.br/aps/e-possivel-que-uma-pessoa-tenha-alergia-desencadeada-por-atividade-fisica/>. Acesso em 17 Fev 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem