Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Suco de babosa: para que serve e como fazer

O suco de babosa prepara-se a partir das folhas da planta Aloe vera, sendo uma excelente fonte de nutrientes que proporcionam diversos benefícios para a saúde, como hidratar a pele, o cabelo e melhorar o funcionamento do intestino.

Contudo, o consumo deste suco deve fazer-se com precaução, porque a babosa possui antraquinonas, que são compostos tóxicos com efeito laxante e que podem causar irritação no intestino. Esta substância encontra-se nas folhas e na camada amarela logo abaixo das folhas, que devem ser retiradas antes de preparar o suco.

Este suco também pode ser comprado em lojas de produtos naturais ou supermercados, que é uma melhor opção relativamente ao suco preparado em casa, porque as folhas passam por um processo de descoloração e purificação, que eliminam as substâncias tóxicas, sendo por isso mais seguro para consumo.

Suco de babosa: para que serve e como fazer

Para que serve

A babosa é rica em vitamina A, C, E, ácido fólico, cálcio, cromo, selênio, magnésio, potássio, zinco e colina, além de também ser rica em antioxidantes que ajudam a evitar o dano celular. Por isso, os benefícios deste suco para a saúde são:

  • Alivia a prisão de ventre, porque aumenta a quantidade de liquido no intestino, estimulando os movimentos intestinais;
  • Mantem o organismo hidratado, prevenindo a desidratação;
  • Melhora a qualidade da pele e do cabelo, porque além de ser hidratante, contém substâncias bioativas, como antioxidantes e vitaminas, que diminuem o dano celular e exercem um efeito antienvelhecimento, melhorando problemas de pele como acne, eczema e psoríase;
  • Exerce um efeito anti-inflamatório, podendo melhorar doenças como a artrite, bursite e tendinite;
  • Melhora a digestão, porque estimula a secreção de enzimas digestivas e neutraliza os ácidos do estômago;
  • Ajuda a acelerar a cicatrização de feridas, principalmente de queimaduras causadas pelo sol;
  • Ajuda a melhorar o sistema imune, porque contém vitamina C e exerce uma ação antiviral, estimulando a atividade das células do sistema imune;
  • Auxilia no tratamento da herpes simples, herpes zoster e da candidíase, por ter efeito antiviral, antibacteriano e antisséptico.

Além disso também contribui para a regulação do açúcar no sangue e para a perda de peso, porque além de conter fibras, contém também enzimas que ajudam a decompor os açúcares e as gorduras.

É seguro tomar o suco preparado em casa?

Alguns estudos indicam que não é seguro ingerir o suco de babosa preparado em casa sem o devido cuidado de retirar a casca e a parte amarela que contém antraquinonas, porque esta substância está relacionada com o surgimento de adenomas e câncer de colon. Porém, estes estudos não são conclusivos, sendo necessários mais estudos que comprovem estes dados.

Reações adversas e contra-indicações

O consumo do suco de babosa em excesso pode causar distúrbios gastrointestinais, como dor abdominal, náuseas, vômitos e diarreia. O seu uso prolongado poderá causar prisão de ventre porque o intestino pode ficar dependente da ação laxante deste suco. Além disso, pode causar irritação renal.

Este suco esta contra-indicado em mulheres grávidas, idosos, e pessoas que utilizam medicamentos para controlar a pressão arterial e para tratar problemas de coração.


Bibliografia

  • SHAO A et al. Safety of purified decolorized (low anthraquinone) whole leaf Aloe vera (L) Burm. 3 f. juice in a 3-month drinking water toxicity study in F344 rats. Food and Chemical Toxicology. 57. 21-31, 2013
  • BOUDREAU Mary et al. Clear Evidence of Carcinogenic Activity by a Whole-Leaf Extract of Aloe barbadensis Miller (Aloe vera) in F344/N Rats. Toxicological Sciences Journal. 131. 1; 26-39, 2013
  • Anne McIntyre. Guia completo de fitoterapia: um curso estruturado para alcançar a excelência profissional. 1º. São Paulo: Pensamento, 2011. 104.
  • SURJUSHE Amar. ALOE VERA: A SHORT REVIEW. Indian Journal of Dermatology. 53. 4; 163-166, 2008
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem